Logo Airstory Ícone

Airstory

Versão 1.0 Grátis para testar
Funciona em: Web
Flash
Adicionado em : 21/02/2017 Airstory
Acessar Acesso
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

Já usou? Avalie! +0 Avaliações - Seja o primeiro a avaliar o produto!

Descrição

Leonardo Müller
Produza textos de forma colaborativa e seja mais eficiente na hora de escrever

Airstory é um processador de textos diferente. Ele foi construído para ajudar equipes a trabalharem em conteúdos escritos de forma mais eficiente, reaproveitando segmentos que já foram escritos em novos documentos. 

Dessa forma, os desenvolvedores esperam que o usuário economize pelo menos metade do tempo que gastaria para criar um texto do zero ou mesmo usando Ctrl+C e Ctrl+V. Isso aconteceria porque os segmentos de texto importantes ficam organizados em cartões na lateral direta do editor, e você pode simplesmente arrastá-los para dentro e colocá-los onde melhor se encaixam.

Airstory - Imagem 1 do software

Dá para criar parágrafos inteiros com a descrição de um personagem que já estava pronta ou colar definições científicas que você já tinha separado anteriormente. Eventualmente, o seu banco de cartões vai crescendo, mas você não precisa se preocupar com a bagunça. Há uma ferramenta de busca que encontra termos dentro desses elementos, e você pode também atribuir tags aos mais importantes para facilitar ainda mais a busca.

Há ainda a possibilidade de filtrar os cartões por projeto, mostrando apenas os que foram criados para o seu texto atual ou para todos os que você já escreveu.

Criando cartões

Você pode estar se perguntando: porque diabos eu criaria cartões para, só depois, organizá-los dentro do meu texto quando é possível cortar esse trabalho e ir simplesmente escrevendo ou copiando e colando?

Existe sim a possibilidade de você criar cartões manualmente com botão de "+" que fica no topo direto do editor, mas você também pode simplesmente escrever algo dentro do  Airstory e selecionar um segmento ou parágrafo. Assim que você solta o clique, aparece um balãozinho verde oferecendo duas opções: criar comentário e criar cartão com aquele texto.

Se você clicar na opção do cartão, o texto vai automaticamente para o banco de informações e poderá ser utilizado novamente mais tarde. Você poderá buscá-lo por palavras que estavam no texto ou simplesmente navegar pelo conteúdo da barra lateral.

Airstory - Imagem 2 do software

Há ainda uma extensão para Chrome que transforma segmentos de textos de páginas da web em cartões para o Airstory. Também é possível importar mensagens do Gmail e do Slack para dentro desse editor.

Inserindo no texto

Ao arrastar um cartão para dentro do texto, você precisa escolher uma localização específica, um parágrafo. Assim que você solta, a informação entra no seu texto, mas ainda está em forma de cartão. Clique no visto verde para colocá-la em texto plano e fazer suas edições. Isso é interessante porque, antes de embutir o novo parágrafo na sua escrita corrida, é possível realocar isso da forma que for mais conveniente ou mesmo excluir.

Opções de formatação ficam em exibição no topo da janela. É possível mudar a fonte, o tamanho da leta e o estilo. Diferenciações de negrito, itálico e sublinhado estão ali, bem como botões para inserir links, imagens e cometários. Há ainda várias opções de alinhamento, mas as ferramentas de formatação acabam ali.

Isso quer dizer que o  Airstory, apesar de ser bem interessante de usar, está longe de ser algo tão avançado quanto o Word, da Microsoft, por exemplo, que tem incontáveis atalhos e opções de formatação precisas e específicas.

Airstory - Imagem 3 do software

Dessa maneira, o  Airstory não serve para formatar um trabalho de conclusão de curso, por exemplo, mas certamente serve para a criação de conteúdo geral, montagem de relatórios, comunicados e uma variedade de outros tipos de texto.

Quando você termina de escrever, basta ir à opção "Actions" e escolher a forma de salvar o seu texto. Se você tiver uma assinatura do  Airstory, é interessante manter o texto online. Contudo, existe a possibilidade de baixar um arquivo em DOCX, HTML ou mandar aquilo diretamente para o seu Google Drive via Docs. No mesmo menu, dá também para convidar uma pessoa para criar um texto colaborativo com você.

Nossa Opinião sobre o Airstory

Airstory é uma excelente ferramenta para produção de textos. Ela realmente tem potencial para economizar tempo de pessoas que trabalham na construção de relatórios, petições jurídicas e na criação de textos funcionais, que podem ter segmentos copiados e colados de um lado para o outro.

O sistema de cards com informações organizadas serve muito bem para isso, tornado a criação de textos novos a partir de segmentos já prontos muito mais rápida. Não dá para saber se alguém um dia vai conseguir economizar 90% do tempo de escrita com isso aqui, mas há sim resultados positivos na utilização do  Airstory.

Essa ferramenta é tão legal que tem até um certo potencial para inspirar o escritor a produzir mais e melhor. Contudo, não há correção gramatical avançada, e tudo o que o editor consegue pegar é a entrada de palavras erradas. Vírgulas, concordâncias, termos conflitantes e repetidos, coisas que o Word marca como erradas num piscar de olhos, passam totalmente despercebidas aqui.

Isso acontece porque a correção gramatical do  Airstory é feita pelo próprio navegador. Portanto, se você não confia na correção do Chrome, por exemplo, não pode confiar na correção do  Airstory.

Formatação? Cadê?

 A falta de ferramentas de formatação avançadas também é muito evidente. Por isso, textos acadêmicos ou que precisam seguir determinado padrão simplesmente não podem ser feitos aqui. Você pode até montar o texto no Airstory a fim de usar os cards, mas terá que exportar para o Word e fazer uma conferência completa. Isso é basicamente um retrabalho e pode acabar gerando mais tempo gasto que economizado.

Vale destacar também que, com uma conta gratuita, você só pode usar um projeto que já está pré-pronto. É necessário criar novas guias nele para fazer outros textos. Pagando, você tem a possibilidade de criar uma equipe, compartilhar o banco de cartões entre si e escrever um texto a várias mãos simultaneamente.

Exportação problemática

Fora isso, ao exportar um documento para o formato do Word, o texto passa por uma conversão bem escrota que transforma todas as palavras com acentos em caracteres especiais. Isso praticamente inutiliza tudo o que você escreveu. Por isso, a única saída é copiar o conteúdo diretamente do Airstory para onde você deseja fazer o salvamento.

Analisando todos esses problemas, especialmente a questão da exportação, o  Airstory se torna muito pouco prático, especialmente para quem escreve em português, língua na qual acentos são extremamente comuns. Por isso, pode valer a pena o teste apenas a título de curiosidade, mas não espere substituir seu editor tradicional por essa ferramenta tão cedo.

Prós & Contras

Prós

  • Simples de usar
  • Organiza informações em cartões para facilitar escrita
  • Fácil de criar cartões
  • Colaborativo

Contras

  • Pouquíssimas opções de formatação
  • Correção de texto muito incipiente
  • Exportação para Word inutiliza textos com acentos.

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o Airstory

  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação