War of the Titans 2.0

War of the Titans

2.0
  • Pago
  • 15,36 MB
  • Para Android 1.5/1.6/2.0/2.1/2.2/2.3/3.0/3.1/4.0
  • Atualizado em 25/3/2014
  • Easytime Studio
Clique para baixar War of the Titans Clique para Baixar

O herói mítico Perseu em um bom RPG tático

Por Carlos Eduardo Ferreira

War of the Titans traz uma mistura entre RPG em turnos e jogo de estratégia. Aqui você encarnará o lendário herói grego Perseu, o qual parte em devesa do rei e da rainha de Argos, injustamente tornados alvos da ira de Zeus — o todo-poderoso deus grego enviou o monstro Kraken para dar o recado.

Toda a jogabilidade aqui é controlada pela tela sensível ao toque do seu gadget. Basta selecionar os personagens e deslizar o dedo pela tela para indicar a direção do movimento (entre oito possibilidades, na maior parte dos casos). Aliada a uma espécie de estrutura em turnos, o mecanismo permite que se montem configurações diferentes entre os personagens — Perseu à frente, arqueiros e magos atrás, guerreiros formando uma linha de frente etc.

Como diferencial, o game permite que você compre qualquer inimigo que cruze o caminho (à exceção dos chefões), adicionando-o ao grupo. Há várias classes diferentes de personagens, incluindo: Bowman (arqueiro), Knight (cavaleiro), Dwarf (anão), Witch (bruxa) etc. O game pode ser encarado em quatro níveis de dificuldade diferentes.

Nossa Opinião

Nossa Opinião Acima você conferiu uma descrição completa sobre o War of the Titans e suas funcionalidades, saiba agora o que achamos dele

Há que se confessar: a primeira imagem que surge na tela assim que War of the Titans dá as caras não é lá muito chamativa. Digamos que não é nada que você não tenha visto antes: vários heróis em um esquema side-scroller pseudo-3D partindo por entre a mata rasteira a fim de encontrar o primeiro inimigo. Além disso, todo o deslocamento e a movimentação ocorre sem qualquer detalhamento (sem sprites), diante do que é impossível não torcer um pouco o nariz.

Mas há algo de original aqui, certamente... E não demora muito para aparecer. Basicamente, assim que o primeiro morto-vivo/cavaleiro/cobra dá as caras na tela, você terá uma opção: mandá-lo para o outro mundo ou arregimentá-lo para as suas tropas — certamente um belo diferencial, não haja dúvida.

O problema é que essa funcionalidade não é exatamente explicitada no início do game. Dessa forma, é provável que boa parte dos jogadores precisem morrer algumas vezes antes de experimentar a sessão Help do menu do jogo (quem acessa aquilo normalmente, afinal?). Ali, surge a explicação: repouse o dedo sobre qualquer inimigo (à exceção dos chefes) para adquiri-los por um preço em ouro.

Na verdade, comprar cavaleiros, cobras e mortos-vivos não representa aqui nenhuma perfumaria — algo que ocorre em alguns RPGs de grande porte, vale dizer. Conforme insinuado acima, trata-se de algo vital: aumente as suas tropas... Ou agonize até que o último personagem caia no campo de batalha — algo que ocorre muito... Muito rápido, mesmo no nível mais fácil.

Juntamente com a possibilidade de ajuntar mercenários à sua causa, a jogabilidade ajuda a reforçar a faceta estratégica do game. Basicamente, é possível selecionar cada um dos seus personagens a qualquer momento, arrastando o dedo pela tela para mudar as formações em campo (Perseu à frente, arqueiros e magos atrás, guerreiros formando uma linha de frente etc.).

Só que há um problema relativamente sério neste ponto. Um bug algo bizarro, na verdade: pode ocorrer que as suas novas aquisições simplesmente... Fiquem de ponta-cabeça! E o que é pior: nesse estado bastante patético, é praticamente impossível selecioná-las na tela. Enfim, algo realmente frustrante e que certamente deveria ser corrigido o mais rápido possível.

Ok, é verdade: a história aqui puxa a coisa toda novamente em direção ao prosaico. Trata-se de uma típica aventura calcada na mitologia grega — algo que não surpreende mais ninguém desde que certo herói multimilionário balançou suas correntes pelo Olimpo particular da Sony.

Aqui você encarna em Perseu, o herói mítico que degolou a Medusa e que agora parte para proteger o rei e a rainha de Argos. Ambos tornaram-se alvo da ira de Zeus, este manipulado indiscriminadamente pelo terrível Hades — sempre ele... Parece que alguém na indústria de games realmente não gosta do além-mundo, não? Mero pano de fundo, de qualquer forma.

Enfim, deslizes gráficos e história comum à parte, o sistema de War of the Titans ainda pode representar um bom atrativo para fãs de estratégia e RPG. Se esse é o seu caso, talvez valha a penas dar uma olhada — considerando-se que a desenvolvedora resolva colocar na posição certa os seus aliados, naturalmente.

ImportantePrós
  • Fusão interessante entre tática e RPG
  • Possibilidade de comprar inimigos no campo de batalha
ImportanteContras
  • Inimigos arregimentados podem aparecer de ponta-cabeça
  • História genérica

Comentários (0)

Nenhuma pessoa comentou este programa, gostaria de ser o primeiro?


Requerimentos

  • Android 1.5 ou superior

Shopping Baixaki


(0.109 segundos)