Logo Call of Duty 4: Modern Warfare Ícone

Call of Duty 4: Modern Warfare

Grátis para testar
1.31 GB
Funciona em: Windows
XP/Vista/7/8
Atualizado em : 14/09/2018 Infinity Wardt

O que estão falando…

Já usou? Avalie!
+359 Avaliações
  • Foto de RoolThisShit
    RoolThisShit 10 de dezembro de 2013 - 14:39
    10
    Nota Excelente!
    O jogo é legal, têm gráficos bons, jogabilidade boa, e NÃO é pesado, eu tenho o jogo completo, e eu comprei-o em 2009, e olhem só ainda continuo a jogar MUITO mesmo. Por isso recomendo que baixem esse jogo aí, porque é muito legal
  • Foto de Raphael
    Raphael 4 de janeiro de 2010 - 09:04
    2
    Nota Ruim!
    tem que ter placa de video 3d e outros muitos componentes. Precisa de uma pc turbinado para baixar com segurança sem ter absolutamente nenhum problema e ocupar parcialmente nada de espaço livre em disco. Esses jogos são de ultima geração então mais ou menos 70% dos pcs não tem change de ter jogos como esses.

Descrição

Gustavo Bonato Abrão
Uma das séries de FPS mais reconhecidas abandona a temática da Segunda Guerra e dá lugar ao combate moderno

Call of Duty 4: Modern Warfare é o quarto título de uma série reconhecida pelo apelo cinematográfico de uma das guerras mais sangrentas que o mundo já viu: a Segunda Guerra Mundial.

Desta vez, contudo, as trincheiras e as tropas aliadas deram espaço ao combate tático dos exércitos modernos e à luta contra o terrorismo.

Algumas características marcantes da série estão presentes, como o apelo tático e dramático dos combates — marcados por efeitos que fazem o jogador se sentir no meio do conflito. Outras, como o som dos terríveis bombardeiros JU-87 Stuka despejando morte do céu, dão lugar a mesquitas e homens-bomba em meio aos exércitos ocidentais tentando levar a liberdade e a democracia para uma nação de fanáticos religiosos.

Nada de atirar sem pensar primeiro

Antes de mais nada, Call of Duty é um jogo que requer raciocínio, então era de se esperar que a ação tática estivesse onipresente. Com a jogabilidade renovada, o jogador poderá frequentar diversas zonas de combate. Por exemplo, é possível participar de missões de resgate, ser um franco-atirador, invadir locais em guerra com um helicóptero Blackhawk e reter ataques terroristas.

As diferenças, em relação aos jogos anteriores, não são puramente cronológicas, já que a própria jogabilidade está alterada, priorizando o trabalho em equipe e o pensamento estratégico e tático do jogador em vez do combate desenfreado e do espírito "exército de um homem só".

Guerra declarada

Mesclando estratégia com ação explosiva, o jogo conquista não só os fanáticos por guerra mas também os fissurados por jogos de tiro. Além do mais, a produção é louvável, visto que o game possui física estável, gráficos de primeira qualidade, efeitos de sombra e luminosidade apurados e, por último, uma trilha sonora consagrada e indispensável para o conjunto da obra.

Prepare-se para uma batalha sangrenta

O demo traz a fase The Bog, na qual se assume o controle do Sgt. Paul Jackson, da Force Recon, em um cenário caótico na Rússia. O objetivo principal é proteger o tanque M1-Abrams, mas, para isso, é preciso entrar em um dos prédios próximos ao veículo, utilizando os óculos de visão noturna.

Depois de eliminar todos os inimigos no prédio e nos arredores, é hora de pegar os mísseis guiados Javelin FGM-148 (os mesmos usados na Guerra do Iraque em 2003) e detonar alguns tanques inimigos que se encontram um pouco mais afastados, em uma ponte.

Mais adiante, é preciso manter os russos longe do M1-Abrams, caso contrário, eles o explodem. E aqui aparece o momento de maior ação do demo, com dezenas de inimigos aparecendo por todos os lados, em um cenário que oferece diversos locais para proteção, embora algumas barreiras mais frágeis não ofereçam a cobertura necessária. Novamente, depois de eliminar os inimigos e explodir um imenso armamento russo, é hora de chamar o reforço aéreo e aguardar por novas ordens.

A versão demonstrativa focaliza nos aspectos mais ansiados pelos fãs da franquia: armas e equipamentos modernos, como submetralhadoras, rifles, o poderoso Javelin e os óculos de visão noturna. Os gráficos realistas, com efeitos deslumbrantes de iluminação, quando ocorrem explosões — e ocorrem explosões a todo o momento — e os sons ensurdecedores vindos de todos os lados fazem desta versão demonstrativa, por si só, imperdível.

A beleza do campo de batalha

Call of Duty 4 tem uma engine que traz configurações avançadas, como iluminação dinâmica, efeitos de sombra e profundidade de campo. Há um sistema que calcula a penetração das balas e a diminuição de sua velocidade nos elementos do cenário, levando em conta sua textura e grossura — o que faz com que o jogador pense duas vezes antes de se proteger atrás de uma parede fina, cercas de madeira ou mesmo em um carro, que pode explodir a qualquer momento enquanto está pegando fogo.

A qualidade gráfica se sobressai nos efeitos de luz, principalmente quando ocorrem explosões em grande escala, iluminando todo o cenário. Além disso, o game conta com um ambiente bastante detalhado e realista, com texturas bem diferenciadas. Os personagens também são retratados com detalhismo em suas roupas e expressões faciais, movimentando-se com naturalidade ao correr e pular, por exemplo.

Mas o grande destaque fica para a qualidade sonora, que, nesta demo, está simplesmente deslumbrante, o que gera expectativas bastante altas para a versão final do jogo. Todo o barulho simultâneo das vozes dos companheiros, do rádio, dos inimigos, dos helicópteros voando e caindo e, claro, dos tiros e explosões em grande escala, fazem o jogador se sentir em pleno campo de batalha.

O jogo se utiliza inclusive de recursos recentes em jogos de tiro, como o de produzir um som agudo, como se tivesse estourado os tímpanos, quando ocorre uma explosão muito próxima do personagem — o que confere um alto grau de realismo à experiência.

Nossa Opinião sobre o Call of Duty 4: Modern Warfare

Apesar de ter um tamanho considerável, esta versão demonstrativa é altamente recomendada para os fãs da franquia e até para os iniciantes no gênero de tiro em primeira pessoa, visto que há quatro níveis de desafio, que se ajustam a todos os tipos de jogadores.

A mudança do tema da Segunda Guerra para a luta contra o terrorismo parece ser uma ótima sacada dos desenvolvedores depois de colocar um Javelin no ombro e explodir quatro tanques à longa distância — o que só é possível em um jogo que retrata os tempos modernos.

A jogabilidade mais realista, com armas e equipamentos modernos, o detalhismo dos gráficos e os sons cinematográficos, que colocam o jogador em pleno campo de batalha, fazem desta versão demonstrativa um aperitivo saboroso e imperdível de um dos maiores shooters do ano.

Por fim, Call of Duty 4: Modern Warfare é um ótimo retorno para o PC, a plataforma que abrigou a origem da série e deu o impulso inicial para um dos maiores jogos sobre a guerra, conquistando milhares de fãs no mundo inteiro.

Veja imagens, vídeos, análises e tudo sobre este jogo no Baixaki Jogos: clique aqui.

Prós & Contras

Prós

  • Não encontramos pontos positivos.

Contras

  • Não encontramos pontos negativos.

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o Call of Duty 4: Modern Warfare

+359 Avaliações
  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação