Priston Tale 2: The Second Enigma 2.2.4

Priston Tale 2: The Second Enigma

2.2.4

Mergulhe em um mundo de seres mágicos, cheio de ação e combates sangrentos, neste MMO totalmente gratuito


REQUERIMENTOS
  • Processador single-core de 1.8 GHz
  • 512 MB de memória RAM
  • 4 GB espaço disponível para armazenamento
  • Placa de vídeo com 256 MB
  • compatível com DirectX 9.0c (GFX GeForce FX 5700 ou superior)

Priston Tale 2 é um MMORPG que dá continuidade ao famoso Priston Tale – concorrente direto de Ragnarok Online por muito tempo. A principal mudança entre as versões não é marcada apenas pela melhoria nos gráficos (os personagens deixaram de ser infantis e agora parecem adultos), mas também pelo acréscimo de séculos entre as histórias de ambos.

Em sua última atualização, The Second Enigma, Priston Tale 2 recebeu várias correções em bugs pequenos, no entanto, a principal novidade é adição de uma nova área a ser explorada: Desert of Frontier. Também foi adicionado um cronômetro que aparece quando seu personagem entra em zonas PvP e, além disso, os pontos de habilidades de todos os personagens foram zerados – permitindo sua redistribuição gratuita.

(É necessário criar uma conta no site do desenvolvedor para jogar, clique aqui para acessá-lo.)

Ligação com o primeiro título

No início dos tempos, havia dezenas de deuses governando o mundo, porém alguns possuíam mais poder e influência mais abrangente. Devido a isso, Midranda se aliou a Majok e começou uma guerra contra os demais deuses. O embate devastou o continente de Priston e amaldiçoou vários locais. Ao final do combate, Majok foi exilada e Midranda foi aprisionada no Enigma.

Babel, um dos generais do exército de Midranda, conseguiu fugir quando percebeu a derrota iminente. Com o passar do tempo, os habitantes de Priston que sobreviveram à guerra formaram duas tribos, Morion e Tempskron: a primeira especializada no uso de magia; a segunda, com forte tradição nas artes militares.

Cada uma construiu sua própria cidade, uma no norte e a outra ao sul. Contudo, devido a ataques de Babel, que retornara, as tribos formaram uma aliança para trocar tecnologias e métodos de combate. A partir desse acordo, foi construída uma cidade para treinar guerreiros de ambas as tribos, localizada no ponto médio entre as duas.

Apesar dos esforços de Babel, a aliança se mostrou muito forte para ser vencida facilmente.

Um novo começo

Tempos depois, o Senhor das Trevas quebrou o selo que o mantinha preso ao Templo Senith. Sabendo disso, os deuses mandam Religan com um contingente de guerreiros para combater Valento. O combate é intenso, mas todos acabam derrotados pelo Senhor das Trevas. Como resultado da batalha, um demônio de Midranda que estava adormecido é despertado.

Batalha

Graças a isso, a deusa aprisionada no Enigma volta a influenciar as forças do mal. Midranda não está para brincadeira e realmente pretende destruir o continente de Priston. Como herói das tribos locais, sua missão é buscar e encontrar o Segundo Enigma: a única maneira para derrotar a deusa e alcançar, definitivamente, a paz.

Tribos e classes

Apesar de uma delas não ter sido citada na história, há três tribos existentes em Priston Tale 2: Morion, Tempskron e Sophetio. Esta foi criada pelos demônios de Midranda e é capaz de manipular o poder das trevas. Cada tribo apresenta duas classes iniciais, totalizando seis. Entretanto, todas possuem especializações específicas, gerando 35 subprofissões diferentes.

As classes disponíveis variam conforme a tribo e de acordo com a função na batalha: magia, dano à distância, suporte e combate corpo a corpo – além disso, também há a distinção entre especializações defensivas, ofensivas e mistas. Entretanto, nem todas possibilitam a escolha de sexo do personagem, ou seja, algumas são exclusivamente masculinas ou femininas.

Um Morion pode virar Knight (corpo a corpo) ou Disciple (magia). Um Tempskron se torna Fighter (corpo a corpo, personagens masculinos) ou Huntress (dano à distância, personagens femininos). Um Sophetio, por sua vez, pode ser Rogue (corpo a corpo ou dano à distância, depende da subprofissão) ou Pilgrim (magia).

Árvore de classes

Combate intenso

Apesar da aliança entre as duas principais tribos, há regiões específicas do continente em que a disputa entre jogadores (PvP) é permitida – estas são indicadas pela coloração avermelhada no mapa. Antes de passar por elas, uma boa ideia é ter se preparado para a viagem. Boa parte da preparação se resume a investir na melhoria dos itens equipados.

Há três alternativas para melhorar seus itens: Crafting, Aging e Specialization – em outras palavras, criá-lo, amadurecê-lo e especializá-lo. Os sistemas mencionados servem para aumentar atributos do seu equipamento de maneira específica ou aleatória. Além disso, também é necessário juntar materiais para realizar essas alterações.

Outras duas possibilidades para ganhar vantagem na luta contra outros jogadores é por meio de Force Orbs e Pets. Em ambos os casos são concedidas melhorias temporárias aos atributos do personagem (a diferença é que o primeiro é uma esfera de energia e o outro é um animal de estimação).

Comandos

  • Teclas Q, W, E, A, S e D: movimentação;
  • Barra de espaço: pulo;
  • Tecla R: visão traseira;
  • Teclas de 1 a “=”: atalhos;
  • Tecla de F1 a F12: mais atalhos;
  • Tab: selecione um NPC próximo;
  • Clique esquerdo: movimentação e ataque;
  • Clique direito: altera a câmera;
  • Esc: abre o menu.

Imagens do Priston Tale 2: The Second Enigma

Escolhendo sua classe. Definindo o visual do personagem. Crie quantos personagens quiser e escolha nesta tela com qual você deseja jogar. Tela de login (o dragão-caveira lembra outro jogo, não?) Personalizando a aparência do personagem. Procurando pancadaria. Você precisará de um computador poderoso para poder ver cenários tão bem feitos. NPCs que tenham quests terão um pergaminho dourado em cima da cabeça. Aceitando a tarefa dada pela senhora. Barra
Prós
  • Gráficos excelentes
  • Boa jogabilidade
  • Músicas ótimas
Contras
  • Instalação extremamente demorada e pesada
  • Cidades cheias causam lag
  • Tutorial com problemas
  • A história não é apresentada ao jogador

Nossa opinião sobre o Priston Tale 2: The Second Enigma:

Os gráficos de Priston Tale 2 são excelentes, principalmente quando comparados com seu antecessor: as texturas apresentam poucas marcas de serrilhado, os efeitos de sombra são aplicados nos lugares certos e a resolução geral dos cenários é muito boa. Contudo, mesmo com o traçado realista dos personagens, ainda falta expressão em seus rostos apáticos.

Os efeitos sonoros são condizentes com os acontecimentos e não acontecem em excesso, algo ideal para não causar poluição sonora. As músicas, por sua vez, são de excelente qualidade (geralmente orquestradas), porém não existem em muitos cenários – são tocadas principalmente em cidades.

Sua jogabilidade é boa, pois responde bem aos comandos e não há atrasos. Além disso, o principal destaque dela fica por conta da função “autocorrer”, muito útil na maioria das situações do jogo. A história de Priston Tale 2, no entanto, não é apresentada de maneira alguma ao jogador, nem mesmo nas missões: ou seja, enquanto estas são irrelevantes no início, é preciso muito empenho para saber quais o destino do seu personagem.

Finalmente, a instalação do jogo é muito demorada e requer bastante paciência. Já não bastasse ser necessário baixar 2,6 GB, ainda é preciso esperar a extração do arquivo, sua instalação e atualização – isso, claro, se o instalador abrir. Em suma, é possível perder uma hora para começar a jogar após o término do download.


SHOPPING BAIXAKI

Comentários (0)

  • Gabriel Hendrix Gabriel Hendrix   em 24/10/2013 - versão: 2.2.4

    Otimo jogo, porem foi fechado :/

  • carloselit carloselit   em 13/7/2013 - versão: 2.2.4

    bom jogo quem gosta de rpg

  • Danilo Alves Danilo Alves   em 7/5/2013 - versão: 2.2.4

    Bem diferente do primeiro Priston, porem ele é muito bom.

  • esau esau   em 1/10/2012 - versão: 2.2.4

    nao dever ser tao massa como o shaiya o melhor prg de todos os tempos

  • mazarin mazarin   em 26/5/2012 - versão: 2.2.4

    Esse mauricio n entende nada, pra começa para e olha todos os jogos on, poucos tem grafico por causa dos custos e da manutençao q n sairia barato, ja zerei crysis 2 e to aguardano o 3, cod mw1,mw2,mw3 ja zerei e eles tem grafico pq sao jogos off , jogos off sempre tem mais grafico,a coisa mais idiota e compara jogos off com os on.

  • Klarck Klarck   em 22/5/2012 - versão: 2.2.4

    O jogo é muito bom! vale muito a pena!

  • pedro782 pedro782   em 10/5/2012 - versão: 2.2.4

    bom o grafico nao e muito bom nao recomendo mais e legal valeu apena xD

  • mauricio mauricio   em 6/5/2012 - versão: 2.2.4

    ouvi mto falar desse jogo, mais baixei e é uma decepção como Perfect World, graficos horriveis, personagens tudo iguais, jogabilidade ridicula, Perfect World é a mesma porcaria!os que falam que o grafico é ótimo é pq nunca jogaram DC Universe, Crisys 2.... -.-"

  • wesley wesley   em 2/5/2012 - versão: 2.2.4

    caro Rafael que escreveu isso "Prefiro perfect world mais seu graficis são otimos Recomendo baixem,imitação perfect world" não é imitação de perfect world porque veio muito antes , pra falar a verdade foi um dos primeiros jogos que joguei na lan house , pensa antes de falar !!%*@!!!!

  • RAFAEL RAFAEL   em 9/4/2012 - versão: 2.1.9

    Prefiro perfect world mais seu graficis são otimos Recomendo baixem,imitação perfect world

Ver todos os comentários »