Army Rage 1.0.358 Open Beta Client

Army Rage

1.0.358 Open Beta Client

Lança-foguetes, lança-chamas e muita adrenalina neste FPS online baseado na Segunda Guerra Mundial


OBSERVAÇÕES
  • Ao clicar no link "Clique aqui para baixar", você será redirecionado para uma página de downloads. Escolha um dos mirrors para baixar o jogo.
REQUERIMENTOS
  • Processador Intel Pentium 4 2.0 ou AMD Athlon 64 3200
  • 1 GB de Memória RAM
  • Placa de vídeo de 256 MB
  • 2 GB de espaço disponível no disco rígido

Army Rage é um jogo de tiro em primeira pessoa (ou FPS, na sigla em inglês) que leva você de volta aos anos de 1940, durante o conflitante período da Segunda Guerra Mundial.

De acordo com seus desenvolvedores, o game tem uma proposta diferente de outros do gênero, começando pelo fato de se autonomear um “MMOFPS”, ou seja, um jogo online de tiro em primeira pessoa em que milhares de jogadores se enfrentam.

Mas as diferenças não ficam por aí. O Army Rage traz consigo várias armas usadas durante o maior conflito armado da história da humanidade, como lança-chamas para combates corpo a corpo e lança-foguetes para batalhas à distância. O rol de armas disponíveis é muito maior do que isso e oferece várias possibilidades ao jogador.

Os conflitos sempre envolvem até 24 jogadores, separados em seis grupos com quatro soldados cada. As equipes se dividem entre os dois lados da guerra: o Eixo (composto por alemães, italianos e japoneses) e os Aliados (estadunidenses, ingleses e soviéticos). Além disso, dentro dos grupos, os soldados são de quatro classes diferentes.

Tipos de jogo

Ao todo, Army Rage conta com cinco tipos de jogo:

• Team Deathmatch – Um dos modos mais tradicionais em jogos FPS online, aqui você e sua equipe enfrentam outro grupo de adversários, e a disputa só acaba quando o objetivo do cenário é alcançado ou todos os inimigos são eliminados;

• Rush – Os jogadores são divididos em grupos de ataque e defesa. O objetivo do time que ataca é destruir todos os pontos-chave do cenário. Já os defensores devem evitar a qualquer custo que isso aconteça;

• Domain Control – Os dois grupos envolvidos no conflito devem conquistar e manter as bandeiras espalhadas pela fase. O time vencedor é aquele que conseguir capturar todas elas;

• King of the Hill – Aqui, a batalha funciona de forma semelhante ao modo anterior, porém, há apenas uma bandeira no cenário. Quem a conquistar é o grande vencedor.

• Team Deathmatch (Special) – As regras são basicamente as mesmas do modo “Team Deathmatch” tradicional, porém, este modo conta com limitação de armas e classes em alguns casos. Por exemplo, é possível apenas usar granadas ou rifles sniper.

Army Rage

Classes de soldado

Apesar de ser um jogo de tiro em primeira pessoa, Army Rage tem elementos que lembram games de RPG. Um dos fatores que mais aproxima essas duas vertentes é a divisão dos jogadores em classes. Aqui, são quatro classes de soldado:

• Assault – Quem opta por esse tipo de classe vira um soldado de ataque. Ele tem um nível moderado de saúde e velocidade, e sua arma primária é o rifle. É a única classe que pode usar qualquer equipamento bélico como arma secundária;

• Scout – Unidades rápidas, porém com baixo nível de saúde. Sua arma primária também é o rifle, e quem opta por esse tipo de personagem vira um especialista em dar cobertura para seus companheiros. Ela ainda é muito eficiente na instalação de minas terrestres e explosivos;

• Support – A mais forte de todas as classes, serve para dar apoio a qualquer uma das demais. Seus membros andam com metralhadores pesadas como arma primária e é a única classe capaz de empunhar lança-chamas e foguetes antitanques. Além disso, carregam kits de medicamento para curar seus aliados.

• Engineer – Outra classe de baixo nível de saúde, mas com boa velocidade. Usam submetralhadoras como armas primárias, mas podem optar por lança-foguetes na mesma posição. Além disso, são capazes de construir proteções de metal para seus companheiros.

Armas, veículos e equipamentos

Como não poderia deixar de ser, Army Rage oferece dezenas de opções para seus jogadores. São vários tipos de armas, equipamentos e veículos à sua disposição; equipamentos que auxiliam a decidir a guerra em favor de um dos lados. Isso significa que, além de disparar com fuzis e metralhadoras, você pode fazer uso de granadas, explosivos e até tanques de guerra para causar estrago nos adversários.

Imagens do Army Rage

Prós
  • Variedade de cenários e armas
  • Sempre muitos jogadores online
  • Gratuito
Contras
  • Gráficos deixam um pouco a desejar
  • Não é possível mudar de arma usando o botão de rolar do mouse

Nossa opinião sobre o Army Rage:

Army Rage aparece como um ótimo título para quem gosta de jogos de tiro em primeira pessoa e não liga para gráficos estonteantes, como os vistos em nomes como Battlefield 3 ou Call of Duty Black Ops. Este game contém tudo o que um bom FPS deve ter: vários cenários desafiadores, um vasto arsenal e muitos jogadores online sempre.

Os comandos são os tradicionais de um FPS, ou seja, esse padrão a que todos estão acostumados também se vê aqui, o que facilita enormemente a adaptação de novos jogadores. Vale ainda destacar o fato de Army Rage ser gratuito, o que faz dele uma excelente alternativa para games como Counter-Strike ou Combat Arms.

O servidor, apesar de não ser nacional, parece estável e não apresentou falhas durante os testes. Esse é outro fator que não pode ser deixado de lado durante a avaliação desses jogos, pois um lag aqui pode ser a diferença entre a vida e a morte (de seu personagem, é claro). Destaca-se ainda a possibilidade de o jogador acumular pontos individualmente, subir de ranking e ganhar novas graduações, tal qual em outros MMOs que se vê por aí.

Não merece tanto destaque assim a parte gráfica, pois alguns detalhes dos cenários deixam a desejar, mesmo que, de modo geral, o jogo seja bonito. Além disso, bugs em que os soldados “entram” nas paredes também não ficam de fora. Por fim, a impossibilidade de trocar de arma usando o botão de rolagem do mouse é o grande pecado, pois é um atalho muito mais prático do que usar os números da parte de cima do teclado.

De qualquer forma, pesando prós e contras, o lado positivo de Army Rage se sobressai e você que aprecia um bom FPS não deve deixar de fazer o download.


SHOPPING BAIXAKI

Comentários (0)

  • Nilson Multinível Nilson Multinível   em 10/8/2013 - versão: 1.0.358 Open Beta Client

    Fiquei muito desapontado com o fechamento da empresa Army Rage eu sempre jogava esse ótimo gome a uns dias atrás ainda joguei na maioria das vezes com sniper haha sempre tinha um que me chamava de camper kkk mas valeu a pena.

  • carlos augusto carlos augusto   em 3/3/2013 - versão: 1.0.358 Open Beta Client

    jogo com OTIMOS graficos jogabilidade INCRIVELMENTE EXELENTE parabens baixaki continue assim xD

  • max max   em 28/12/2012 - versão: 1.0.358 Open Beta Client

    Jogabilidade horrivel, gráfico péssimo e pesado demais, pois aqui na minha máquina que é processador i3, com 3.30 GHZ memória DDR3 4 GB e placa de video onboard 820 MB da Intel Grafics HD, aqui roda Street Fighter IV e Battlefield 2 em resolução máxima, e no Army Rage, roda travando!!! Muito melhor jogar Return to Castle Wolfenstein, pois é mais antigo, mas da um banho neste jogo!!!

  • vinicius vinicius   em 12/9/2012 - versão: 1.0.311 Open Beta

    otimo jogo , parece até um remake do wolfenstein E.T.

  • Marcelo Checon Marcelo Checon   em 13/7/2012 - versão: 1.0.272 Open Beta

    Eu acho que isso nem precisa. "Não é possivel mudar de arma com a roda do mouse" Geralmente eu troco com números.

  • Hugo Lima Hugo Lima   em 25/6/2012 - versão: 2.63 Open Beta

    achei ele uma mistura de Team Fortress 2 com cs por isso sei q vou gostar dle

  • Cesar filho Cesar filho   em 31/5/2012 - versão: Open Beta

    e jogo muito bom relatando a sequnda querra eu gostei muito

  • Allan de Andrade Allan de Andrade   em 5/5/2012 - versão: Open Beta

    Recomendo para quem gosta de jogo da segunda guerra mundial, o jogo ainda é novo tem poucos mapas, porem são bem elaborados e desafiador. Andei reparando que tem opção aircraft nele, então em breve irá possuir aviões da segunda época. O jogo lembra vagamente Battlefield em escolher a Classe infantaria, escouta, Mecânico e outro que não me lembro. Aqui eu uso o gráfico no máximo o jogador e bem detalhado, só que peca apenas em sombra, e detalhes como grama e fumaça, Fora isso Jogão provavelmente não irão se arrepender.

  • allan allan   em 25/4/2012 - versão: Open Beta

    o jogo e excelente eu gostei, mas so falta 1 coisa no jogo, dar pra colocar todas as armas no olho igual a Combat Arms :D baixem eu recomendo!

  • Elano Elano   em 21/4/2012 - versão: Open Beta

    O jogo era muito pacato, agora com a "fama" ganhada nos EUA fez com que o jogo ficasse mais disputado Com essa fama, é propícia a propagação de hackers. Mas as vezes nem sempre é um hacker que te buga. voce pode cair em um lugar todo branco e morrer do nada. Se vc não tiver uma boa internet o jogo fica muito ruim, mas quanto a jogabilidade é excelente: Muita variedade de armas(o q já tinha nas versões anteriores, só que com mais, muito mais variedades); de fases(Kelly`s Town e Phillippe ville, similares a do cross fire); e de modos de game (sem ter somente aquele time deathmat . agora tem o blitz mode) Bom... Em minha opinião o jogo que já era bom na 1° VERSÃO ficou muito melhor. Obrigado e bom jogo, para os que baixarem.

Ver todos os comentários »