Adobe InDesign CC 2014 10.0

Adobe InDesign

CC 2014 10.0 Em Português

O elogiado diagramador de documentos da Adobe ganhou recursos para fontes e interface de cor diferente


OBSERVAÇÕES
  • 30 dias de uso
REQUERIMENTOS
  • Processador de 1
  • 5 GHz
  • 512 MB de memória RAM
  • 1
  • 8 GB de espaço livre em disco.

Adobe InDesign CC é a nova versão do aplicativo mais conceituado do mundo quando o assunto é diagramação (ou seja, a disposição gráfica de todos os elementos de um documento) de jornais, revistas, cartazes, banners ou documentos para web. Agora, ele faz parte da Creative Cloud, a rede de aplicativos da Adobe integrados pela nuvem – o que significa que ele ganhou algumas novidades modernas e pontuais em sua atualização mais recente.

Com o visual adaptado ao de todo o pacote criativo CC, que inclui também o Photoshop, o InDesign não sofreu modificações radicais. O programa recebeu certas adições na escolha de fontes, na interface e na visualização dos documentos criados, tudo para que você economize segundos preciosos e deixe o trabalho mais dinâmico.

De roupa nova

Fãs de longa data do InDesign notam logo de cara qual a grande diferença da versão CC para a CS5 ou CS6: a interface ganhou cores sombrias, tons de preto que não existiam nas atualizações anteriores e foram adicionados como parte da uniformização dos aplicativos da Adobe.

A interface sombria cansa menos a vista.

Se você não gostar do novo visual, não se preocupe: é só alterar o brilho desses menus e devolver ao programa o aspecto original.

Fontes favoritas

Quem lida bastante com diferentes fontes na composição dos documentos criados ganhou alguns presentes específicos. A partir de agora, há um mecanismo de busca e filtro para que você encontre seus estilos favoritos de letras e números – e é só digitar um pedaço do nome para que o resultado apareça.

No mesmo menu, logo abaixo da busca, há outra novidade. É a seção de fontes favoritas, na qual os estilos mais utilizados por você podem ser acessados mais rapidamente.

As fontes receberam várias melhorias.

A terceira e última novidade na área é uma prévia automática e instantânea. Uma vez que você selecione um trecho do texto e deixe o mouse sobre determinada fonte, as palavras passam para o novo estilo, dando a você uma ideia de como ela fica com a cara nova, sem que você precise repetir o mesmo processo até escolher a correta.

QR Code e EPUB

Ele não é tão usado, mas ainda não morreu: o QR Code está presente na nova versão do diagramador. É possível criar códigos do zero, redimensioná-los sem comprometer a qualidade e ainda editá-los a qualquer momento pelo próprio InDesign.

Quem cria páginas no formato EPUB, para livros digitais, também não foi esquecido: várias correções foram realizadas, fontes foram definitivamente embutidas e ficou mais fácil e melhor trabalhar com códigos CSS e HTML dentro desses documentos.

Visualização de documentos

Você pode criar a página do jeito que quiser.

O InDesign CC foi otimizado para quem utiliza um aparelho com Retina Display, como os novos MacBook Pro. O programa tem também suporte a HiDPI, o que significa que a visualização de documentos oferece maior detalhamento em elementos como cores, brilhos e outros detalhes.
Você ainda pode salvar as predefinições de documentos, aqueles detalhes na hora de criar um novo arquivo no programa, como bordas, tamanho e formato de página.

Primeiros passos

Ao abrir o programa você tem a opção de iniciar um novo documento normal ou um livro. O programa tem predefinições para impressão ou material de divulgação via web. Você pode escolher o número de páginas, largura, altura, colunas, margens e espaçadores.

O uso é realmente muito simples: no meio da tela você visualiza a montagem do documento. Você pode inserir imagens e até itens interativos (no caso de um PDF) na página. No lado esquerdo da tela você encontra as ferramentas do programa, como texto, linha, caneta ("pen tool"), lápis, e formas geométricas.

É possível modificar a forma de qualquer elemento adicionado na tela com o uso da ferramenta "Transformação Livre". O preenchimento pode ser configurado no topo da tela, por uma caixa de cor. Entretanto, se você deseja adicionar efeitos diferentes no preenchimento, use a ferramenta "Amostra de Gradiente", no menu.

Você pode fazer várias alterações nos textos.

Em relação à edição e formatação de textos, não há segredo algum. Se você já utilizou qualquer software de processamento de textos, vai conseguir utilizar com facilidade o InDesign. Primeiro, você pode adicionar uma forma geométrica na tela. Depois, basta usar a ferramenta "Tipo" e colar ou escrever o conteúdo. A formatação se faz automática, mas você pode definir outras configurações no topo da tela.

Exportação e compatibilidade

Você tem duas opções no menu "Arquivo" para concluir seu trabalho: "Exportar", que permite salvar em PDF de impressão ou interativo, EPS, Flash, IDML (InDesign Markup), JPEG e XML; a outra opção é "Exportar Para", com Buzzword, Dreamweaver (HTML) e EPUB — eBooks com  compatibilidade para o Apple iPad, Sony Reader, Barnes & Noble Nook e outros dispositivos.

Imagens do Adobe InDesign

Você pode criar a página do jeito que quiser. A interface sombria cansa menos a vista. As fontes receberam várias melhorias. A interface sombria cansa menos a vista. Você pode fazer várias alterações nos textos. Adobe InDesign Adobe InDesign
Prós
  • Em português
  • Muitas opções de criação de conteúdo
  • Ferramentas especiais para criação de conteúdo para tablets
Contras
  • Pode ser difícil para usuários iniciantes

Nossa opinião sobre o Adobe InDesign:

O Adobe InDesign com certeza continua entre os programas mais famosos para os designers que trabalham diariamente com diagramações, produção de revistas, capas para CD e muitos outros materiais diferentes.

Nota-se claramente que os esforços da Adobe para melhorar o software são cada vez mais significativos para profissionais – e a integração entre aplicativos proposta pela Creative Cloud tem um futuro bastante promissor. Além disso, fica cada vez mais prática a criação e edição de documentos para os profissionais que utilizam o InDesign como ferramenta de trabalho diariamente.

Os requisitos para utilizar o novo InDesign aumentaram, pois os recursos do programa estão mais pesados. Entretanto, também produzem resultados mais bonitos em muito menos tempo. Um ponto muito positivo para os usuários do Brasil é relativo aos idiomas disponíveis, pois agora o português está presente também.

Quem já é familiarizado com programas da Adobe (principalmente Photoshop e Illustrator) não tem problema algum ao utilizar o InDesign, já que funciona de maneira muito semelhante. As mudanças na interface são meramente visuais e as adições são pontuais e bem feitas, como nas fontes. Quem é novato na área pode ter alguma dificuldade no começo, especialmente pela quantidade de ferramentas disponíveis, mas nada que um pouco de prática não resolva.

Se você procura uma alternativa de qualidade e gratuita, pode tentar utilizar o Scribus.


SHOPPING BAIXAKI

Comentários (0)

  • Herman Schmitz Herman Schmitz   em 10/11/2013 - versão: CC 9.0

    Publicações pequenas de até 32 pag., digamos, pode se fazer tanto no InDesign, quanto no Corel, e já ví fazerem até no Word. Agora quero ver editar um livro de 1.000 pág. com diversos tipos de índices (remissivo, glossário), etc, com tabelas, quadros, gráficos, legendas... Aí não tem outro, é o InDesign mesmo.

  • Felipe Felipe   em 24/8/2013 - versão: CC 9.0

    O programa é excelente, o melhor que já usei. e para quem é iniciante e gostaria de ter umas aulas, no site do adobe oferece. pode ver pelo link: http://tv.adobe.com/watch/learn-indesign-cs4/getting-started-01-starting-a-new-document/ há 23 aulas lá, apesar de serem todas em inglês. recomendo.

  • Iago Sartini Iago Sartini   em 17/12/2012 - versão: CS6

    Acredito que quem não gosta do Corel é porque não aprendeu e virou um fera como eu.

  • André André   em 29/11/2011 - versão: CS5.5 7.5.2

    Não acho necessario fazer um comentário adicional para qualquer produto da familia da adobe, excelentes softwares. Estou comentando para tirar uma duvida, as recomendações estão erradas ? requerimentos Processador de 1 5 GHz Talvez faltou uma virgula, não sei. Um abraço

  • Fernando Fávero Fernando Fávero   em 31/10/2011 - versão: CS5.5 7.5.2

    A polícia deveria prender quem usa corel draw.

  • matheus victor matheus victor   em 1/8/2011 - versão: CS5.5 7.5.1

    glr.numda pra compar com o corel pow..sao programas de diferente finalidade e ferramentas claro. um programa para se comparar copm o corel eh o illustrator .q eh do mesmo genero(vetorizaçao)..mas o indesign naum..

  • cjk cjk   em 31/3/2011 - versão: CS5 7.0.3

    exelente programa uso ele no meu curso recomendo

  • William William   em 26/1/2011 - versão: CS5 7.0.3

    Realmente, não se pode comparar o Indesign com o Corel pois são ferramentas distintas. Algo que mais se aproxima dele seria o Quarkxpress que dominou o mercado editorial profissional por muitos anos porem foi perdendo para o Indesign gradualmente. A ferramenta "Datamerge" do Indesign é fantástica para se automatizar processos de produção com dados variáveis.

  • jamil francisco da rosa jamil francisco da rosa   em 22/1/2011 - versão: CS5 7.0.3

    Mais ainda prefiro o corel é muito mais gostoso de mexer dou nota 100 para este programa mas dou 1000 para o corel

  • barbara barbara   em 15/5/2009 - versão: CS4 6.0.1

    Bem, o programa é muito fácil de usar, com mais opções que o Page Maker, porém, por ser uma versão nova, você acaba ficando preso, pois não consegue abrir o arquivo numa versão mais antiga, por exemplo no Adobe indesign CS3.

Ver todos os comentários »