Super Smash Land 1.1

Super Smash Land

1.1

Deixe a imaginação de lado, agora você pode saber como seria jogar Super Smash Bros no Game Boy



Super Smash Land é um jogo que pode facilmente ser classificado como indie, mas primordialmente, ele é um game de luta.

Se você conhece a série Super Smash Bros., então já sabe que nela estão presentes os personagens mais famosos da Nintendo.

O objetivo do game é simplesmente colocá-los num mesmo ringue para descobrir qual é o mais forte.

Em Super Smash Land, você descobre como seria se o jogo tivesse sido lançado na época do Game Boy: todos os personagens estão em 8-bits, a tela é inteira esverdeada e a jogabilidade é similar àquela presente no portátil.

Batalhas em 8-bits

Tudo em Super Smash Land lembra aquele que foi um dos primeiros portáteis da Nintendo: visual, música, efeitos sonoros e jogabilidade. Contudo, diferentemente do que era possível nele, você consegue jogar em batalhas de até quatro pessoas simultaneamente usando o mesmo teclado.

Para simular a quantidade disponível de botões no Game Boy, o Super Smash Land apresenta apenas as setas direcionais, Start, Select e mais dois botões (um cancela e outro seleciona opções). Durante as lutas, um botão serve para pular e o outro para atacar – por meio das combinações entre setas direcionais e pulo com o botão de ação, você consegue realizar uma série de ataques distintos (característicos dos personagens em suas séries de origem).

Batalha

Nostalgia pura

Há um total de 11 fases no modo Arcade e 6 personagens para usar durante as lutas – dois deles estão inicialmente bloqueados, então você deve completar o modo para poder usá-los. Existem ainda os modos Endless e Versus, sendo o primeiro liberado apenas depois que você termina o game.

O modo Endless consiste em batalhas intermináveis, nas quais o jogador faz parte do mesmo grupo que outros personagens e deve derrotar determinados inimigos – a pontuação obtida é enviada para um placar online. Por sua vez, o modo Versus permite que você e outros três amigos usem o mesmo teclado para brigar, bastando configurar os botões para todos os jogadores usando Options > Controls, no menu inicial.

Bomba

Comandos

  • Setas direcionais: movimentação;
  • Tecla Z: pulo;
  • Tecla X: ataque;
  • Enter: Start;
  • Backspace: Select.

Imagens do Super Smash Land

Batalha Bomba Tela inicial Seleção de personagem Fim de fase Multiplayer Cenários Batalha Batalha Batalha
Prós
  • Comandos simples
  • Músicas boas
  • Vários cenários
  • Personagens famosos
Contras
  • Poucos personagens
  • Jogabilidade travada
  • Agrada apenas a quem gosta da geração 8-bits

Nossa opinião sobre o Super Smash Land:

Considerando a proposta de Super Smash Land, não é possível analisá-lo da mesma maneira como outros jogos: afinal, ele possui gráficos ultrapassados de maneira intencional. Tendo isso em mente, seus gráficos são excelentes e parecem muito com aqueles da geração 8-bits.

O áudio está na mesma categoria, pois suas canções estão em MIDI. A música do menu inicial é muito repetitiva, todavia, as demais variam conforme a fase em que as batalhas acontecem, tocando trilhas presentes  nos games originais (aos quais os cenários pertencem) – isso faz de Super Smash Land ainda mais nostálgico, pois quem jogou conhece as músicas tocadas.

Embora simule bem a jogabilidade da época, ela deveria ter sido melhorada em Super Smash Land. Afinal, é muito difícil controlar os personagens e executar os comandos desejados. Além disso, há um atraso na resposta que atrapalha muito as partidas. Considerando a proposta, o número de lutadores disponíveis é suficiente e o de cenários é ótimo – provavelmente, no Game Boy haveria menos opções de lugares (e músicas diferentes, consequentemente).


SHOPPING BAIXAKI

Comentários (0)

  • Goulerzin Goulerzin   em 27/2/2013 - versão:

    Muito bom,bem,porque é muito bom,vou explicar:Link é um personagem antigo,dificil encontrar em games de graça so para pc,intão isso e bom!!!!!!!

Ver todos os comentários »