Mozilla Firefox 31.0

Mozilla Firefox

31.0 Em Português

Browser da Raposa traz novidades cada vez mais rápidas e briga pela liderança do segmento


REQUERIMENTOS
  • Processador Pentium 4 ou mais recente que suporte SSE2
  • 512 MB de memória RAM
  • 200 MB de espaço livre no disco de armazenamento

O Firefox é um dos navegadores mais populares da web e o principal produto da Fundação Mozilla, a sua mantenedora. Além de figurar como um dos mais importantes browsers do mundo, o aplicativo é costumeiramente apontado como o mais bem-sucedido projeto de software livre do planeta.

Em um mercado cada vez mais acirrado, a desenvolvedora do browser da Raposa adotou um planejamento de atualizações em curtos ciclos de desenvolvimento com a intenção de implementar novos recursos, corrigir problemas com maior agilidade e, consequentemente, aprimorar a experiência de navegação dos seus adeptos.

Briga de gente grande

Surgido de um projeto criado por Dave Hyatt e Blake Ross em 2002, somente dois anos depois a plataforma de navegação pela internet se desmembrou de outras ferramentas e se tornou um browser independente. No começo, o Firefox se popularizou apenas entre o nicho de adeptos do “software livre”, e mesmo assim já alcançou dezenas de milhões de downloads.

Não demorou muito para que o navegador começasse a receber melhorias relevantes e o seu potencial fosse observado por outros perfis de internautas. E foi basicamente assim que o produto da Fundação Mozilla ganhou seu espaço e quase desbancou a hegemonia do Internet Explorer.

A briga por esse mercado ficou ainda mais acirrada com a chegada do Google Chrome, fazendo com que o browser da Raposa perdesse espaço. Contudo, isso não significa que ele piorou ou fez com que desmerecesse a sua história. Muito pelo contrário: não há dúvidas de que o Firefox é um excelente browser e é capaz de dar conta do recado durante a sua rotina de navegação — oferecendo ainda milhares de plugins para se adaptar e personalizar a sua experiência.

Novidades na versão 31

Abaixo, você confere uma lista com as principais novidades trazidas pela mais recente atualização do Mozilla Firefox.

  • Adicionado um campo de pesquisa na página “Nova aba”;
  • Adotado um verificador padrão de certificados digitais, o mozilla::pkix;
  • O browser passa a suportar a reprodução de arquivos audiovisuais no formato OGG e de documentos PDF;
  • OdinMonkey passa a usar um mecanismo de alocação de recursos e rastreamento em segundo plano;
  • API WebVTT implementado e habilitado por padrão;
  • Diversas variáveis de CSS3 implementadas;
  • Adicionadas uma série de ferramentas de desenvolvimento relacionadas a depurações, incorporação de objetos, editores de código e mais.

Imagens do Mozilla Firefox

Prós
  • Interface minimalista e organizada
  • Redução no uso de memória
  • Ótimo desempenho de navegação
  • Suporte aperfeiçoado para HTML5 e integração com redes sociais

Nossa opinião sobre o Mozilla Firefox:

A Mozilla tem seguido a mesma política da Google de lançar “versões fechadas” em um curto espaço de tempo — mais com o intuito de demarcar território e chamar a atenção dos adeptos (e de possíveis novos usuários) do que para divulgar algo realmente cheio de novidades significativas.

Essas atualizações constantes do Firefox têm gerado uma série de controvérsias: alguns reclamam dizendo que são mudanças excessivas, enquanto outros dizem que o navegador inova pouco. Independente de em qual lado você se encontra (ou se você não se enquadra em nenhum desses “perfis”), saiba que, a cada lançamento, fica claro que a Mozilla tem levado suas atualizações mais a sério do que nunca.

Bonito e funcional

A interface do browser da Raposa adotou há algum tempo o padrão minimalista seguido pela maioria dos softwares dessa categoria. Com menus bem organizados, ícones intuitivos e suporte completo para o português, a sua interação com o navegador deve acontecer de maneira descomplicada e bastante agradável — mesmo que você nunca tenha mexido nele antes.

Além disso, ela está ainda mais bem organizada, centralizando todos os recursos oferecidos em um único menu que abusa de ícones grandes e intuitivos para facilitar ainda mais a sua interação. Mesmo quem nunca usou o browser da Raposa não deve encontrar dificuldades para utilizá-lo.

É verdade que a estrutura antiga do navegador da Mozilla não era ruim e já possuía um visual bem limpo, mas as mudanças vieram para agregar características ainda melhores. A crítica nesse sentido fica com o fato de o seu design ser muito — muito mesmo — parecido com o do produto da Gigante das Buscas e seu maior concorrente, passando a sensação de uma “cópia”.

Ainda mais veloz

Não podemos reclamar do desempenho apresentado pelo Mozilla Firefox. Ele dá conta do recado, e com folga, para atuar como veículo de navegação na internet para internautas com qualquer tipo de rotina, desde os novatos até aqueles que possuem uma demanda mais exigente do aplicativo.

Até mesmo o elevado consumo de memória, um dos problemas tão mencionados em edições mais antigas dele, já foi superado. Com isso, mesmo que testes específicos de institutos renomados mostrem o Firefox atrás de outros browsers, a diferença de milissegundos existente não afeta a sua experiência de navegação.

De olho no futuro

Outro ponto positivo do navegador da Raposa é a sua preocupação com o crescimento de uso do HTML5 e a sua integração cada vez maior com serviços online e redes sociais — o que, em teoria, permite que seus adeptos se comuniquem e compartilhem conteúdos com maior facilidade.

De qualquer forma, as mudanças no ciclo de lançamentos da Mozilla, já divulgadas no Tecmundo, começam a surtir efeito. O novo Firefox está mais rápido que seus antecessores e atinge o objetivo principal da Mozilla: reduzir o consumo de memória.


SHOPPING BAIXAKI

Comentários (0)

  • charles charles   em 24/8/2014 - versão: 31.0

    Eu tava usando esse firefox num atlhon x2 e travava direto, ele só é bom em processadores mais atuais, comprei um fx6300 e o firefox ta voando, muito bom.

  • Wendel Ferreira Wendel Ferreira   em 15/8/2014 - versão: 31.0

    Eu até usava o Firefox, mais eu não sei o q está acontecendo q ele está desligando o computador sozinho. Tbm tinha instalado um outro navegador concorrente e está a mesma coisa, tbm desliga sozinho qdo eu entro no Google Maps. Depois de alguns minutos. Acontece a mesma coisa qdo eu abro um álbum de fotos do Facebook. Já formatei o computador e continua a mesma coisa. Instalei o navegador Maxthon e o problema nunca mais aconteceu de o computador desligar sozinho!

  • ana p a lima ana p a lima   em 14/8/2014 - versão: 31.0

    Baixei e fiquei 1 mês com ele. Não aguentei e acabei por desinstalar. Consumia uma memória gigantesca, travava o tempo todo com flash e demorava para abrir as páginas. Uma pena! Espero que volte a ser tão bom quanto a irretocável versão 3.6.

  • Alessandro Alessandro   em 14/8/2014 - versão: 31.0

    a versão 29 do firefox funcionava que era uma beleza, aceitava todos os plugin´s....mas depois veio o 30 horrivel não aceitava a metade dos plugin´s que eu tinha no pc....mas para piorar veio a 31. não está aceitando nem o plugin da eagle get, ou seja não faz download com o gerenciador, até o carregamento de imagens pelo facebook ta ruim fazer pelo mozilla.....tem outras coisas que se eu for ficar escrevendo aqui vai dar um livro....versões 30 e 31, um lixo.... e a 32 o que será ?

  • Julimar J Pereira Julimar J Pereira   em 13/8/2014 - versão: 31.0

    Para mim o Firefox é o melhor navegador que há no mercado. Sua forma de sincronia de dados é boa, interface limpa, rápido, organizado, etc...Mas tem um contra que esta sendo decisivo: esta travando muito com sites que utilizam flash player. Tenho um Core I7, windows 8, 8GB de ram, HD SSD e não é suficiente...Espero que nas próximas versões resolvam isso.

  • werip werip   em 3/8/2014 - versão: 31.0

    eu estava saindo e tava na metade do download,como eu imaginei q seria parecido com o chrome,achei que ia cancelar o meu download de 500 mb,mas como o mozila firefox foi legal n cancelo meu download!!!:)

  • Marcelox Marcelox   em 3/8/2014 - versão: 31.0

    O tenho instalado em meu note (4GB Ram, 500 GB HD, 5i, Windows Professional 8.1 64bits e ESET Smart Securtity) e em um desktop de 7 anos de idade (1GB Ram, 250 GB HD, Windows Vista Ultimate 32bits e Avira free). NÃO TRAVA e NUNCA TRAVOU em nenhum dos dois, desde a versão 28, quando então voltei a utilizá-lo após ficar anos sem fazê-lo em função da má fase e versões; o conheço desde a versão 1.02. Meu note fica ligado 24 hs por dia e com pelo menos 4 abas abertas sempre; fecho o navegador 1 ou 2 vezes por dia. Seu consumo de memória é menor do que o do Chrome que MAQUIA o seu consumo dividindo o mesmo em diversas instâncias abertas quando você abre o Task Manager (Gerenciador de Tarefas); vejam e comprovem. Uso o navegador para TUDO na Web, desde bancos a redes sociais e sites de vídeo. Sou sortudo? Não! Apenas possuo máquinas limpas, sem inutilidades e bem configuradas.

  • NILSON SANTIAGO MIRANDA NILSON SANTIAGO MIRANDA   em 1/8/2014 - versão: 31.0

    A "RAPOSA DE FOGO" ainda reinará por muitos anos, porque é um excelente navegador e atende muito bem as minhas expectativas.

  • adaucil adaucil   em 1/8/2014 - versão: 31.0

    Tá como sempre, excelente e etc, mas esse botão de pesquisa me incomoda muito, sério... pra que aquilo? Se pelo menos desse pra remove-lo...

  • Irio Medeiros Irio Medeiros   em 31/7/2014 - versão: 31.0

    O firefox sempre foi nota 10, nos tempos atuais é nota 1000.

Ver todos os comentários »