Logo Modernidade, Mulher, Imprensa: A Revista o Cruzeiro no Brasil de 1928-1945 Ícone

Modernidade, Mulher, Imprensa: A Revista o Cruzeiro no Brasil de 1928-1945

Grátis para testar
0 Bytes
Funciona em: Android
Adicionado em : 16/07/2020 Appris Editora e Livraria Eireli - ME
Baixar Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

Já usou? Avalie! +0 Avaliações - Seja o primeiro a avaliar o produto!

Descrição

Alana Schmidt
155Ibid., p. 166. 156CORRÊA, Thomaz Souto (Ed.). A Revista no Brasil. São Paulo: Abril, 2000. p. 234. A obra traz o registro da existência de 24 revistas de 1925-1929 e mais 14 a partir de 1930, inclusive Família Cristã, que surgiu em 1934.
Modernidade, Mulher, Imprensa: a revista O Cruzeiro no Brasil de 1928-1945 percorre páginas da história de uma das revistas brasileiras mais lidas por 46 anos de tiragens no País. O semanário alcançou o número de quatro milhões de leitores e deixou legado para a história da imprensa, com a concretização de uma nova forma de fazer jornalismo que valoriza a reportagem e a fotorreportagem, o uso da caricatura, da pintura, da fotografia; inovações não comuns para publicações dos anos de 1930-1940. Na publicidade e na propaganda, criou um cenário que possibilitou ditar modas, normas e até conceitos, numa intencional propagação da modernidade inspirada nos ditames hollywoodianos, e assim pregoava uma modernidade mascarada que substituía a submissão feminina social e doméstica pela doutrina da beleza e do consumo. Pela propaganda enalteceu-se o belo, priorizou-se um comportamento conservador e reforçou-se a ideia de uma nova mulher, agora mais consumista. As capas eram as vitrines pelas quais o sonho de mudança era vendido. A revista divulgou as mulheres brasileiras das camadas mais privilegiadas da sociedade e possibilitou à autora, Leoní Serpa, uma pesquisa histórico-jornalística.

Prós & Contras

Prós

  • Não encontramos pontos positivos.

Contras

  • Não encontramos pontos negativos.

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o Modernidade, Mulher, Imprensa: A Revista o Cruzeiro no Brasil de 1928-1945

  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação