Logo Pinguy OS Ícone

Pinguy OS

Versão 11.04.1 Grátis
1.29 GB
Funciona em: Linux
X11/KDE/Gnome/Console
Atualizado em : 26/12/2011 Pinguy OS Team

O que estão falando…

Já usou? Avalie!
+1 Avaliação
  • Foto de Luiz
    Luiz 12 de maio de 2011 - 09:54
    8
    Nota Ótimo!
    Que seja uma cópia do Ubuntu como está escrito, mas uma cópia cheia de recursos, além de um belo visual, tem codecs e vários aplicativos funcionando. Acho que a própria Canonical deveria ter feito no Ubuntu 11.04. Estou usando as variações do Ubuntu considerando que foram customizados e isso é o lado bom do Ubuntu, alías, do próprio linux. O saudoso Ubuntu 10.10 serve de base ao Zorin OS-4 (esse que uso atualmente); o Pinguy (agora com o Gnome 3) e tantos outros usam o Ubuntu como base. Eles apenas o transforma em algo fácil, prático e eficiente. Eu, por exemplo, estou usando o Zorin, mas tenho as ISO do Pinguy, Linux Mint (Gnome e KDE), Mandriva Free 2010.2, e vou experimentar o Fedora 15 (Gnome 3). Honestamente, eu não preciso do Windows para nada mesmo.

Descrição

Douglas Ciriaco
Uma distribuição baseada no Ubuntu que pretende ser realmente acessível para qualquer usuário final

Quem achava que Linux era um bicho de sete cabeças começa a mudar a opinião ao começar a usar o Ubuntu. Se você ainda acha que o Ubuntu, a distribuição de Linux mais popular do mundo, ainda é complicado, precisa conhecer o Pinguy OS. Os desenvolvedores dessa distro afirmam que ela é indicada para pessoas que nunca usaram o sistema anteriormente, mas quere algo livre e prático.

Assumidamente, o Pinguy OS é uma “cópia” do Ubuntu, algo bastante comum no mundo dos softwares livres. Programas e sistemas se inspiram mutuamente, muitas vezes copiando funções de modo a aperfeiçoar não somente os sistemas, mas também a ideologia que está por trás desse tipo de aplicação.

Pinguy OS

O Ubuntu ainda mais simples

O ponto de partida do Pinguy OS é a simplificação. Sendo assim, os desenvolvedores pesquisaram e encontraram os aplicativos mais simples de serem usados para constarem como padrão do sistema, ou seja, aqueles que já vêm instalados. São opções práticas para realizar tarefas diárias para todos os usuários.

Assim, ferramentas como o Shotwell para extrair imagens da câmera e enviá-las para o PC ou para o Facebook, bem como o gtkpod, um substituto para o iTunes para você carregar seu iPod de músicas, são presenças de destaque na distro. O gravador de discos Brasero, outra solução simples para Linux, também está presente no Pinguy OS.

Sem deixar o visual de lado

Nativamente, o Ubuntu não traz muitas soluções para aprimoramento visual e essa ausência é preenchida no Pinguy OS.  Aplicativos como CoverGloobus, Gloobus Preview, GNOME Do e Docky são alguns dos que dão as caras nesta distribuição, conferindo a ela funções bastante aprimoradas para navegação e modificações visuais.

Funcional e bonito

O tema padrão é o Elementary, um dos mais belos e clássicos do Ubuntu. O Nautilus, gerenciador de arquivos do sistema, foi substituído pelo Elementary-Nautilus, que além de bonito, está equipado com uma série de plugins para que você encontre música e arte diretamente da web.

100% pronto para uso

O Pinguy OS já vem pronto para uso, com uma série de pacotes extras já instalados para que você instale o sistema e já saia usando. Arquivos extras para a execução de áudio e vídeo, acesso à conteúdo em Java e Flash na web, além de ferramentas aprimoradas para conexões sem fio e visualização de vídeos em flash no modo tela cheia também figuram como destaques dessa distro.

Prós & Contras

Prós

  • Não encontramos pontos positivos.

Contras

  • Não encontramos pontos negativos.

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o Pinguy OS

+1 Avaliação
  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação