Aurora Solar System

Aurora Solar System

Que tal bancar uma de Deus e administrar o Sistema Solar?



Aurora é um game de estratégia bastante incomum: seu objetivo é administrar um sistema solar inteiro, formando planetas, estabelecendo órbitas e trazendo a vida aos novos mundos que são criados.

Tudo começa com um sol, e diversos asteroides que estão orbitando ao redor dele. Você pode clicar com o botão esquerdo do mouse para criar um campo magnético que alterará suas órbitas, causando colisões e formando estruturas maiores.

Mantenha tudo nos eixos

Em determinado momento, essas massas formadas a partir de asteroides se tornará um planeta, com uma órbita própria. O planeta ficará cada vez maior à medida que mais asteroides se colidirem a ele.

Aqui começa a fase mais delicada do jogo: manter os planetas na órbita do sol sem que eles acabem se chocando com o astro-rei, causando sua destruição. Se dois planetas colidirem entre si, eles se unirão, formando um planeta maior ainda.

Dê vida aos planetas

A partir de um determinado momento, considerando as condições de tempo, distância do sol e tamanho, você poderá iniciar a vida nestes planetas. Nesse momento, diversas parâmetros passam a existir: tipos de civilização, formas de vida, avanço das comunicações e muito mais.

Administrar um sistema solar não é fácil. A medida que os planetas crescem, eles ficam mais difíceis de serem movidos. Além disso, toda vez que você causa um campo magnético, poderá altera a rota de diversos planetas e asteroides, causando um pouco de desordem.

Imagens do Aurora Solar System

Prós
  • Muito fácil de jogar
  • Divertido
  • Efeitos visuais incríveis
Contras
  • Não tem objetivo
  • Não conta com um enredo

Nossa opinião sobre o Aurora Solar System:

Aurora é um dos games mais inovadores e criativos já criados. Você poderá se divertir por horas com um esquema baseado na física real e um sistema de jogabilidade extremamente simples. É simplesmente viciante.

Aurora é um tipo de jogo bem diferente dos padrões. Sua missão é administrar um sistema solar, gerando planetas e trazendo vidas a eles. Além disso, é preciso gerenciar as órbitas para que os planetas não colidam com o Sol.

Um universo em transformação

Quantos planetas você consegue manter em seu sistema solar? Não é uma tarefa nada fácil organizá-los em órbitas, o que torna o jogo extremamente desafiante. Qualquer alteração no campo gravitacional pode causar um desiquilíbrio tão grande que é capaz de acabar com todos os planetas.

Os gráficos do jogo são bem bonitões. Mas o grande destaque deste jogo são seus efeitos visuais, repletos de explosões e movimentos realistas. O game tem músicas que mais parecem de uma aula de yoga, mas isso traz um clima de “documentário” ao jogo – o que não é necessariamente ruim.

Ao infinito e além

Mas não pense que esse jogo é difícil de jogar. Muito pelo contrário: Aurora é extremamente simples. Tudo o que você precisa fazer é criar colisões entre os planetas ou asteroides para compor novos mundos ou aumentar os existentes, clicando com o botão esquerdo do mouse.

Aurora não conta com fases e nem com um objetivo principal. Esse é o único ponto negativo do game. Entretanto, sua jogabilidade é extremamente divertida e com certeza é o suficiente para manter você entretido por horas.


SHOPPING BAIXAKI

Comentários (0)

  • william william   em 5/1/2014 - versão:

    O jogo é muito divertido! adoro administrar o universo do meu jeito, mas é claro que poderia ter mais detalhes em alguns aspectos.

  • BOB FERREIRA BOB FERREIRA   em 15/10/2013 - versão:

    uma pergunta:como salva o jogo?

  • Pedro Antônio Pedro Antônio   em 12/10/2013 - versão:

    O jogo é uma arte em si, além de trazer algumas frases com os achievements, é muito bonito.

Ver todos os comentários »