Logo picmeleo Ícone

picmeleo

Grátis
Funciona em: Web
Adicionado em : 01/03/2010 picmeleo Team
Acessar Acesso Grátis
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

Já usou? Avalie! +0 Avaliações - Seja o primeiro a avaliar o produto!

Descrição

Luísa Barwinski
Adicione um editor de imagens online ao seu site, blog ou aplicativo online sem precisar saber programar

Editar imagens não é uma tarefa exatamente fácil. Tudo depende do seu objetivo com essas fotos e em qual editor elas foram modificadas. Ao pensar nisso, surgiu a onda dos editores de imagem online. Um exemplo fortíssimo disso é o Photoshop.com, que oferece o profissionalismo dos softwares da família Adobe com a praticidade de um editor online.

Seguindo essa linha, vem o picmeleo. Mas não se trata de apenas um editor online – ele vai um pouco além disso. Se você é dono de um site, blog ou então um serviço online que precisa lidar com imagens e não sabe fazer programações complexas para gerar um editor prático e simples, comece a relaxar a partir de agora.

Instale o picmeleo no seu site!

O picmeleo é a ferramenta da qual você precisa. Até agora, ele é o primeiro editor de imagens que é exclusivamente desenvolvido para ser incorporado ao seu código fonte (HTML ou PHP). Então, se você procura uma ferramenta assim, é bom fazer o seu registro no site do picmeleo e ficar de olho na sua Caixa de Entrada do seu serviço de email.

Use as abas para escolher suas ferramentas!

Logo que o link de verificação chegar, clique sobre ele para copiar e colar o código de incorporação do picmeleo. Lembre-se de que este email de confirmação pode levar algumas horas para chegar. Portanto, tenha um pouco de paciência.

Gire suas imagens!

Assim que o link estiver disponível, você já pode fazer uso do seu código como bem entender. Mas algumas regras devem ser seguidas. Como se trata da incorporação de um objeto externo à sua página de internet, este código deve ser inserido entre as tags “<body>” e “</body>” do seu código fonte.

Se você trabalhar com blocos, as tão famosas “<div>”, lembre-se de que este é um elemento qualquer – como um vídeo do YouTube, por exemplo – e que pode ser colocado em qualquer lugar do seu código fonte, desde que este lugar esteja dentro de “<body>” e “</body>”.

Copie o código!

Contudo, algumas informações importantes devem ser inseridas. Já que estamos lidando com um editor de imagens online, elas precisam ser salvas em algum lugar. Cabe a você determinar este local. Insira uma URL válida para armazenamento no campo “receiver:”, logo abaixo de “key”.

Caso você esteja trabalhando com um sistema de links, ou seja, o editor não vai ser a primeira coisa que o usuário vai ver, utilize este comando para que o picmeleo abra em separado:

<a href="javascript:picmeleoApi.open()" >Abrir o picmeleo</a>

Use os controles para editar a 
imagem!

Depois de inserido, o picmeleo vai se mostrar bastante simples e bem organizado. Toda a interface deste editor é dividida em abas bem limpas e cheias de recursos para você utilizar. Ao todo, são quatro abas “Basic” (Básico), “Rotate” (Girar), “Colors” (Cores) e “Filters” (Filtros).

Na primeira aba, você pode alterar valores de escala da imagem, cortar com a opção “Crop” onde for necessário, usar os padrões de regulagem de “Autofix” e ainda remover olhos vermelhos com o botão “Remove red eyes”.

A segunda aba é dedicada às operações de giro. Com as ferramentas disponibilizadas ali você pode girar sua foto para direita, esquerda e invertê-la vertical ou horizontalmente. E, se caso você não tenha gostado do resultado, use o botão “Undo” (Desfazer) para retornar ao estado anterior.

Em “Colors” você possui dois botões para alterar as opções de cor da sua imagem. O primeiro deles controla o brilho e o contraste (“Brightness & Contrast”), o segundo (“Color Balance”) é o responsável pela distribuição de cores na sua foto. Portanto, saiba dosar bem a quantidade de vermelho, verde e azul (RGB).

A última aba, “Filters” (Filtros), permite transformar a sua imagem. O primeiro botão vai remover toda a cor da sua foto e deixá-la em escala de cinza. Já o segundo, “Sepia”, vai dar aquele aspecto de foto antiga, com tons de marrom. Por último, “Sharpen” confere mais visibilidade às bordas dos elementos da imagem, pixelizando-os um pouco.

Use filtros nas suas fotos!

Quando terminar de editar, basta clicar em “Save” e pronto! Sua imagem está pronta para ser copiada para o seu computador! Mas, se por acaso algum erro acontecer, verifique o campo “receiver” no seu código. Corrija o endereço de destino, caso algo esteja fora de ordem.

Nossa Opinião sobre o picmeleo

O picmeleo é uma ferramenta muito útil para qualquer pessoa interessada em editar imagens online sem depender de softwares instalados e que podem ser pesados, na maioria das vezes. O Photoshop é exemplo de um tipo de software que pode fazer seu computador funcionar com menos velocidade do que ele costumava ter. Contudo, editores online conseguem reduzir muito o consumo de memória.

Além disso, o picmeleo é uma excelente ferramenta para desenvolvedores e usuários interessados em adicionar este recurso ao site podem fazê-lo sem risco algum. Com um editor de imagens desse calibre no seu site, as coisas vão ser bem diferentes! Portanto, mãos à obra!

Prós & Contras

Prós

  • Editor fácil de instalar
  • Bons filtros

Contras

  • Não há versão em português

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o picmeleo

  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação