Logo Path of Exile Ícone

Path of Exile

Versão 1.2.0b Grátis
4.06 GB
Funciona em: Windows
XP/Vista/7/8/8.1
Atualizado em : 25/08/2014 Grinding Gear Games
Baixar Grátis Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

Já usou? Avalie!
+22 Avaliações
  • Foto de Rafael Casagrande
    Rafael Casagrande 12 de fevereiro de 2015 - 22:39
    10
    Nota Excelente!
    Game é realmente muito bom, e muito amplo. Contras: a dificuldade mais basica ja obriga você a fazer grupos - Falso - Se você entrar no game sem ler nada antes, sem procurar uma build pra seguir de base, já que você é novato, com certeza terá uma build inicial, e não conseguirá jogar, já que o game depende de uma interação entre a arvore de skill os items e as skill gems que você usará, eu faço o game inteiro solo tirando o ultimo boss (act 3) com itens muito básicos, com uma build planejada antes (Com itens melhores e skill gems mais upada você sola o last boss tbm).
  • Foto de rafael kazuk
    rafael kazuk 4 de abril de 2013 - 21:24
    2
    Nota Ruim!
    Bom eu joguei o jogo por 2 meses, consegui muitos itens uniques, entre outros itens de grande valor, o sistema de segurança do jogo apesar de ser bom é falho, e fui roubado, passei ad-adware + avast + ccleaner + mvreg clean, fiz de tudo pra encontrar e limpar qualquer tipo de keylloger, nada foi encontrado. A resposta da empresa foi: "Sinto muito imagino como voce está triste, mais não devolvemos itens roubados, nem personagens excluidos..." Resultado: 300horas mais jogadas, 3 Personagens no Default lv 68+ excluidos, 30 exalteds orbs (valor em itens) roubados, e a emprega da GGG fala "Sinto muito". Bom boa sorte pra quem for começar. Att, KazukBR

Descrição

Allan Valin
Um mundo sombrio de fantasia em que você deve ser salvo das forças do mal

Path of Exile é um MMORPG ao estilo Diablo 3. Porém, ele foi desenvolvido tendo como foco um público constituído por jogadores hardcore, aqueles que mais se viciam nos games.

Ele apresenta um sistema de habilidades passivas semelhante ao de Final Fantasy X, assim como a possibilidade de roubar todos os itens de um jogador após matá-lo – porém, apenas em servidores (ligas) específicos.

Os golpes utilizados pelas classes são baseados em três atributos e se limitam às pedras mágicas equipadas: sem elas, você fica praticamente indefeso no game. Essas pedras também ganham experiência, servindo como moeda de troca em Path of Exile (juntamente com upgrades de armas), uma vez que a economia do título não se baseia em dinheiro, apenas via escambo (troca de itens de valor equivalente).

Cadastro

Jogar Path of Exile requer cadastro; clique aqui para criar uma conta.

Lançameno no Brasil

Path of Exile foi finalmente lançado em nosso país oficialmente no início deste mês (07/2014). Isso quer dizer que, com isso, jogadores brasileiros poderão utilizar métodos de pagamento mais acessíveis, como cartões de crédito nacionais, boletos bancários, PagSeguro e Paypal. Além do mais, quem adquirir o jogo até dia 09/07/2014 e se inscrever neste site vai ganhar um pacote especial da desenvolvedora, que contém moedas do jogo e outros elementos que podem facilitar sua missão (400 Path of Exile Coins, 1 Royal Green Frog, 1 Divine Sign, 1 Back Attachment e 1 Premium Stash Tab).

Mais ligas = mais desafios

Path of Exile apresenta diversos desafios, torneios e itens para aumentar o poder do seu personagem diante de todos os obstáculos enfrentados durante a campanha.

Um dos principais destaques fica por conta das ligas “Anarchy” e “Onslaught”, torneios que duram quatro meses. Cada um dos modos de jogo conta com características próprias, diferenciando-as dos torneios “Standard” e “Hardcore”, já presentes no game. Leia mais sobre elas na seção "Ligas" deste texto, logo abaixo.

Sistema de conquistas

Depois de muitos pedidos dos fãs, os desenvolvedores de Path of Exile adicionaram um sistema de conquistas no jogo. Ele ainda é pequeno, contando com apenas oito, algo normal para uma fase de testes, mas já é a indicação de que novidades podem surgir nas próximas etapas deste grande game.

Os objetivos que devem ser alcançados para destravar uma conquista são:

  • Destrua os 13 ladinos exilados (apenas na liga Anarchy);
  • Alcance o nível 60 em cada classe de personagem (apenas liga Onslaught);
  • Use um mapa de cada tipo no dispositivo de mapas;
  • Distribua todos os passivos notáveis e de pedra angular;
  • Receba 34 itens específicos das receitas dos vendedores;
  • Exiba toda a área não mapeada em qualquer dificuldade;
  • Utilize todos os itens-moeda (exceto “Mirror of Kalandra”);
  • Possua um conjunto específico de 90 itens únicos ao mesmo tempo (se vender algum deles antes de juntar todos, será preciso reavê-los para alcançar esta conquista).

Outras novidades

Além dessas alterações, um orbe aparece como item-moeda como novidade. O jogo também ganhou outros recursos, como barras de energia opcional sobre os envolvidos em um combate, opções para a distribuição de itens por um líder de clã e muito mais.

Wraeclast

O jogador começa a sua aventura durante um naufrágio, devendo escolher entre nadar ou se afogar. Ao chegar à praia, você encontra o acampamento dos Exilados, nome pelo qual os players são designados. Explorar a região consiste no Ato I do game, havendo outros dois para você desvendar a história de Path of Exile. As demais regiões consistem em uma floresta e as ruínas de uma antiga capital imperial.

A principal característica dessa ilha é que tudo, exceto os exilados, está morto. A podridão e a corrupção estão espalhadas há séculos na região, o que transformou a vegetação em algo horrível de se contemplar. Mortos-vivos, humanos dementes e uma enorme gama de criaturas bizarras aparecem aos montes durante as suas aventuras, sendo a sua única tarefa sobreviver nesse lugar amaldiçoado.

Embora tenha fases limitadas, elas sempre são geradas aleatoriamente quando você as acessa, impedindo você de decorá-las ou de achar o game repetitivo por exigir sempre a conclusão dos mesmos desafios. Ao atingir os níveis mais altos, é possível usar itens especiais para ganhar acesso limitado a áreas mais desafiadoras, nas quais você consegue obter os melhores equipamentos e pedras mágicas de Wraeclast. Se sobreviver, é claro.

Bichos

Ligas

As ligas de Path of Exile são, na verdade, os diferentes servidores existentes no game. Porém, cada uma apresenta um modo de jogo específico, o qual pode servir como um evento; por exemplo: a liga pode durar apenas até um jogador atingir o nível 90. Além dessas opções diferentes, existe a Liga Padrão, para a qual personagens de ligas concluídas ou apagadas são enviados, sendo assim a mais “meio-termo” de todas.

Veja exemplos de ligas que estão disponíveis:

  • Hardcore: o personagem morto é eliminado permanentemente do servidor, sendo transferido para a Liga Padrão. Não apagar a classe morta é uma forma de incentivar jogadores com medo de experimentar o modo a descobrir como ele funciona;
  • Ironman: você não pode trocar itens com NPCs, nem encher suas poções na cidade e, além disso, a Mana não é regenerada após o uso. Essa é uma maneira de obrigar você a jogar com outras pessoas, ensinando a gerenciar recursos para garantir a sobrevivência de todos;
  • Cut-throat: com todas as características do modo Hardcore, o Cut-throat tem a diferença de ter o PvP ativado. Quando um jogador morre, ele deixa cair todos os seus itens – ideal para quem deseja um verdadeiro desafio;
  • Attrition: liga de curta duração, podendo variar entre 24 horas, uma semana, um mês etc. Com um objetivo específico para o servidor inteiro (atingir certo nível, por exemplo), a cada 12 minutos os jogadores mais longe de cumprir a tarefa têm seus personagens eliminados do game. Apenas os melhores sobrevivem.
  • Anarchy: novidade da última atualização, ela coloca você diante de uma situação caótica. A corrupção de Wraeclast se espalhou pelas mentes de muitos exilados, virando-os uns contra os outros, e você deve cruzar com muitos deles ao longo de sua jornada. Seus inimigos controlam máquinas letais carregadas de itens, ou seja, derrotá-las pode significar uma pilhagem frutífera para você.
  • Onslaught: outra novidade dentro de Path of Exile, é um desafio pesado desenvolvido para jogadores que acharam o modo Hardcore do game fácil demais. Os inimigos estão mais fortes e mais ágeis, uma combinação que pode ser mortal para os mais despreparados. Esse é o grande diferencial desta liga, diferente do modo Anarchy, que traz os exilados como novidade;
  • Rampage: adicionado com a atualização Forsaken Masters. Como o próprio nome sugere, aqui é preciso manter uma cadência de eliminações, e, ao fazer isso, a força, o ataque e a velocidade de movimento do personagem aumentam. Também é possível adicionar alguns efeitos enquanto a contagem de corpos continua, como a Nova, que pode explodir inimigos e causar outros efeitos;
  • Beyond: outra novidade da atualização Forsaken Masters. Quem optar por seguir esse caminho deve se preparar, pois é preciso lidar com uma raça extra de demônios invadindo Wraeclast conforme a história avança. Quando um grupo dessas criaturas é eliminado, um portal aparece para abrir caminho para monstros mais poderosos e, em caso de sucesso, um chefe dá as caras para desafiá-lo.

Raios

Pedras do poder

Diferente de outros RPGs de ação, nos quais você sobe de nível para ganhar novas habilidades, em Path of Exile os seus ataques especiais são totalmente dependentes dos itens que você tem equipados. Armas e armaduras possuem buracos nos quais você deve inserir pedras mágicas: cada uma requer um nível de atributo diferente para ser usada e confere uma habilidade única, de forma a personalizar os seus ataques.

Conforme você derrota monstros mais fortes, pedras de nível superior são adquiridas. Contudo, sempre ao subir de nível com seu personagem, 10% da experiência vai para a pedra, permitindo que a habilidade liberada ao equipá-la também suba permanentemente de nível. Como a economia do jogo não usa dinheiro, mas apenas itens, treinar pedras é uma boa maneira de conseguir bons itens para massacrar os seus inimigos do game.

Além de conferir ataques propriamente ditos, essas pedras servem para modificar golpes já existentes. Por exemplo, ao lançar uma bola de fogo, é possível fazê-la ter pelo menos três efeitos distintos (um de cada vez): acertar um inimigo e se direcionar para outro alvo próximo (Chain); lançar cinco bolas ao mesmo tempo em formato de cone (Multishot); e fixar no chão um pilar que usa a magia (Totem).

Sangue

Personagens

As classes de Path of Exile estão intimamente ligadas aos atributos disponíveis no jogo, sendo cada uma focada em apenas um ou dois atributos. Com todas as combinações do momento, há um total de sete classes para você jogar: Marauder (força), Ranger (destreza), Witch (inteligência), Duelist (força e destreza), Templar (força e inteligência), Shadow (destreza e inteligência) e The Scion (força, inteligência e destreza).

Cada atributo é associado também a uma cor distinta, que você identifica nas pedras mágicas encaixadas nas suas armas. Confira abaixo qual a função de cada um.

  • Força (vermelha): aumenta o dano causado por ataques físicos dos personagens. Armaduras de força melhoram a sua resistência contra ataques inimigos;
  • Destreza (verde): sobe a velocidade e frequência dos seus ataques. Armaduras permitem que você se esquive de golpes dos adversários com mais facilidade;
  • Inteligência (azul): confere conhecimento para aumentar o poder de magias e melhorar a chance de causar danos críticos com ataques normais. Armaduras apresentam uma barreira de proteção conta danos diversos (ela se desfaz após algum tempo), a qual é regenerada quando você estiver fora de combate.

Personagens, monstros e itens podem ser alinhados com múltiplos atributos de uma só vez. Por exemplo, um bastão pode dar 70% de força e 30% de inteligência, o que o difere de outras armas, que podem dar 100% de força e se mostram muito melhores para aplicar danos críticos.

Path of Exile conta com árvores de skills que permitem que você faça o seu personagem desenvolver habilidades de outras classes. Mesmo assim, essas habilidades não serão tão fortes quanto aquelas próprias para o seu personagem.

Itens

Habilidades passivas

Se você jogou Final Fantasy X, para PlayStation 2, provavelmente ainda deve se lembrar do sistema de habilidades presentes nele. Em Path of Exile, o funcionamento é praticamente o mesmo: toda vez que você sobe de nível ou completa determinada missão, recebe um ponto para gastar em habilidades passivas. Diferentes das pedras, elas não podem ser roubadas do seu personagem caso ele seja morto por outro jogador.

A árvore de habilidades passivas apresenta um total de 1.350 unidades, sendo que cada personagem começa em um ponto diferente dela. Assim, todo jogador deve apresentar uma combinação única de pontos distribuídos nessa árvore, permitindo um alto nível de personalização na jogabilidade do game.

Esse esquema de bolinhas foi desenvolvido de maneira que você precise criar um personagem absolutamente do zero para testar novas distribuições de habilidades passivas – uma vez que as missões e itens que permitem a redistribuição de pontos são difíceis de encontrar e em baixíssima quantidade. Confira neste link o app online oficial para você criar diferentes builds para os seus personagens.

Habilidades

Ampliando os horizontes

Os habitantes de Wraeclast já possuem mais motivos para permanecer em Path of Exile. O motivo? O lançamento de uma nova expansão para o jogo. Intitulada Forsaken Masters, ela traz diversas novidades para o game, e você confere todas elas na sequência. 

Como o próprio nome sugere, aqui os jogadores vão cruzar o caminho dos sete Forsaken Masters, que foram enviados para o exílio por uma entidade poderosa chamada Dominus. Com isso, os jogadores ganham a oportunidade de adicionar diversas missões únicas à lista de tarefas a cumprir, além de receber treinamento em vários campos – Vorici, por exemplo, promete fazer do personagem um expert na arte do assassinato. 

Conforme progride e realiza missões, o jogador pode obter novos níveis de reputação com cada treinador, disponibilizando mais conteúdos com eles. Aliás, é válido mencionar que cada missão cumprida traz algumas consequências, então é bom pensar um pouco antes de aceitá-las. 

Cidades personalizáveis 

Durante as andanças, os jogadores também vão descobrir que os Forsaken Masters fizeram mais que apenas trazer missões e alguns ensinamentos para os personagens. Com eles, também chega ao jogo a opção de criar cidades customizadas que podem servir de esconderijo. 

Para obter o seu espaço no mundo do jogo, primeiramente é preciso ganhar a confiança de um dos mestres, e a partir daí construir aquele que será o seu refúgio. Além disso, um mentor que mora dentro do seu esconderijo é capaz de oferecer missões diárias, treinamentos e também opções avançadas para construir itens. 

Há ainda outro detalhe: uma cidade personalizada também pode servir como ponto de encontro para os membros de uma guild, adicionando aí mais uma utilidade para essas regiões. 

Itens e outras novidades 

Ampliando a lista de novidades, a atualização Forsaken Masters para Path of Exile traz a possibilidade de recorrer aos mestres para construir diferentes tipos de itens, além de obter, com eles, vantagens como Skill Gems e até mesmo artigos mais raros – nessa expansão foram adicionados 16 deles, e alguns só estão disponíveis nas novas Challenges Leagues. 

Também foi informado que, entre as novidades, várias áreas da Passive Skill Tree foram refeitas, e alguns locais de encontro contra chefes também sofreram modificações.

Imagem do jogo

Comandos

  • Botão esquerdo do mouse: movimentação, ataque principal, seleção de itens e opções;
  • Botão direito do mouse: usa a habilidade secundária;
  • Apertar botão scroll do mosue: usa a habilidade terciária;
  • Scroll do mouse: altera a aproximação da câmera;
  • Tecla Tab: minimapa;
  • Tecla I: inventário;
  • Tecla M: mostra as microtransações realizadas (requer dinheiro real);
  • Tecla Esc: exibe o menu de opções do sistema.

Nossa Opinião sobre o Path of Exile

A proposta de Path of Exile é ser um jogo parecido com Diablo 3. Porém, ele é supostamente melhor e desenvolvido por e para jogadores do nível hardcore. Ou seja, a ideia por trás do game é agradar a quem gostaria de ter mais desafios no terceiro título dessa franquia famosa. Convenhamos, no entanto; tal proposta é megalomaníaca demais e o fato de ser cumprida por um estúdio muito menor do que a Blizzard seria muito estranho.

Pelo que é possível perceber com as informações no site do desenvolvedor, ainda não é certeza de que o nível máximo será o centésimo: eles simplesmente ainda não se planejaram o suficiente para isso. Contudo, deixemos de lado a contextualização e vamos ao que interessa: os gráficos. Basicamente, não há do que reclamar deles, pois os efeitos de luz são excelentes, as sombras foram bem elaboradas e o resultado final é muito bonito.

Aparência 

Embora suas texturas sejam boas, elas tentam passar certo realismo que não é obtido, tornando o visual um pouco estranho, apesar de bonito – os contornos dos personagens também deixam a desejar, mas isso você percebe apenas com o zoom da câmera ao máximo. As magias iniciais e ataques em geral são espalhafatosos, mas ainda não superam a extravagância de Diablo 3 nesse quesito – talvez isso seja diferente com golpes melhores.

A jogabilidade de Path of Exile é realmente um ponto positivo no título, pois mesmo na dificuldade-padrão é difícil conseguir sobreviver sozinho. Isto é, o game foi desenvolvido para você jogar estrategicamente e com aliados no seu grupo, usando a velha tática de bater e correr para evitar o golpe dos inimigos. Nesse sentido, você é obrigado a aplicar táticas comuns aos veteranos: o jogo ensina você a jogar na base da força – algo bom.

Marauder só erra!

Algo irritante em Path of Exile que parece ser um problema no game, mas não é, seria a taxa de acerto reduzida para quando você vai golpear os adversários; por exemplo: no nível 5, um Marauder tem 81% de chances de acertar cada ataque, porém parece que metade dos golpes não atinge o alvo.

Falando em irritações, o fato de a economia do jogo ser baseada na troca de itens é realmente interessante, mas obriga o jogador a fazer escambo com outras pessoas desde cedo: encontrar itens usados para comprar equipamentos é um tanto raro, obrigando você a pegar tudo o que encontra e ver quem precisaria de determinado item. Apesar disso, você não precisa gastar com poções e encontra armas com frequência, então não é um problema logo no início.

Um elemento muito relevante a ser mencionado em Path of Exile é a sua história extremamente fraca: diferente de Diablo 3, ela não prende a atenção do jogador logo nos primeiros minutos de jogatina. Isso é um grande problema para um título que pretende superar uma grande franquia. Para exemplificar: você acorda numa praia, chega à cidade e recebe missões. Em suma, a sua única tarefa e objetivo no MMO é sobreviver.

Sonoridade 

A música de fundo é muito boa, porém não varia muito, nem mesmo em situações de combate, quando seria esperado acontecer isso. Os efeitos sonoros foram bem elaborados e não soam repetitivos, uma vez que cada um dos inimigos possui o seu próprio som. Aliás, todo personagem relevante possui um narrador próprio e cada missão é dublada – o que é interessante e faz falta em muitos outros títulos mais antigos.

Para não parecer que o game tem apenas pontos negativos, o que não é nem um pouco verdade, vale a pena mencionar o seu sistema de habilidades passivas: para cada nível evoluído, você pode comprar uma bolinha de habilidade, existido um total de 1.350 opções para os 111 pontos que você pode obter realizando missões e matando monstros. Ou seja, a personalização é forte no título, uma característica marcante e com excelente potencial.

De maneira geral, não é possível chegar a uma conclusão definitiva em relação a Path of Exile: seria necessário evoluir um personagem até o nível máximo para conseguir avaliar todo o conteúdo do game. Mesmo assim, é possível notar que ele parece estar no caminho certo, sempre evoluindo e buscando se tornar não apenas uma alternativa, mas um caminho certo para os fãs do gênero RPG.

Prós & Contras

Prós

  • Promete superar Diablo 3
  • Sistema financeiro inovador
  • Árvore de habilidades complexa garante personagens únicos
  • Boa jogabilidade

Contras

  • A história poderia ser mais envolvente
  • A dificuldade mais básica já obriga você a fazer grupos
  • Promete muito, mas pode morrer na praia

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o Path of Exile

+22 Avaliações
  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação