Logo Passage Ícone

Passage

Versão 3 Grátis
486 KB
Funciona em: Mac
OS X
Adicionado em : 07/10/2010 Jason Rohrer
Baixar Grátis Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

Já usou? Avalie! +0 Avaliações - Seja o primeiro a avaliar o produto!

Descrição

Felipe Demartini
Case-se, procure tesouros e acumule pontos em um game que simula o curso de uma vida

Ainda hoje, video games convivem com o estigma de serem considerados diversão de criança. Aos poucos, com o avanço de gráficos e tramas mais elaboradas, os jogos eletrônicos estão se livrando disso. Na direção contrária, Passage vem para provar que jogos simples também podem ser profundos.

Criado pelo desenvolvedor independente Jason Rohrer, Passage aposta em gráficos como os do antigo Atari para conquistar os jogadores. O jogo dura apenas cinco minutos e, durante esse tempo, se propõe a simular toda a trajetória de uma vida, passando pela juventude até o envelhecimento , incluindo casamento e morte de entes queridos.

Siga sozinho ou acompanhado

Para comandar o personagem, basta utilizar as setas direcionais do teclado. Não há nenhum controle além destes, apenas a tecla F é usada para colocar o game em tela cheia. Para sair do game, pressione Esc.

JOGO DA VIDA

Cada rodada de Passage dura cinco minutos, e o objetivo é chegar ao final com o maior número de pontos. Eles são obtidos à medida que o jogador avança pelos labirintos, seguindo para a direita, ou quando encontra baús de tesouro. Como na vida real, nada é o que parece, e algumas caixas podem estar vazias, enganando o jogador.

Logo no início, o jogador se vê frente a frente com uma moça, que pode se tornar a futura esposa do personagem. Caso decida se casar, basta andar até ela. Se quiser seguir sozinho, é só desviar dela. Como na vida real, as duas decisões tem seus pontos positivos e negativos.

O personagem pode se casar

Seguindo sozinho, o jogador ganha menos pontos por passo para a direita, mas consegue entrar com facilidade nos labirintos mais apertados, onde está a maioria dos baús de tesouro. Acompanhado da esposa, porém, a pontuação é concedida em dobro, mas o jogador terá mais dificuldade ao se embrenhar pelas passagens.

A baixa resolução do game é um ponto que merece destaque. O efeito pode causar estranheza para a maioria dos jogadores. Segundo o desenvolvedor, no mundo real você nunca sabe o que está à sua volta, e a tela pequena é uma tentativa de reproduzir estas incertezas da vida.

A passagem do tempo causa efeitos diretos aos personagens, que se locomovem cada vez mais devagar. As roupas também ficam diferentes, e o cabelo vai ficando branco e começa a cair. À medida em que vai envelhecendo, o personagem se aproxima cada vez mais do canto direito da tela, diminuindo o campo de visão. Isso tenta reproduzir a dificuldade que os idosos têm ao enxergar.

A passagem do tempo influencia a aparência

A morte é inevitável e, em determinado momento, o personagem ou sua parceira irão morrer. No segundo caso, uma lápide é deixada para trás, e o jogador ainda pode andar por algum tempo antes de falecer também. Após isso, o jogo chega ao fim e retorna à tela inicial.

DESTAQUE INDIE

Passage é um dos exemplares mais famosos da leva dos “jogos indie”, desenvolvidos de forma totalmente independente, fora das grandes empresas do ramo. O game foi um dos principais destaques do Kokoromi Gamma 256, um evento focado em design de games realizado em novembro de 2009.

Com visual e trilha sonora retrô, Passage obteve relativo sucesso, sendo baixado mais de 38 mil vezes apenas nos primeiros dois meses após o lançamento. Para aproveitar isso, o desenvolvedor investiu também em versões para Mac, Linux e iPhone, a única não gratuita.

Nossa Opinião sobre o Passage

Passage é, sem dúvida, um game fora do convencional. O jogador é fisgado com os comandos simples e o visual retrô, que lembra muito os games clássicos do antigo Atari. Isso, porém, tem seu lado negativo, e o jogo não funciona bem em modo tela cheia.

A baixa resolução do jogo também é um ponto a ser observado. O campo de visão é muito pequeno, o que deve causar estranheza nos jogadores acostumados a vastos cenários e belos gráficos.

Ainda assim, por fugir do clichê e apresentar novidades em um formato tão simples, Passage merece ser jogado, mesmo que apenas uma única vez.

Prós & Contras

Prós

  • Jogabilidade simples e rápida
  • Diversas possibilidades de jogo
  • Visual e trilha sonora que lembram clássicos do Atari
  • Não requer instalação

Contras

  • A baixa resolução pode causar estranheza em alguns jogadores

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o Passage

  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação