Logo A epopéia bandeirante: letrados, instituições, invenção histórica (1870-1940) Ícone

A epopéia bandeirante: letrados, instituições, invenção histórica (1870-1940)

Grátis para testar
0 Bytes
Funciona em: Android
Adicionado em : 07/07/2020 SciELO - Editora UNESP
Baixar Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

Já usou? Avalie! +0 Avaliações - Seja o primeiro a avaliar o produto!

Descrição

Alana Schmidt
Na dedicatória do livro, o autor também exprime seu vínculo familiar com a terra paulista: “Para minha mulher, meus filhos, minha nora, meus netos, paulistas como eu e os meus antepassados desde Antônio de Oliveira chegado a S. Vicente ...
Responde a uma complexa indagação: o que é ser paulista? Para isso, estuda a obra dos letrados paulistas entre 1870 e 1940. Relaciona literatura e história, mostrando que os intelectuais do Estado, no período enfocado, buscaram a criação de uma identidade regional. As principais fontes consultadas foram o Almanach Literario de São Paulo e matérias contidas na Revista do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, além de romances, novelas, contos e outras narrativas. Foram analisados, entre outros autores, Júlio Ribeiro, Valdomiro Silveira, Menotti del Picchia e Guilherme de Almeida.

Prós & Contras

Prós

  • Não encontramos pontos positivos.

Contras

  • Não encontramos pontos negativos.

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o A epopéia bandeirante: letrados, instituições, invenção histórica (1870-1940)

  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação