Logo Dark Journey Ícone

Dark Journey

Versão 1.0 Grátis
Funciona em: Web
Flash
Adicionado em : 07/08/2014 Sin Games
Acessar Acesso Grátis
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

Já usou? Avalie! +0 Avaliações - Seja o primeiro a avaliar o produto!

Descrição

Paulo Guilherme
Encarne heróis poderosos e ajude a livrar a terra do mal com muitos socos e pontapés

Dark Journey é um jogo que vem para reviver o gênero beat’em up com muito estilo, uma trama densa e gráficos impressionantes.

Ambientado em um mundo com temática budista, o jogador encarna um guerreiro (que pode variar bastante em estilo e jogabilidade, de acordo com o personagem escolhido no início da aventura) determinado a acabar com todos os deuses malignos e demônios do mundo.

Mas é claro que isso não é algo que uma pessoa comum conseguiria sozinha. Felizmente, seu herói terá a ajuda de poderosos seres em Dark Journey, que vão guiá-lo para suas missões e ensiná-lo habilidades para dar cabo mesmo das mais perigosas criaturas.

Dark Journey

A jornada do herói

Como dito anteriormente, estamos falando de um game de beat’em up. Logo, quem já conhece algum título do gênero sabe bem o que fazer por aqui: a cada missão, seu objetivo é simplesmente sair “descendo o braço” em tudo o que se move. Derrotando todos os inimigos da área, é possível avançar para a próxima missão, sendo que, ao fim das sessões, o jogador deve enfrentar um chefe, muito mais poderoso do que os adversários comuns.

Não pense que seu herói estará em desvantagem em Dark Journey, contudo. Isso porque cada personagem tem à sua disposição uma vasta lista de habilidades, que vão de disparos de energia a barreiras elementais e vários outros golpes mirabolantes.

Todas elas podem ser combinadas para criar combos absurdos – que tal, por exemplo, disparar para o meio dos monstros com uma estocada, lançar uma enorme bolha de água que faz os inimigos flutuar e, logo depois, inverter a gravidade para feri-los com um impacto poderoso no chão? As possibilidades são muitas.

Esfera elemental

De herói a deus

É aqui que entra uma diferença que Dark Journey possui em relação a outros títulos beat’em up: o game possui níveis, como em um RPG. Ao se aventurar pelas missões, o jogador ganha dinheiro e experiência; estes, por sua vez, podem ser convertidos em melhores armas e até mesmo upgrades para suas habilidades.

Mas é melhor tomar cuidado antes de sair gastando pontos de maneira descuidada. Não é fácil ganhar os pontos necessários, o que quer dizer que você precisa pensar bem em quais poderes se especializar, por exemplo.

Se não quiser se preocupar muito com as batalhas e focar-se apenas na história, contudo, não se preocupe: basta clicar no “Modo Automático”. Este, como o nome indica, faz com que seu herói lute automaticamente até a vitória – com isso, é só assistir o show de luzes.

Desafio divino

Para quem está em busca de um desafio a mais, não se preocupe – Dark Journey tem o que você procura. Para isso, basta acessar os modos extras disponíveis. Mas já avisamos: é melhor jogar o modo single player primeiro para aprender ao máximo as mecânicas, pois a dificuldade que vem aqui é grande.

Olha só o tamanho da vida desse chefe!

Além das batalhas entre jogadores, Dark Journey possui ainda quatro modos para desafio extremo. São eles:

  • Campanha Elite: feita para ser jogada em equipe, trazendo inimigos muito mais fortes do que na aventura normal;
  • Campanha Rei Demônio: com dois níveis de dificuldade (Normal e Abismo), o modo adiciona minichefes junto dos chefes principais da aventura. Este é o principal método para se conseguir as valiosas Pérolas Sagradas;
  • Torre do Céu: batalhe contra hordas de inimigos a cada andar e sobreviva até onde puder para conseguir artefatos e materiais;
  • Infinito Buda: o bom e velho modo Boss Attack.

Para jogar, você precisa ter uma conta Sin Games. Caso não possua uma, clique aqui para acessar a página da empresa e clique em "Registrar" para fazer o cadastro.

Nossa Opinião sobre o Dark Journey

Para um game com uma proposta tão simples, Dark Journey consegue se sair surpreendentemente bem. E boa parte disso certamente se deve ao seu visual: o trabalho de cenários, personagens, inimigos, poderes... Em resumo, toda a arte 2D é simplesmente belíssima, a ponto de que muitos jogadores vão perder muito tempo apenas observando o quão detalhado é esse game.

Ainda nesse quesito, é preciso admitir que poucos jogos vão fazer você se sentir tão poderoso e estiloso quanto Dark Journey. Como comentamos na descrição, seu personagem tem muitas, mas muitas habilidades mesmo à disposição; visto que todas são bastante espalhafatosas, o que resulta nas batalhas é um show de luzes dos mais incríveis.

Vencer deuses nunca foi tão fácil. Ou quase.

Infelizmente, esse poder exagerado acaba sendo justamente o maior ponto fraco de Dark Journey, ao menos na aventura single player. Basicamente, lutar contra os inimigos, sejam eles chefes ou não, é tão trivial quanto apertar botões distraidamente no teclado, já que praticamente todos eles morrem mesmo com a mais simples sequência de golpes de seu personagem.

E não precisa nem se preocupar em desviar: nos testes, mesmo ser atingido por uma sequência completa de ataques do adversário praticamente não causa dano. O resultado, com isso, é que você realmente não precisa se preocupar com nada além de pressionar o botão de ataque principal até que tudo tenha sumido da tela.

Se você duvida quanto à dificuldade do game, basta lembrar-se do fato de que Dark Journey possui um modo que faz com que seu personagem lute (e vença) automaticamente, sem qualquer penalidade. Quer mais facilidade do que isso? Então que tal se seu personagem falar com todos os NPCs necessários também automaticamente e ganhar vários níveis em instantes, com esse processo?

As pedras no caminho até a verdadeira diversão

Tudo isso, por um lado, é um ponto complicado a ser levado em consideração. Mas quem passar por esse modo acaba sendo recompensado com um desafio absurdo, devido aos diversos modos como as campanhas Elite e Rei Demônio. E aqui a situação é justamente a contrária: se você for do tipo que desiste fácil ou não tem muita habilidade com sequências de golpes, Dark Journey vai fazê-lo fugir a toda a velocidade - e se tornar o jogo dos sonhos para os fãs de dificuldades extremas.

É claro que isso, por um lado, acaba sendo uma faca de dois gumes, já que fãs de um jogo simples vão desistir ao alcançarem os modos mais desafiadores e os fãs de desafio podem não se sentir animados de seguir até o fim apenas para enfrentar as opções mais difíceis. Mas isso, apesar de tudo, não quer dizer que Dark Journey é ruim. De fato, ele consegue ser muito divertido, se você estiver disposto a dar uma chance - basta se focar no tipo de experiência que for mais de seu agrado.

Prós & Contras

Prós

  • Ótimos gráficos
  • Jogabilidade simples
  • Vários modos de jogo disponíveis

Contras

  • Modo single player fácil demais

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o Dark Journey

  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação