Browser da Raposa traz novidades cada vez mais rápidas e briga pela liderança do segmento

Por Fernando Daquino

O Firefox é um dos navegadores mais populares da web e o principal produto da Fundação Mozilla, a sua mantenedora. Além de figurar como um dos mais importantes browsers do mundo, o aplicativo é costumeiramente apontado como o mais bem-sucedido projeto de software livre do planeta.

Em um mercado cada vez mais acirrado, a desenvolvedora do browser da Raposa adotou um planejamento de atualizações em curtos ciclos de desenvolvimento com a intenção de implementar novos recursos, corrigir problemas com maior agilidade e, consequentemente, aprimorar a experiência de navegação dos seus adeptos.

Briga de gente grande

Surgido de um projeto criado por Dave Hyatt e Blake Ross em 2002, somente dois anos depois a plataforma de navegação pela internet se desmembrou de outras ferramentas e se tornou um browser independente. No começo, o Firefox se popularizou apenas entre o nicho de adeptos do “software livre”, e mesmo assim já alcançou dezenas de milhões de downloads.

Não demorou muito para que o navegador começasse a receber melhorias relevantes e o seu potencial fosse observado por outros perfis de internautas. E foi basicamente assim que o produto da Fundação Mozilla ganhou seu espaço e quase desbancou a hegemonia do Internet Explorer.

A briga por esse mercado ficou ainda mais acirrada com a chegada do Google Chrome, fazendo com que o browser da Raposa perdesse espaço. Contudo, isso não significa que ele piorou ou fez com que desmerecesse a sua história. Muito pelo contrário: não há dúvidas de que o Firefox é um excelente browser e é capaz de dar conta do recado durante a sua rotina de navegação — oferecendo ainda milhares de plugins para se adaptar e personalizar a sua experiência.

Novidades na versão 28

Aqui, você encontra uma relação com as novidades implementadas na mais recente atualização do Mozilla Firefox.

  • Disponível uma pré-visualização da versão do Firefox destinada para a nova interface do Windows 8;
  • API Gamepad (permite o uso de joypads para jogos online) finalizada e habilitada;
  • Implementado controle de volume em conteúdos audiovisuais em HTML5;
  • Adoção da decodificação de vídeo VP9;
  • Suporte para o protocolo de áudio Opus dentro do formato WebM;
  • Mac OS X: o Centro de Notificações passa a suportar avisos diretamente encaminhados por serviços da web;
  • Removido o suporte para o protocolo SPDY/2;
  • Adicionado o suporte para atributos variantes do MathML 2.0;
  • String de adição de paleta de cores implementada e habilitada por padrão;
  • Suporte para múltiplas linhas flexbox no layout do browser.

Importante

Antes de instalar o " Mozilla Firefox " você pode criar um ponto de restauração do Windows, assim, se não gostar do programa ou se ele não funcionar corretamente, você pode simplesmente restaurar o sistema para um ponto anterior à instalação do programa.Clique aqui e aprenda a criar um ponto de restauração.


Para garantir a qualidade do seu download, nossa equipe baixou e testou este arquivo com os antivírus Kaspersky e Avast!. Por causa disso, seu download será feito com um gerenciador de downloads exclusivo do Baixaki, diretamente dos nossos servidores, para garantir maior segurança e velocidade.


Durante a instalação, pode ser que seja oferecido algum software adicional. A instalação desse software adicional é totalmente opcional e você pode escolher não instalar nada além do programa que você está baixando. Para mais informações, clique aqui.

Nossa Opinião

Nossa Opinião Acima você conferiu uma descrição completa sobre o Mozilla Firefox e suas funcionalidades, saiba agora o que achamos dele

A Mozilla tem seguido a mesma política da Google de lançar “versões fechadas” em um curto espaço de tempo — mais com o intuito de demarcar território e chamar a atenção dos adeptos (e de possíveis novos usuários) do que para divulgar algo realmente cheio de novidades significativas.

Essas atualizações constantes do Firefox têm gerado uma série de controvérsias: alguns reclamam dizendo que são mudanças excessivas, enquanto outros dizem que o navegador inova pouco.

Independente de em qual lado você se encontra (ou se você não se enquadra em nenhum desses “perfis”), saiba que, a cada lançamento, fica claro que a Mozilla tem levado suas atualizações mais a sério do que nunca.

Bonito e funcional

A interface do browser da Raposa adotou há algum tempo o padrão minimalista seguido pela maioria dos softwares dessa categoria. Com menus bem organizados, ícones intuitivos e suporte completo para o português, a sua interação com o navegador deve acontecer de maneira descomplicada e bastante agradável — mesmo que você nunca tenha mexido nele antes.

Não podemos reclamar do desempenho apresentado pelo Mozilla Firefox. Ele dá conta do recado, e com folga, para atuar como veículo de navegação na internet para internautas com qualquer tipo de rotina, desde os novatos até aqueles que possuem uma demanda mais exigente do aplicativo.

Até mesmo o elevado consumo de memória, um dos problemas tão mencionados em edições mais antigas dele, já foi superado. Com isso, mesmo que testes específicos de institutos renomados mostrem o Firefox atrás de outros browsers, a diferença de milissegundos existente não afeta a sua experiência de navegação.

De olho no futuro

Outro ponto positivo do navegador da Raposa é a sua preocupação com o crescimento de uso do HTML5 e a sua integração cada vez maior com serviços online e redes sociais — o que, em teoria, permite que seus adeptos se comuniquem e compartilhem conteúdos com maior facilidade.

De qualquer forma, as mudanças no ciclo de lançamentos da Mozilla, já divulgadas no Tecmundo, começam a surtir efeito. O novo Firefox está mais rápido que seus antecessores e atinge o objetivo principal da Mozilla: reduzir o consumo de memória.

ImportantePrós
  • Interface minimalista e organizada
  • Redução no uso de memória
  • Ótimo desempenho de navegação
  • Suporte aperfeiçoado para HTML5 e integração com redes sociais

Comentários (0)

Ver todos os comentários »
  • Technoart Technoart
    em 14/4/2014 às 14:13h
    versão: 28.0 1

    Sempre tive simpatia pelo Firefox, que na minha opinião é o mais seguro, mas, atualmente, o Firefox está travando muito no windows 8.1 update 1. Devido a isso sou obrigado a usar o Chrome que não apresenta tal problema. Esperamos que o pessoal da Mozilla conserte rapidamente, caso contrário não dá para navegar com um navegador que vive travando. Imagine se você estiver baixando um arquivo importante.

  • jonas jonas
    em 13/4/2014 às 19:58h
    versão: 28.0 5

    tenho problemas com videos, no mais ta tranquilo.

  • Matheus Matheus
    em 5/4/2014 às 21:44h
    versão: 28.0 4

    Só tem umas travadinhas quando carrega a pagina, tirando isso fica perfeito...

  • Marcelox Marcelox
    em 3/4/2014 às 19:55h
    versão: 28.0 4

    Não sou fanboy de absolutamente nada e ninguém; penso no que é melhor para mim, sempre. Há anos que deixei de usar o FF devido sua crescente decadência, mas testava novas versões esperando que este superasse os problemas e atraso. O conheço desde as versão 1.0.2 ao contrário da maioria dos entusiastas e fanboys que o elogiam sempre, independente da versão estar ruim. Desinstalei o Chrome e voltei. Esta excelente. Deram fim aos diversos bugs, travamentos, lentidão e problemas com certificados de segurança. Recomendo. Espero que a Mozilla não faça besteira novamente. Por via das dúvidas eu desabilitei a atualização automática.

  • Vitorino Vitorino
    em 3/4/2014 às 11:28h
    versão: 28.0 5

    Realmente, o firefox é sem dúvida o melhor navegador. O Chrome sempre dá problema com os pluggins da caixa econômica federal e do banco do brasil. Trava muito. Já o firefox, esse se ajusta muito bem aos pluggins.

  • Márcio Arcanjo Márcio Arcanjo
    em 2/4/2014 às 19:11h
    versão: 28.0 1

    Trava direto no windows 8.

  • Geovane Geovane
    em 1/4/2014 às 14:46h
    versão: 28.0 5

    Na minha opinião, Excelente!

  • Marcos Rebelo Marcos Rebelo
    em 1/4/2014 às 10:52h
    versão: 28.0 4

    Realmente essa versão está muito boa, os travamentos pararam e está mais rápido. Mas uma coisa que o FF tem melhorar é em relação aos vídeos, muitos deles ocorrem umas leves e chatas travadas durante a reprodução, principalmente em HD e já no Chrome isso não ocorre, o vídeos rodam mais liso. Isso já ocorre desde versão bem mais antigas do FF e até agora não foi arrumada. Mas isso não tira o crédito desse navegador que esta muito bom mesmo, uso diariamente e recomendo.

  • Max_Downloader Max_Downloader
    em 30/3/2014 às 12:33h
    versão: 28.0 4

    Firefox pode consumir muita memória e travar ? Sim. Mas não liguem para os comentários ruins de pessoas que só sabem reclamar e não buscam resolver/contornar esses problemas. É só instalar a extensão memory fox, configurar "wait 3 minutes" nas 2 primeiras opções e "Wait 10 minutes" na terceira e ativar. Pronto, sem excessos de memória e sem travamentos por conta disso. A nova interface vem aí e é boa e personalizável. O bom do FF é ser realmente livre e personalizável......

  • Fábio Fábio
    em 27/3/2014 às 00:44h
    versão: 28.0 1

    Essa aparência do Firefox já era! Cansou de vez...mas ser praticamente igual a do Google também não rola...cade a inovação Mozillao

Ver todos os comentários »

Requerimentos

  • Processador Pentium 4 ou mais recente que suporte SSE2
  • 512 MB de memória RAM
  • 200 MB de espaço livre no disco de armazenamento

Shopping Baixaki





(0.328 segundos)