Logo Final Fantasy XIV: A Realm Reborn Ícone

Final Fantasy XIV: A Realm Reborn

Grátis para testar
104.49 MB
Funciona em: Windows
Vista/7/8/8.1
Adicionado em : 01/08/2014 Square Enix
Baixar Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

+0 Avaliações - Seja o primeiro a avaliar o produto!

Descrição

Ramon de Souza
Jogue gratuitamente por 14 dias um dos mais respeitados MMOs da história dos video games

Lançado pela primeira vez em setembro de 2010, o décimo quarto capítulo da respeita franquia Final Fantasy foi originalmente alvo de duras críticas por parte dos jogadores e da mídia especializada.

Adotando um sistema de MMORPG (ou seja, um multiplayer online massivo), a obra foi rapidamente retirada do ar e teve sua equipe de produção completamente remodelada. Sob direção de Naoki Yoshida, o jogo reviveu no final de 2013 com o subtítulo A Realm Reborn (Um Reino Renasce, em uma tradução livre para o português).

Tendo se consagrado como um sucesso absoluto nas plataformas PS3 e PS4, o novo game acaba de receber uma novidade interessantíssima para os jogadores de PC: a edição do título para Windows agora pode ser usufruída gratuitamente por 14 dias, sendo necessário arcar com uma assinatura mensal após o término desse período. Dessa forma, quem estiver curioso para desbravar o reino de Eorza agora pode fazê-lo durante alguns dias sem ter que colocar as mãos no bolso para isso – basta baixar o instalador no botão acima e se divertir à vontade por metade de um mês.

As origens de uma aventura épica

Final Fantasy XIV: A Realm Reborn coloca o jogador em um belíssimo planeta conhecido como Hydaelyn. Tendo nascido no reino de Eorzea, uma terra abenaçoada pelos deuses e construídas por heróis, sua missão é se partir em uma desafiadora aventura com o intuito de acabar com as forças malignas que ameaçam a paz dos três continentes que constituem este planeta maravilhoso.

Assim como todo MMO que se preze, sua jornada em FF XIV começa com a criação de seu personagem. É possível personalizar diversos aspectos do seu guerreiro, incluindo diversas características visuais. Há cinco raças disponíveis para você moldar o seu guerreiro, cada uma com suas próprias vantagens e desvantagens em campo.

Os Hyur possuem um estilo bastante “comum” e se assemelham a humanos convencionais – como eu, você e seus amigos. Por outro lado, os Miqo’te se destacam por ter traços felinos, apresentando orelhas pontudas e longas caudas coloridas. Os Elezen lembram os tradicionais elfos que conhecemos em outros RPGs online, enquanto os Lalafell se apresentam como simpáticos anões e os Roegadyn são os “gigantes” da história.

Criando seu personagem

Seguindo suas aptidões

Outro ponto importante que o jogador deve definir enquanto joga Final Fantasy XIV: A Realm Reborn é a classe do seu personagem. Existem dezenas de profissões distintas no game, e todas estão organizadas em quatro grupos diferentes:

  • Discípulos da Guerra: nesta categoria encontram-se as classes cujas habilidades são voltadas para o combate corpo-a-corpo e/ou de curta distância (gladiadores, pugilistas, lanceiros etc.). São guerreiros especializados em causar danos usando armas brancas, como lanças, espadas, sabres e flechas;
  • Discípulos da Magia: como o nome sugere, os lutadores deste segmento utilizam artes mágicas para eliminar os seus oponentes. São mais frágeis e lentos do que outros personagens, mas podem devastar campos inteiros com seus feitiços e invocações;
  • Discípulos da Mão: sim, da mão. Esta divisão engloba classes como ferreiro, carpinteiro, armeiro, ourives e até mesmo cozinheiro. Em outras palavras, profissões que exigem grandes habilidades manuais e que podem ser muito úteis para a fabricação de itens diversos;
  • Discípulos da Terra: por fim, esta seção reúne os mineradores, os botânicos e os pescadores – profissionais especializados em lidar com forças e belezas da natureza de Eorzea.

Obviamente, de início, o número de classes disponíveis para você escolher é bastante limitada – conforme você for avançando no jogo, contudo, mais opções vão sendo liberadas.

Diversas quests lhe aguardam

Hora do combate!

A mecânica de FF XIV segue o mesmo estilo de outros jogos do gênero: você aceita missões variadas, navega por diversos cenários temáticos, enfrenta monstros variados e conclui tarefas sozinho ou em uma guilda. O sistema de combate é idêntico ao de outros MMOs disponíveis no mercado: você seleciona o inimigo que deseja atacar e utilizar teclas de atalho (botões numerais) para desferir golpes e habilidades variadas. Os controles básicos são os seguintes:

  • Teclas WASD: movem o personagem;
  • Barra de espaço: pula;
  • Teclas direcionais: movem a câmera
  • Mouse: seleciona opções em menus (botão esquerdo) ou interage com o cenário, itens e NPCs (botão direito).

É essencial prestar atenção no pequeno mapa localizado no canto superior direito da tela – é nele que aparecem indicações sobre onde você precisa ir para prosseguir com alguma missão ou sidequest.

Combates frenéticos e divertidos

Um vasto reino renascido

Outra característica bem interessante de FF XIV: A Realm Reborn é seu divertido sistema de companhias. A partir de determinado momento do game, você tem a opção de capturar e domesticar um chocobo – famosíssimas criaturas que apareceram em quase todos os títulos da série Final Fantasy –, fazendo com que ele te acompanhe como montaria ou como aliado nas batalhas que enfrentar.

Em combate, um chocobo bem treinado pode assumir três posturas distintas: a defensiva (na qual ele se mantém focado em chamar a atenção do inimigo, distraindo-o), a ofensiva (na qual o animal ataca o oponente com todas as suas forças) e de suporte (que força a criatura a ficar longe da confusão curando seu personagem quando for necessário). Além dos chocobos, também existem outras mascotes que podem ser levados junto com você em suas missões e podem ser úteis em alguns eventos pontuais.

Por fim, um Final Fantasy que se preze não pode deixar de lado os clássicos summons – seres mitológicos bestiais que podem ser invocados pelos personagens para desferir golpes devastadores e dar uma ajudinha extra nos momentos de maior necessidade. Ifrit, Bahamut e outros nomes já famosos em ter os fãs da franquia marcam presença em A Realm Reborn.

Nossa Opinião sobre o Final Fantasy XIV: A Realm Reborn

Final Fantasy XIV: A Realm Reborn é um jogo excelente, mas está longe de ser o MMO de seus sonhos. Ele acerta em alguns pontos críticos para um bom game do gênero – como gráficos sensacionais de cair o queixo –, mas falha ao tentar conservar algumas características próprias da franquia que não caem muito bem em um título multiplayer. CGs infinitas (e desnecessárias), diálogos tediosos e mapas exageradamente grandes acabam irritando logo nos primeiros minutos de jogatina. Suas primeiras missões se resumem a vaguear por uma cidade que, de tão extensa, até parece um reino inteiro.

Por outro lado, os cenários são bem detalhados. Os vilarejos contam com detalhes impressionantes como NPCs agindo naturalmente, animais correndo por aí e comerciantes vendendo itens de maneira agitada. É interessante perceber que cada região de FF XIV parece ser realmente “viva”, tendo sua própria cultura, arquitetura e características próprias. Podemos dizer que A Realm Reborn, neste ponto, é uma obra um tanto imersiva.

O sistema de combate não é nada demais, chamando a atenção somente pelo fato de apelar mais para a ação (em relação a outros MMOs já consolidados na web). A parte sonora impressiona: muitas CGs são dubladas, as músicas de fundo são de alta qualidade e os efeitos de som também ajudam o jogador a se sentir “dentro” do jogo. Por sinal, é possível inclusive escolher a voz do seu personagem – a customização dos lutadores também está aprovada.

Vale a pena baixar Final Fantasy XIV se você é um fã da franquia e procura um MMO bastante complexo para se divertir. Tenha em mente que se trata de um game bem vasto e que exige bastante dedicação, e é bem provável que você fique com vontade de comprar uma assinatura depois do período de testes gratuitos. Não deixe de conferir!

Prós & Contras

Prós

  • Gráficos de cair o queixo, detalhadíssimos e com alta resolução
  • Um mundo vasto, com várias regiões culturalmente distintas
  • Trilha sonora impecável
  • Excelente sistema de customização de personagens

Contras

  • Diálogos extensos e CGs desnecessárias
  • Mapas extensos demais

Avaliações sobre o Final Fantasy XIV: A Realm Reborn

+4 Avaliações
  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação