GraFighters

GraFighters

  • Gratuito
  • Para Web Flash
  • Adicionado em 12/4/2012
  • GraFighters
  • Acessar
    Gratuito

Os desenhos que você faz vão ganhar vida e lutar para defender a honra do seu criador

Por Allan Valin

GraFighters é uma espécie de jogo online de luta (requer Flash), porém apresenta uma proposta bastante peculiar. Nele, é preciso enviar a foto (ou imagem escaneada) de um desenho que você tenha feito à mão. Após uma série de processos para identificar as partes do corpo do boneco, é possível colocá-lo num rinha contra personagens criados por outras pessoas, fazendo-os brigar até que um dos combatentes não aguente mais se manter em pé.

No momento em que seu desenho é analisado pelo GraFighters, a engine Cornelius identifica várias características do boneco para relacionar a elas atributos que definem o gênero de lutador ao qual ele pertence. Há um total de cinco quesitos, cada qual apresentando vantagens e fraquezas em relação aos demais.

Combate

Cornelius

Quando você acessa o GraFighters pela primeira vez, você tem a opção de criar um cadastro, e esperar para ser selecionado para jogar, ou se conectar usando uma conta do Facebook, o que permite começar a usar o serviço imediatamente. Após criar sua conta, use a opção “Upload New”, no canto superior esquerdo da tela, para enviar um desenho.

Uma vez escolhido o arquivo, você deve usar as ferramentas disponíveis para mover o boneco e remover o fundo, deixando apenas seus membros no desenho. No passo seguinte, há como redimensionar a imagem e girá-la horizontalmente (o ideal é mandar um arquivo com as dimensões 500x500 pixels).

A última etapa é a mais complicada: nela, você deve selecionar as partes do corpo do seu personagem. Primeiramente, você define os limites do tronco, depois a cabeça, o bíceps esquerdo – seguido do antebraço , o braço direito, a coxa esquerda (acompanhada da panturrilha) e termina com a perna direita.

Criação

Para selecionar cada parte do corpo, você deve clicar várias vezes para inserir os pontos que a contornam (selecione o ponto vermelho para concluir a marcação). Evite marcar duas regiões iguais em seleções diferentes, pois isso gera animações bizarras durante as lutas. Ao abrir a opção “Live Preview”, você consegue ver como está o boneco.

Hora da pancadaria

Na página inicial do GraFighters, selecione “Fight” para visualizar uma lista de oponentes disponíveis e clique sobre sua imagem de exibição para iniciar o combate. Antes disso, no entanto, preste atenção nas cores localizadas abaixo das informações básicas do adversário, pois elas representam os valores atribuídos a cada um dos seus atributos – avaliar bem as diferenças pode tornar mais fácil a conquista de suas vitórias.

Oponentes

Conforme você participa das lutas, mais pontos de tinta são acumulados, os quais poderão ser usados futuramente para comprar equipamentos na loja do jogo. No canto superior direito da tela, fique atento ao campo “Challenges”, pois é por meio dele que você aceita os desafios propostos por outras pessoas.

Caso você queira divulgar o GraFighters para seus amigos, há como usar uma opção para compartilhar o replay do seu último combate no Twitter (sendo essa a única maneira, no momento, de rever as lutas travadas).



Nossa Opinião

Nossa Opinião Acima você conferiu uma descrição completa sobre o GraFighters e suas funcionalidades, saiba agora o que achamos dele

A proposta de GraFighters é definitivamente interessante, principalmente para quem adora desenhar durante aulas não muito instigantes e gostaria de colocar suas criações para brigar contra as criaturas imaginadas pelas mentes criativas de outras pessoas desocupadas (ou artisticamente bem dotadas, dependendo do ponto de vista). Afinal, o serviço permite justamente isso, o que é realizado de maneira muito simples.

Há um grande inconveniente, porém. O GraFighters não apresenta nenhuma ferramenta que ajude você na identificação de desenhos feitos em papel, nem permite que você desenhe usando o mouse diretamente no site. Ou seja, se você quiser jogar, é preciso arranjar um jeito de colocar seus personagens no formato JPEG (ou simplesmente usar uma imagem qualquer, já que o site não separa criações originais de cópias).

Para criar a animação do seu desenho, você passa por um processo que requer a separação de vários minutos do seu tempo livre, pois é necessária muita precisão se você deseja que seu boneco se movimente sem parecer uma aberração. Não é nada complicado de fazer, só é trabalhoso mesmo: você deve remover o plano de fundo e contornar dez partes do boneco antes de poder usá-lo numa luta.

A engine Cornelius usa critérios não especificados para definir a força de cada desenho, o que dá margem a muitos questionamentos a respeito de por que um personagem musculoso consegue ser mais fraco do que um homem-palito. Além disso, não adianta adicionar armas ao boneco, pois elas poderão ser usadas apenas quando a loja do jogo for aberta, contando somente com modelos pré-definidos.

O número de oponentes disponíveis é enorme, e uma excelente característica do jogo está na possibilidade de você lutar sem restrições, o que não costuma ser algo comum em games mais “sociais” como este. Contudo, é uma certa decepção não haver como controlar seu personagem nos combates, deixando o resultado largado ao acaso e nas comparações feitas entre os atributos de cada boneco.

Também não há ainda um esquema simples para a visualização de replays, os quais ficam disponíveis apenas caso você selecione a opção de compartilhamento de resultados via Twitter (exibida ao final das lutas). O maior problema atualmente presente no GraFighters está na lentidão do serviço, sendo necessário esperar durante muito tempo para o carregamento das páginas.

Falando em demora, algumas batalhas podem demorar demais para acontecer, pois o oponente precisa aceitar seu desafio. Isso pode levar até dias, dependendo da frequência com a qual o adversário acessa o site do jogo, gerando um grande inconveniente. Além disso, talvez não seja possível visualizar o combate numa situação assim, ficando apenas com o resultado.

ImportantePrós
  • Reconhecimento preciso dos desenhos
  • Não há limite de lutas diárias
  • Vários oponentes para escolher
ImportanteContras
  • É preciso esperar o adversário aceitar o desafio
  • Pouca variedade nos movimentos
  • Não há uma lista com os replays das lutas

Comentários (0)

Nenhuma pessoa comentou este programa, gostaria de ser o primeiro?

Shopping Baixaki





(0.125 segundos)