Logo The Rise of Magus Ícone

The Rise of Magus

Versão 1.5 Grátis
18.07 MB
Funciona em: Windows
XP/Vista/7/8/8.1
Adicionado em : 09/03/2015 Silent Ellipsis
Baixar Grátis Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

+0 Avaliações - Seja o primeiro a avaliar o produto!

Descrição

Douglas Vieira
Descubra um pouco mais sobre o passado deste icônico personagem de Chrono Trigger

Quem jogou Chrono Trigger certamente deve se lembrar de Magus, personagem que dá as caras algumas vezes antes da metade do jogo tocando o terror e causando vários problemas para Crono e sua turma. E, como um bom teste de memória, vamos colocar algumas questões aqui: você lembra da infância dele? Da adolescência e do momento em que ascende ao poder? Dos motivos que o levaram a estar trancado em um castelo quando foi confrontado pelos heróis?

Caso tenha respondido não apenas à segunda pergunta, parabéns. O primeiro e o terceiro tópicos são explorados em Chrono Trigger, mas o segundo deixa uma lacuna aqui e outra ali. E certamente foi após analisar este ponto que um fã conhecido como Silent Ellipsis decidiu trabalhar em The Rise of Magus.

Imagem do jogo

Chegando ao poder 

Como o próprio nome sugere, aqui o jogador vai acompanhar a trajetória de Magus até o momento em que ele conquista a fama que possui no jogo de RPG lançado em 1995 para Super Nintendo. Tudo começa quando ele ainda é um subordinado de Ozzie, e não faz a menor ideia de quem sejam Slash e Flea, ou mesmo Crono, Marle e Lucca. 

Com o passar do tempo, ele vai se mostrando um personagem perigosos para aqueles que se colocam em seu caminho. Slash é o primeiro a sentir um pouco de seu poder, que vai crescendo gradativamente conforme você avança pela história e vai descobrindo um detalhe e outro sobre o mago.

Imagem do jogo

Aliás, já que mencionamos “avanço pela história”, é importante ressaltar que não estamos diante de um game que explora as mesmas mecânicas vistas em Chrono Trigger. Na verdade, há um outro estilo de jogo por aqui, que mistura elementos de RPG e plataforma e dá uma dinâmica totalmente diferente da vista na aventura original. 

Caso esteja curioso para saber como essa mistura acontece, dos RPGs encontramos a possibilidade de subir de nível, além de compra e melhoria das habilidades carregadas pelo personagem. Já do gênero plataforma é emprestada toda a ação e progressão lateral, além da ideia de que explorar todos os cantos em busca de itens e novas habilidades é algo extremamente importante.

Imagem do jogo

Legal! E o que mais eu encontro por aqui? 

Somado ao que já foi mencionado, The Rise of Magus também conta com a aparição de alguns personagens que foram vistos em Chrono Trigger, como Queen Leene, Gleen e até mesmo Toma, o explorador que fornece algumas dicas importantes em momentos variados do game original. 

Caso seja fã de Chrono Trigger, eis a sua chance de conferir, ainda que seja pela visão de fãs, um pouco do que aconteceu com Magus do momento em que ele era conhecido como Janus até espalhar seu nome pelo mundo como um mago realmente poderoso. Basta clicar no botão de download para ter uma ideia melhor de tudo isso.

Imagem do jogo

Comandos

  • Setas para a esquerda e para a direita: movimentam o personagem;
  • Seta para cima: pula;
  • Tecla Shift esquerda: segure para avançar mais rápido enquanto se move;
  • Tecla A: ataque básico;
  • Tecla Z: atira uma bola de fogo;
  • Tecla Esc: pausa o jogo;
  • Barra de espaço: avança os diálogos;
  • Tecla Enter: confirma seleção/pula história.

Nossa Opinião sobre o The Rise of Magus

Se ao bater o olho nas imagens do jogo você achou que estava vendo algo feito de qualquer jeito, é melhor não pensar assim: o conteúdo presente em The Rise of Magus certamente vai chamar a sua atenção e mantê-lo na frente da tela do computador até concluir a aventura (que não é tão longa assim). 

O primeiro detalhe que vale ser notado é que a história apresentada aqui, ainda que não seja algo oficialmente planejado pela Square Enix (à época do lançamento de Chrono Trigger, a produtora era conhecida como Squaresoft), faz uma ponte muita boa com os eventos que aconteceram no RPG para Super Nintendo. Dos ambientes pelos quais Magus passa ao jeito como o enredo se desenrola, tudo faz parte de um pacote que foi bem planejado. 

Os cenários são reaproveitados daquilo que foi visto em Chrono Trigger para dar uma identidade maior da origem daquilo que é visto por aqui, e o mesmo pode ser dito da trilha sonora. Tudo foi trazido diretamente do game original, o que ajuda a criar a atmosfera perfeita uma vez que as canções do RPG eram muito boas e certamente ecoaram nas cabeças de muitos jogadores por bastante tempo. 

Pulando aqui e ali 

Um detalhe que vale ser notado em The Rise of Magus é que o personagem não vai participar de confrontos por turnos ou algo do gênero, mas explorar cada ambiente saltando, usando sua foice e as magias que aprende pelo caminho. Movimentos clássicos como Ice, Lightning, Dark Bomb e outros marcam presença aqui, mas você só vai poder usá-los após encontrar as esferas que liberam o acesso a ele. E, para isso, terá que andar muito e explorar cada canto dos cenários. 

E é exatamente essa exploração dos ambientes que acaba conferindo um tempo extra de jogo, uma vez que determinados itens estão em lugares que não são nada fáceis de se alcançar. Muitos deles vão exigir que você estude bem o ambiente para traçar melhor quais movimentos deve usar para obtê-los, enquanto outros vão brotar diante de seus olhos, especialmente ao achar que fez algo errado (como cair em um buraco). 

Sendo assim, fãs de Chrono Trigger não devem pensar duas vezes em se aventurar por aqui. A única ressalva negativa sobre o game é uma incongruência percebida ainda no capítulo 2: a versão de Gleen que aparece por lá (e no restante do game) não é a mesma que muitos se acostumaram a ver na aventura original, o que pode fazer alguns torcerem o nariz. Caso não se importe muito com isso, tenha a certeza de que a sua diversão estará garantida após concluir o download de The Rise of Magus.

Prós & Contras

Prós

  • Trilha sonora vinda diretamente do game original
  • Os eventos apresentados aqui fazem uma boa ponte com Chrono Trigger
  • Mecânicas de plataforma casaram bem com a proposta do game

Contras

  • A versão de Gleen apresentada aqui pode fazer alguns torcerem o nariz

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o The Rise of Magus

  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação