Logo A Passagem Secreta - uma leitura política e filosófica de Alice no País das Maravilhas e no País do Espelho Ícone

A Passagem Secreta - uma leitura política e filosófica de Alice no País das Maravilhas e no País do Espelho

Grátis para testar
0 Bytes
Funciona em: Android
Adicionado em : 12/10/2019 Leya
Baixar Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

Já usou? Avalie! +0 Avaliações - Seja o primeiro a avaliar o produto!

Descrição

Alana Schmidt
Ele a conduz através da floresta sombria e aterradora, de onde podem surgir surpresas desagradáveis, perigos sempre a espreita, riscos sempre iminentes. Ele a conduz até quase a Oitava Casa, ela que é um peão, e, ao transpor o último ...
Lewis Carroll (Charles Lutwidge Dodgson) ficou famoso por suas histórias Alice no País das Maravilhas e Através do País do Espelho. Carroll nasceu em Cheshire, em 27 de janeiro de 1832 e faleceu em 14 de janeiro de 1898, em Guildford. Professor de Matemática em Oxford, era também diácono da Igreja da Inglaterra e fotógrafo amador. Homem quieto e solitário, sofrendo de tartamudez, ficou quase toda sua vida recluso nos muros da Universidade. Nunca se casou e preferia a companhia de crianças, sobretudo meninas, à de adultos. Em suas duas mais famosas histórias, ele desmistifica o chamado "país das maravilhas". Seus livros não contêm nenhuma moral, em que todos os personagens, ou quase todos, possuem também defeitos. Alguns de seus personagens são engraçados, outros flagrantemente desagradáveis, outros ainda rebeldes. Professor de Matemática e Lógica, Carroll era um gênio inventivo; tudo buscava transformar em jogo, aí compreendida a linguagem, com a qual se divertia com trocadilhos, palíndromos, inversões, nonsense, além de outras figuras de retóricas e remissões de natureza cultural e histórica. Pedro Braga, neste livro, deixa-se contagiar por esse clima lúdico e propõe uma leitura não só política, mas também filosófica, demonstrando possuir o instrumental necessário advindo da Teoria Literária e da literatura comparada. Erudito sem ser pretensioso, ele conduz o leitor a uma caminhada intertextual, muitas vezes por sendas inusitadas, passando por Shakespeare, Edgar Allan Poe, James Joyce e o filósofo George Berkeley. Ele também se diverte ao deslindar certas charadas propostas por Carroll, e alguns enigmas explícitos ou subjacentes nas duas histórias geniais do professor de Oxford. Pedro Braga propõe também ousadas possibilidades de interpretação, com fundamento na lógica e na matemática. Livro sério sem ser sisudo, escrito em um tom de quem faz (ou participa do) jogo carrolliniano, demonstrando grande rigor em sua abordagem bem fundamentada, ele pretende, destarte, d

Prós & Contras

Prós

  • Não encontramos pontos positivos.

Contras

  • Não encontramos pontos negativos.

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o A Passagem Secreta - uma leitura política e filosófica de Alice no País das Maravilhas e no País do Espelho

  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação