Logo iRunTrains Ícone

iRunTrains

Versão 0.7 Grátis
10.35 MB
Funciona em: Mac
OS X
Atualizado em : 25/02/2013 Code-Puppy Software
Baixar Grátis Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

Já usou? Avalie! +0 Avaliações - Seja o primeiro a avaliar o produto!

Descrição

Felipe Arruda
Saudades do Ferrorama? Controle até três comboios neste simulador de trens para Mac

O iRunTrains é um simulador de trens para Mac. Quem gostava de passar horas a fio brincando com o Ferrorama, vai se amarrar nesta versão 3D da brincadeira, que permite controlar a velocidade e a direção dos trens em tempo real.

A instalação do pacote é bastante simples e consiste apenas na cópia dos arquivos para a pasta “Aplicativos”. Depois disso, basta executar a aplicação para ver até três comboios se movimentando pelo modelo virtual de uma ferrovia.

A operação dos trens já é um pouco mais complexa, mas os usuários podem usar como guia o texto de ajuda que aparece na parte de cima da tela. Caso o texto não esteja visível, você pode pressionar a tecla “H” para habilitá-lo.

Antes de começar, note que cada trem possui um número acima dele. Esse é o número que você precisa digitar para selecionar um trem, ou seja, passar a controlá-lo. Quando selecionado, o número do comboio fica vermelho.

A tecla “P” pausa o simulador. Útil para quando você precisar interromper a brincadeira para escrever um email ou tomar um café. Além disso, por padrão o iRunTrains é executado em tela cheia, ocultando o Dock e toda a área de trabalho. Caso você prefira tê-lo dentro de uma janela, pressione a tecla “G” para alternar entre os dois modos.

Controle dos trens

iRunTrains

Depois de selecionar o comboio desejado, pressionando a tecla correspondente ao seu respectivo número, o usuário poderá aumentar ou diminuir a velocidade do trem com as teclas “[“ e “]”. Note que, ao pressioná-las, é possível visualizar uma demonstração gráfica da velocidade no canto inferior esquerdo da tela.

As teclas Delete ou Backspace funcionam como atalhos, reduzindo a velocidade do trem gradativamente, até chegar a zero, fazendo com que o comboio pare. Além disso, se você mantiver a tecla Shift pressionada enquanto usa os comandos “[“ e “]”, o simulador mudará a velocidade a um quarto da mudança normal. Particularmente útil quando o usuário precisa de um controle mais preciso do trem.

Quando um comboio está parado, o simulador exibe uma seta vermelha sobre ele, que indica a direção para a qual ele está se movendo. Se desejar alterar o sentido de locomoção, pressione a tecla “\”. Note, porém, que o sentido só pode ser alterado com o trem parado.

Desvios

Desvios são sinalizados como T1, T2 etc

Alguns trechos da ferrovia são compostos por desvios, destacados na tela com a cor verde e um identificar que começa com a letra T. Para acionar esses mecanismos, basta digitar o rótulo do desvio: “T1”, “T2” etc. Perceba que você não deve pressionar as duas teclas (T e 2) ao mesmo tempo. O comando correto é executado ao pressionar uma após a outra, como se estive mesmo digitando.

Quando um desvio é acionado, a cor muda para amarela. Evite executar este comando enquanto um trem estiver passando por cima do mecanismo, pois isso pode fazer com que o trem saia dos trilhos.

Visualização da ferrovia

Diferentes modos de câmera

Para ter uma melhor visão da ferrovia e dos comboios, você pode usar o mouse. Mantenha o botão esquerdo pressionado e arraste o mouse para “arrastar o cenário” e deixá-lo no melhor ângulo de observação para você. Caso prefira controlar pelo teclado, as teclas equivalentes a esses movimentos são “E”, “S”, “D” e “F”.

Para aproximar ou distanciar a visão (zoom), mantenha a tecla Option pressionada enquanto arrasta o cenário com o mouse para cima ou para baixo. No teclado, esses comandos podem ser executados com as teclas “+” e “-”.

Além disso, é possível selecionar cinco modos diferentes de câmera. Para isso, pressione a barra de espaço seguida do número equivalente a uma das opções exibidas na parte de cima da tela:

  1. “Manual Table View” — visão controlada pelo usuário;
  2. “Helicopter Chase View” — câmera acompanha a direção do trem selecionado, como se um helicóptero estivesse voando logo atrás dele;
  3. “Motion Match View” — parecida com a câmera do helicóptero, mas com a diferença de que o usuário pode controlar o ângulo de visão;
  4. “Rail Fan View” — observe os trens de cima, com uma visão melhor da ferrovia;
  5. “Engine Rider View” — a câmera acompanha a locomotiva; e
  6. “Caboose Rider View” — a câmera acompanha os vagões.

Opções extras

É possível configurar a paisagem da ferrovia

Ao clicar com o botão direito do mouse sobre a tela ou janela do simulador, o usuário tem acesso a um menu de opções com seis ferrovias diferentes (“Open Layout”). Basta selecionar uma delas para que o cenário seja atualizado e você passe a comandar os trens novamente.

Já a opção “Preferences” permite, entre outras personalizações, que você altere o tipo de paisagem pela qual os comboios estão passando: grama (“Green Grass”), areia (“Orange Sand”), poeira (“Brown Dirt”), neve (“White Snow”) ou cascalhos (“Gray Silt”). Também é possível alterar a cor dos textos exibidos pelo simulador e configurar elementos do cenário.

Nossa Opinião sobre o iRunTrains

iRunTrains é um bom simulador, mas que possui algumas limitações um tanto frustrantes, como a impossibilidade de editar ou criar uma ferrovia do zero. De acordo com os desenvolvedores, essa é uma função prevista para a versão 1.0, que será comercial e integrada com um editor de pistas.

Os gráficos também deixam um pouco a desejar, já que carecem de texturas mais reais ou pelo menos melhor acabadas. Em contrapartida, a programação permite que o simulador seja executado com perfeição até nos modelos mais antigos dos computadores da Apple, como o Mac Mini 2,1 (placa de vídeo Intel GMA 950).

O software está disponível apenas em inglês e ainda está em desenvolvimento. Durante nossos testes notamos a presença de um problema com o vídeo: uma faixa oscilante percorre a tela toda. Porém, não conseguimos reproduzi-la com perfeição, para tentar identificar a causa do bug. Percebemos também que, ao mudar do modo de tela cheia para janela, esse bug desaparece.

Prós & Contras

Prós

  • Funciona bem em modelos mais antigos de Mac
  • Seis ferrovias disponíveis
  • Diferentes tipos de paisagem

Contras

  • Poucos recursos
  • Não é possível criar sua própria ferrovia
  • Gráficos e texturas pobres
  • Bug de vídeo

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o iRunTrains

+1 Avaliação
  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação