Blekko Beta 2

Blekko

Beta 2
  • Gratuito
  • Para Web Shockwave
  • Adicionado em 30/6/2011
  • Blekko
  • Acessar
    Gratuito

Buscador permite a personalização dos resultados por meio de tags próprias

Por Luana Lima

O Blekko é um site de buscas que permite personalizar os resultados retornados por meio da utilização de palavras-chave, que representam grupos de assunto delimitadores criados pelos desenvolvedores do site. Esses termos diferenciadores devem ser antecedidos de barra (“/”), a fim de serem reconhecidos como tags pelo buscador.

Principais termos delimitadores

A princípio, o Blekko disponibiliza aproximadamente 40 termos padrões que representam grupos temáticos para as buscas. Essas slashtags, como são chamadas pelo próprio site, remetem aos mais diversos assuntos, como vídeos (“/vídeo”), esportes (“/Sport”), música (“/music”), clima (“/weather”) e saúde (“/health”).

Página inicial do Blekko

Para visualizar a lista completa das tags, clique sobre o item “Content farms”, localizado na página inicial do buscador. Caso você não encontre um termo que reflita exatamente o tipo de assunto sobre o qual deseja pesquisar, é possível criar novas e próprias slashtags, que serão mostradas em seu perfil no Blekko. A forma detalhada de como realizar essa atividade está descrita no item “Como utilizar o Blekko – Crie suas próprias slashtags”.

Tags padronizadas

Algumas das slashtags disponibilizadas pelo buscador vão além da função delimitadora de assunto e assumem o papel de funções. Esse é o caso dos termos “/date”, “/image” e “/define”, por exemplo, que conduzem a busca de forma a mostrar resultados ordenados pela data, redirecionam o usuário para um motor de busca de imagens ou levam o termo pesquisado diretamente para um dicionário online, a fim de conceder a definição da palavra.

Como utilizar o Blekko

Logo na página inicial do buscador, assim como é comum na grande parte dos motores de busca, é exibido um campo em branco, no qual o usuário deve digitar normalmente os termos que deseja utilizar nas palavras-chave.

A diferença de utilização neste site é as pesquisas podem tanto ser contextualizadas com as slashtags quanto serem feitas apenas com as palavras-chave, como em qualquer outro buscador, pois o Blekko funciona nos dois casos.

Buscando termos específicos

Para realizar uma pesquisa com inserção de contexto no Blekko, digite os termos que deseja buscar (como “Baixaki” + “iPad”) e insira uma slashtag. Nesse caso, utilizados a opção “/news” (notícias), que vai retornar resultados referentes a novidades relacionadas ao aparelho da Apple, publicadas no site do Baixaki.

Crie suas próprias slashtags

Caso o usuário queira realizar uma pesquisa dentro de um tema que não tenha sido previsto pelo buscador, existe a possibilidade de criar uma tag personalizada. Entretanto, é preciso ser cadastrado no Blekko ou se conectar ao buscador por meio de um perfil ativo no Facebook.

Depois de ter se cadastrado no site, ou de ter se logado com a conta no Facebook, acesse o seu perfil no buscador. Nessa tela, são mostradas as slashtags criadas por você e a Para isso, basta acessar a página das slashtags (em “Content farms”) e clicar sobre a opção “Create your own slashtag”

Denúncia de spams

Uma das slashtags que exercem uma função extra além da delimitação de tema é a “/spam”. Essa palavra-chave é mostrada ao lado do título de todos os resultados retornados. Se o usuário considerar que um item é um spam, basta clicar sobre a palavra de mesmo nome e o site em questão será banido das pesquisas pelo login registrado.

Como denunciar um spam

Você pode conferir todos os sites marcados como spam diretamente no seu perfil do Blekko. Para isso, acesse a sua página pessoal dentro do buscador e confira os links listados em “/spam”. Você pode desmarcar um site antes considerado inapropriado, a fim de voltar a vê-lo nos resultados retornados.

Likes ou curtidas do Facebook

Já que o Blekko possui uma funcionalidade que o liga diretamente à sua conta no Facebook, isso significa que ele tem acesso às suas informações, incluindo as páginas que você costuma visitar. Considerando isso, o site traz mais uma seção personalizada para que o usuário possa organizar as suas preferências facilmente.

O Blekko disponibiliza a tag “/likes”, na qual são mostradas todas as páginas que o usuário tenha curtido, seja no Facebook ou nos resultados do próprio buscador. A lista dos links pertencentes a essa categoria são mostrados no perfil do usuário.

Política e foco do Blekko

Segundos os idealizadores do Blekko, a criação do site foi motivada pela necessidade de realizar pesquisar que retornassem resultados mais precisos, por meio da inserção de um contexto aos termos digitados. Dessa forma, foi instituída barra como um indicador de grupo de assunto no qual a palavra buscada deve ser encaixada.

Outra característica defendida pelo Blekko é o acesso ilimitado a informações que, até então, eram disponibilizadas apenas a uma parcela pequena de usuários. Os dados aos quais os idealizadores do buscador se referem são, basicamente, as estatísticas de acesso de sites, que eram abertas apenas para o conhecimento de seus donos. Agora, basta digitar o nome da página que deseja pesquisar e ficar por dentro das informações mercadológicas sobre ela.




Nossa Opinião

Nossa Opinião Acima você conferiu uma descrição completa sobre o Blekko e suas funcionalidades, saiba agora o que achamos dele

A interface principal do Blekko é bem simples, mas organizada. No centro da tela é mostrado o campo de busca com o botão “Search” e mais algumas funções. Logo na primeira olhada, as tags que são mostradas nessa janela inicial podem confundir o usuário que não está acostumado com o sistema utilizado pelo aplicativo. Porém, quando você entender o funcionamento, a forma de usar as funcionalidades e as buscas se tornam intuitivas.

A apresentação e a organização dos resultados retornados são claras. Seguindo o padrão utilizado pela grande parte dos buscadores, quando os resultados são mostrados, é exibida uma pequena descrição que ajuda o usuário a saber sobre o site se trata. Outra característica interessante é o fato de o motor de busca exibir um pequeno símbolo na frente do nome das páginas mais conhecidas.

O tempo gasto para pesquisar os termos digitados é pouco, o que agrega pontos para o aplicativo em relação ao seu funcionamento. Assim que o usuário clica em “Search”, ou pressiona a tecla Enter, o Blekko passa a processar as informações, levando alguns segundos para exibis os resultados.

O fato de o buscador mostrar as tags que podem estar relacionadas com o objeto buscado, mesmo que o usuário não tenha definido nenhum contexto, torna a busca mais fácil e mais precisa. O botão “Spam” é uma inovação que ajuda a fazer uma limpa nas páginas retornadas com a pesquisa, excluindo os sites que o usuário já sabe que não são relevantes. Dessa forma, você tem mais uma possibilidade de personalização.

Outra facilidade proporcionada pelo Blekko é a possibilidade de utilizar uma conta já existente no Facebook para usar como registro no buscador. Com isso, o usuário evita o trabalho de ter que preencher todos os dados novamente e ganha tempo com a utilização do aplicativo. Outra vantagem permitida pela sincronização com a rede social foi o reaproveitamento das “Curtidas” dadas pelo usuário em seu perfil.

A precisão dos resultados apresentados dá uma boa melhorada com a utilização das tags, mas fica bem claro que o Blekko ainda precisa melhorar a indexação do conteúdo listado. Algumas slashtags simplesmente não encaixam a palavra buscada no contexto desejado, fazendo com que a busca não atinja a excelência que deveria.

ImportantePrós
  • Lista dos resultados bem organizada
  • Possibilidade de utilizar tags personalizadas
  • Resultados mais precisos
  • Permite marcar sites como spam
  • Sincronização com o Facebook
  • Reconhecimento das páginas curtidas no Facebook
  • Funcionamento rápido
ImportanteContras
  • Forma de uso é um pouco confusa no início
  • Algumas tags não funcionam corretamente

Comentários (0)

Nenhuma pessoa comentou este programa, gostaria de ser o primeiro?

Shopping Baixaki





(0.203 segundos)