Risen 2: Dark Waters

Risen 2: Dark Waters

  • Gratuito para testar
  • 5,40 GB
  • Para Windows XP/Vista/7/8
  • Adicionado em 22/6/2012
  • Piranha Bytes
Clique para baixar Risen 2: Dark Waters Clique para Baixar

Não é só Jack Sparrow que pode ser pirata e herói Banque um aventureiro dos sete mares e ajude a salvar o mundo

Por Lucas Karasinski

Risen 2: Dark Waters é a continuação do aclamado RPG Risen, no qual um náufrago “sem nome” deve lutar para encontrar o caminho de casa. Se no primeiro jogo a tarefa parecia complicada, agora o bicho vai pegar de verdade.

A sequência se passa alguns anos após o final do primeiro game. Aqui, o herói da franquia, além de continuar sem ter alcunha nenhuma, entrou para a Inquisição – e se tornou um alcoólatra inveterado.

E a vida do rapaz, que se resume a encher a cara para esquecer o passado, sofrerá uma importante reviravolta. Ele será mandado para enfrentar terríveis criaturas que surgiram das profundezas do oceano. Cabe a você ajudá-lo a conseguir derrotar esses monstros, antes que eles acabem com a Terra.

Como um bom e velho RPG

Como um RPG que se preze, tudo começa com diálogos e muita história. Isso, na verdade, faz parte de toda a experiência de jogo dentro do Risen 2: Dark Waters. Você já acorda sendo achincalhado por um subalterno, que chega trazendo um aviso e chamando-o de “bêbado e vergonha para o exército”.

Paisagens muito bonitas

No início da partida, você só consegue enxergar um navio naufragando (algo familiar?) e uma jovem sobrevivente lutando para chegar à praia. Trata-se da filha do capitão-pirata Steelbeard, Patty. A bela e corajosa donzela será a sua principal parceira durante a jornada pelos cenários do game.

E como dito acima, muita conversa será necessária para que você entenda como deve progredir dentro do jogo. É preciso argumentar, questionar e levar os diálogos a sério, tudo para conseguir dicas importantes sobre o desenvolvimento das partidas. Logo no quartel general da Inquisição, por exemplo, você recebe alguns conselhos de onde você pode encontrar armas e como fazer para se esgueirar até o local indicado.

Combates, itens e exploração

Os combates do jogo mantêm a mesma fórmula do primeiro game. Aqui você precisa mostrar habilidade na esgrima, tudo para que consiga derrotar desde os monstros mais pequeninos até inimigos cheios de recursos e movimentos.

Vasculhe os mapas

Outro elemento-chave dos bons RPGs também está presente em Risen 2: Dark Waters. Aqui há vários mapas e você vai precisar mostrar muita boa vontade na hora de explorar os terrenos do jogo. Além disso, cada sala precisa ser vasculhada, afinal de contas, quem disse que naquele quartinho escondido não pode haver uma ótima espada?

E os equipamentos serão fundamentais para o seu sucesso. Conseguir novas armaduras é algo decisivo para que você consiga duelar e vencer, mesmo que seja um pouco menos habilidoso que os seus adversários.

Variedade de missões

No Risen 2: Dark Waters, você tem uma missão: encontrar a arma secreta que será capaz de salvar o mundo dos monstros que vieram do mar. Isso você já sabe. Contudo, até chegar lá, você encontrará também uma variedade grande de outras tarefas para cumprir.

Beba mais para ganhar a aposta

Como dito acima, os diálogos são decisivos nas partidas – e podem levá-lo a progredir de diversas maneiras. Dito isso, dentro do game, entre uma conversa de bar e outra você pode acabar metido em apostas para ver quem consegue beber mais, por exemplo.

Além disso, há outras tarefas e maneiras diferentes de você lidar com elas. Se você estiver preso, pode distrair o guarda e convencer o seu companheiro de cela a lhe dar as suas roupas para ser mais discreto. Já se você estiver sem paciência, então pode sair na pancada com ele e tentar ganhar tudo à força.



Importante

Antes de instalar o " Risen 2: Dark Waters " você pode criar um ponto de restauração do Windows, assim, se não gostar do programa ou se ele não funcionar corretamente, você pode simplesmente restaurar o sistema para um ponto anterior à instalação do programa.Clique aqui e aprenda a criar um ponto de restauração.

Nossa Opinião

Nossa Opinião Acima você conferiu uma descrição completa sobre o Risen 2: Dark Waters e suas funcionalidades, saiba agora o que achamos dele

Risen 2: Dark Waters é um game desenvolvido para quem curte os RPGs em sua essência. O jogo traz praticamente todos os elementos que compõem os sucessos do gênero, como mapas para serem explorados, itens secretos, batalhas envolventes, magias e, é claro, muita conversa durante as partidas.

Inclusive, esses diálogos são o ponto alto do jogo. Cada vez que você inicia uma conversação com alguém, há uma grande quantidade de alternativas para que você questione o que foi falado, levando sempre a jogatina a outro nível. Isso, é claro, com personagens narrados, afinal de contas, essa característica ajuda muito na hora de compor o divertido clima das partidas.

Tudo isso faz parte da jogatina, que conta com um enredo bem feito, personagens carismáticos e uma história muito legal. Há pitadas de aventura, comédia e até romance, isso mantendo sempre o mistério em torno da vida do nosso “ator principal”.

Os gráficos do game a princípio decepcionam. Os personagens carecem de capricho, contando com uma modelagem ruim e poucos detalhes. Como as conversas são faladas “de verdade”, falta sincronia entre os seus rostos e o que estão, de fato, dizendo. Além disso, em várias partes do game, os bonecos não contam com sombras.

Alguns itens que aparecem durante as partidas também deixam a desejar, assim como a interação do personagem com algumas partes do cenário. Em muitos casos, há polígonos estourando, e você acaba atravessando mesas, cadeiras e, às vezes, até paredes. Esses pequenos bugs acabam comprometendo a qualidade do jogo.

Isso, no entanto, vai contra outros elementos que são muito bem feitos. O Risen 2: Dark Waters conta com cenários muito bonitos, como majestosos cais com navios-pirata ou cenários com belas selvas e casas feitas de pedra.

Assim como os diálogos, os outros sons do jogo também agradam. Há efeitos sempre que algo acontece, como os diferentes sons do nosso herói quando ele corre em terrenos diferentes. As batalhas também trazem monstros que soltam estranhos grunhidos enquanto os duelos de espada contam com aquele característico barulho do metal batendo.

A jogabilidade de Risen 2: Dark Waters é boa e o personagem responde bem aos comandos. As batalhas, principalmente, exigem agilidade do gamer e o bom é que o jogo não torna isso um problema, combinando de maneira inteligente a utilização do mouse com o teclado.

Os mapas do game, apesar de contarem com uma boa variedade de elementos, podem ser considerados pequenos por parte de jogadores mais hardcore – principalmente se os compararmos com alguns concorrentes de peso, como Skyrim, por exemplo. Apesar de mostrar alguns problemas e bugs um tanto irritantes, Risen 2: Dark Waters é uma boa alternativa para quem curte um RPG com todos os elementos obrigatórios do estilo.

ImportantePrós
  • Cenários bem feitos
  • História envolvente
  • Diálogos falados ajudam a compor um clima mais imersivo
  • Sistema de batalhas é dinâmico
ImportanteContras
  • Diálogos em inglês exigem bons conhecimentos na língua
  • Modelagem dos personagens deixa um pouco a desejar
  • Alguns bugs, como quebras de polígonos, são frequentes

Comentários (0)

Ver todos os comentários »
  • orochi696 orochi696
    em 23/6/2012 às 16:46h
    versão: 5

    bom lembra muito gothic 3 e bom pois lhe da a liberdade de dialogar com os personagens do neredo dando un toque de realiismo , estão de parabens

Ver todos os comentários »

Requerimentos

  • STEAM
  • processador dual-core de 2
  • 1 GHz
  • 2 gigabytes de memória RAM
  • 6 gigabytes de HD
  • placa de vídeo com 512 megabytes de memória RAM
  • DirectX 9.1 ou superior

Shopping Baixaki





(0.234 segundos)