Logo 3DMark11 Ícone

3DMark11

Versão 1.0.3 Basic Edition Grátis
273.44 MB
Funciona em: Windows
Vista/7/8
Atualizado em : 06/02/2013 Futuremark
Baixar Grátis Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

+6 Avaliações
  • Foto de Caos38th
    Caos38th 8 de dezembro de 2010 - 13:56
    6
    Nota Ótimo!
    o programa cumpre bem a função de "medidor de capacidade" ou pelo menos esquenta bem a placa de vídeo. O que me surpreendeu foi a qualidade das imagens mostradas, pois eles estão bem abaixo do que eu esperava desse programa. Em versões anteriores eles fizeram um bom trabalho, mas nesse realmente eles não acertaram. O programa é meio inútil, mas pode dar certo para impressionar os parentes.
  • Foto de Rodrigo
    Rodrigo 8 de dezembro de 2010 - 19:53
    2
    Nota Ruim!
    Pra quem tem 1,5 GB de espaço livre em disco, deve ser bom. Mas meu computador é normal. Quem tem computador dessa capacidade provavelmente tem placas de vídeo muito boas, que não necessitam desse programa. Seria bom se vendessem coisas úteis.

Descrição

Fabio Roberto Machado Jordão
Teste sua placa de vídeo de última geração com este aplicativo que estressa até as mais poderosas GPUs e CPUs

3DMark 11 é o novo software para benchmark de placas de vídeo da Futuremark. A desenvolvedora, especializada em programas do gênero, caprichou na mais recente versão do 3DMark e agora você é quem tem a oportunidade de ter este aplicativo em seu PC.

Requerimentos

Compatível apenas com placas de vídeo que tenham suporte para o DirectX 11, o 3DMark 11 vai além e só pode ser executado em computadores com Windows 7 ou Vista. Ainda segundo o site do desenvolvedor, o programa só pode ser executado se o DirectX 11 estiver devidamente instalado.

O 3DMark 11 ainda requisita um processador Dual Core de 1,8 GHz (AMD ou Intel), 1 GB de memória RAM e 1,5 GB de espaço livre em disco. Tudo isso é necessário para que o aplicativo funcione, pois as configurações para execução com qualidade aceitável vão além do mínimo. Caso seu PC não seja compatível com o programa, você pode conferir um vídeo de demonstração:

Diversos testes e demonstrações

O novo 3DMark 11 pode ser configurado para executar demonstrações, testes ou ambos. A demonstração exibe gráficos complexos renderizados com a placa gráfica, mas não exibe a quantidade de quadros e outras informações sobre o processo de execução.

Demonstração Deep Sea

Os testes têm um propósito diferente, sendo que os resultados de cada um contam para a pontuação do computador. Cada teste visa analisar uma característica diferente da placa de vídeo ou do processador. Depois da realização dos testes, o aplicativo cria uma pontuação que será enviada para o site da 3DMark, onde é possível efetuar comparações com outros PCs semelhantes.

Testes gráficos de luz e sombra

O primeiro teste do 3DMark 11 serve para averiguar a capacidade da placa de vídeo ao trabalhar com um grande número de luzes e sombras. O aplicativo simula o oceano e com isso a placa de vídeo deve processar rapidamente como a iluminação se espalha pelo volume da água.

Segundo teste do 3DMark 11

Para analisar com mais profundidade a placa de vídeo, o 3DMark 11 realiza um segundo teste que trabalha com luzes e sombra. Neste a placa de vídeo deve trabalhar com algumas fontes de luz e muitas sombras. Novamente o cenário é o mar, mas agora há a presença de alguns objetos que utilizam a configuração de Tesselation.

Testes gráficos de Tesselation

O terceiro teste do 3DMark 11 foca na configuração de Tesselation. O cenário é a selva e a GPU deverá dar conta de processar gráficos que representem fielmente as texturas e volumes das árvores e rochas. Para trabalhar a luminosidade, a selva é invadida pela luz do sol e novamente quem deve dar conta do recado é a placa de vídeo.

Teste com Tesselation

Semelhante ao teste anterior, a quarta análise sobrecarrega a placa de vídeo com objetos que utilizam Tesselation. A diferença neste teste fica por conta das diversas fontes de luz e da enorme quantidade de sombra, que exige muito do motor gráfico de sombreamento.

Análise de Physics

O teste de Physics é um pouco diferente e visa averiguar o desempenho do processador. O 3DMark 11 simula uma enorme quantidade de objetos que devem interagir e alterar o aspecto físico de outros itens (motivo pelo qual é concedido o nome Physics para este teste). Neste teste não são aplicadas as configurações de Tesselation, luminosidade volumétrica e pós-processamento.

Teste Physics

Teste final: combinado!

Para estressar o computador ao máximo, o 3DMark 11 conta com um teste que analisa o desempenho do processador e da placa de vídeo simultaneamente. Enquanto a CPU deve se encarregar de trabalhar com os objetos e a física, a GPU tem a obrigação de processar a luminosidade, a Tesselation, o pós-processamento e até uma simulação de Physics.

Teste final do 3DMark 11

Nossa Opinião sobre o 3DMark11

O 3DMark 11 é um aplicativo robusto e que com certeza tem sua utilidade para os entusiastas e gamers que desejam verificar a qualidade de seus produtos. Apesar de trazer variedade nas análises e demonstrações de alta qualidade, o aplicativo deixa a desejar em diversos aspectos.

Primeiramente é bom lembrar que o 3DMark 11 chegou muito atrasado. Além disso, a demora para liberação do produto parece não ter sido justificada, pois o aplicativo não surpreendeu nossa equipe como aconteceu com o Unigine Heaven Benchmark.

A versão Basic tem diversas limitações, mas apesar disso não há justificativas para a enormidade de falhas que é perceptível durante as demonstrações. Muitas bordas exibem serrilhados, fontes de luz que não dão a devida ilusão de real e objetos com tesselation de qualidade razoável são alguns dos problemas que decepcionam no aplicativo.

Estes pequenos detalhes, aliados à grande exigência de hardware do 3DMark 11, não permitem que o programa se destaque entre os congêneres. Aliás, é decepcionante a pontuação que o programa concede até mesmo para computadores de alto desempenho. Em nossa análise utilizamos um computador com Intel Core i7-920 e AMD Radeon HD5870.

Tivemos algumas decepções com o resultado final, mas acabamos entendendo o porquê quando comparamos nosso resultado com outros computadores. A questão é que os testes do 3DMark 11 são voltados a computadores com configuração SLI (ou CrossFire), o que afetou nossa análise.

De qualquer maneira, o 3DMark 11 decepcionou nossa equipe em mais um quesito: erro no cálculo de FPS. Testamos o aplicativo enquanto o FRAPS estava ligado e aconteceu que o 3DMark 11 mostrou quadros abaixo dos exibidos em um dos testes. No resultado final apareceu a correção, mostrando que o FRAPS não calculou errado a taxa de quadros.

Enfim, apesar de tantos poréns, o 3DMark 11 é uma boa opção.  Alguns problemas apareceram durante o teste, mas o programa não deve ser desmerecido totalmente. De qualquer maneira, nossa equipe indica o Unigine Heaven Benchmark como software ideal para testes com o DirectX 11.

Prós & Contras

Prós

  • Diversidade de testes e demonstrações
  • Ideal para computadores com múltiplas placas de vídeo

Contras

  • Não permite alterar nas configurações
  • Alguns problemas são notáveis
  • Faltam opções para exibir gráficos com linhas de construção

Avaliações sobre o 3DMark11

+6 Avaliações
  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação