Logo LibreOffice Ícone

LibreOffice

Versão 5.3.2 Grátis
201.17 MB
Funciona em: Linux
X11
Atualizado em : 27/04/2017 The Document Foundation

O que estão falando…

Já usou? Avalie!
+23 Avaliações
  • Foto de ExParticipante
    ExParticipante 25 de maio de 2011 - 10:38
    10
    Nota Excelente!
    Realmente o broffice é sem duvida uma excelente suíte de escritório, não creio que fique devendo em nada para a proprietária. Desde quando uso gnu/linux sempre tive o openoffice instalado, então à pouco tempo resolvi experimentar o libreoffice no meu ubuntu 10.10 64bits, o achei simplesmente incrível! (não entendi a galera que disse que ele demora pra abrir em seus sistemas!?) aqui quando clico no icone do programa, ele é aberto instantaneamente!. agora sim; no outro sistema ele demora um pouco mais pra abir msm, isso se nota...
  • Foto de Olavo
    Olavo 15 de abril de 2011 - 22:27
    6
    Nota Ótimo!
    Vocês já tentaram rodar uma planilha feita no excel que contenha macros e programas em vba??? simplesmente não funciona. Todas as macros terão que ser re-escritas de maneira completamente diferente do excel... uma trabalheira!!!!Sem certeza dos resultados... Nisso o broffice ainda tem um longo caminho pela frente!

Descrição

Thiago Henrique Moura
O substituto do OpenOffice: suíte completa para edição de texto, planilha de cálculos e muito mais

O LibreOffice é a opção para quem deseja utilizar uma das principais alternativas livres, gratuitas e em português ao Microsoft Office. O programa conta com editores de texto, planilha, apresentação de slides, desenho, banco de dados e fórmulas matemáticas.

Uma cisão no projeto original gerou uma bifurcação (um “fork”). Com ele, surgiu a The Document Foundation, da qual o BrOffice é apoiador, e o pacote de aplicativos para escritório LibreOffice.

Há uma série de novidades no LibreOffice 4.0, e elas promovem melhorias tanto no pacote como um todo quanto em cada um dos softwares que fazem parte dele. A suíte está com performance aprimorada em muitos aspectos, e é possível perceber isso ao executar diferentes tarefas, como importar documentos do Word, Excel e PowerPoint.

A exportação ODF agora tem a opção "ODF 1.2 Extended (compact mode)", que oferece melhor interoperabilidade com versões antigas do formato Open Document. Outra novidade é a exportação para PDF com opção de marca-dágua.

O LibreOffice 4.0 também passou por uma "faxina". A interface está mais limpa — as bordas nas réguas e nas barras de status foram removidas, e as barras de ferramentas agora têm um sutil gradiente ao fundo para que os programas da suíte tenham melhor visual no Windows 7.

LibreOffice - Imagem 1 do software

Writer

Correspondente ao Microsoft Word, o BrOffice Writer possui inúmeros recursos para a criação e edição de textos, não ficando atrás em quase nada de seu principal concorrente. O programa possui um visual simples, com as barras de ferramentas claras e intuitivas, facilitando a vida de qualquer pessoa.

Suas funções vão desde editar e criar um simples texto até a inserir imagens — com suporte para tabelas, gráficos, desenhos, filmes, sons e mais. Ele possibilita a criação de sumários, cabeçalhos, rodapés e notas, quadros, campos automáticos, paginação etc. Você também pode criar envelopes e etiquetas facilmente, apenas informando as dimensões desejadas.

O LibreOffice 4.0 promove atualizações ao recurso de contagem de palavras do editor de texto, que agora é exibida também na barra de status. Outra novidade é o suporte para a importação de desenhos criados com o SmartArt, do pacote Office.

O Writer do LibreOffice suporta os seguintes formatos: ODT, OTT, SXW, STW, DOC (Word), DOCX (Word 2007), RTF, SDW, VOR, TXT, HTML, PDB, XML, PSW e UOT.

LibreOffice - Imagem 2 do software

Calc

Equivalente ao Microsoft Excel, o BrOffice Calc também é uma ótima opção para quem quer algo simples, porém eficiente e útil para criar planilhas e tabelas, inserir fórmulas, gráficos, somas, divisões, subtrações, multiplicações — enfim, fórmulas matemáticas em geral para poupar tempo e ganhar precisão na hora de gerenciar valores.

Com este utilitário, é possível também formatar células, e o programa possui alguns atalhos interessantes logo na barra de ferramentas para essa função. Como é comum em todos os programas desta suíte, o Calc é dono de um visual agradável, que fará com que quem já tenha usado qualquer outro pacote de aplicativos se sentir em casa.

O Calc do LibreOffice 4.0 adicionou a opção de mesclar células ao menu de contexto (botão direito do mouse). Além disso, é possível esconder/exibir planilhas por meio do menu de contexto que pode ser acessado pela aba correspondente à planilha.

A importação de arquivos CSV está aprimorada, e, no momento da exportação de um arquivo nesse formato, você pode optar por salvar as fórmulas das células em vez dos valores calculados. Além disso, o Calc agora suporta a cópia só do texto, valor ou fórmula a partir do menu de contexto de uma célula.

O Calc suporta os seguintes formatos: ODS, OTS, SXC, STC, DIF, DBF, XLS (Excel), XLSX (Excel 2007), SLT, SDC, VOR, SLK, CSV, HTML, XML, PXL e UOS.

LibreOffice - Imagem 3 do software

Impress

Programa correspondente ao Microsoft PowerPoint, o BrOffice Impress é simples e também dono de recursos avançados, que permitem a qualquer um adicionar plano de fundo, animações, imagens e tudo o que um bom editor de apresentações de slides deve ser capaz para possibilitar a criação de um material dinâmico e de qualidade.

O software possui diversos modelos de slides para serem editados e utilizados por quem necessita de algo rápido para organizar sua apresentação. Ele conta com ferramentas para alinhamento, para adicionar cor, link, gráficos e várias outras que o capacitam como um aplicativo completo.

A principal novidade do Impress do LibreOffice 4.0 é a adição do formato widescreen para exibição das apresentações. Além disso, o software agora detecta corretamente o display externo e exibe o console do apresentador no display local. Finalizando as novidades, o programa está com 10 novas páginas mestras.

O Impress suporta os seguintes formatos: ODP, OTP, SXI, STI, PPT (PowerPoint), PPTX (PowerPoint 2007), POT, SXD, DAS, SDD, VOR, UOP e ODG.

LibreOffice - Imagem 4 do software

Base

Semelhante ao Microsoft Access, o BrOffice Base permite a criação e a manipulação de banco de dados de maneira simples e eficaz. Além da criação, com este aplicativo também será possível editar e alterar os dados, executar ordenações, visualizar subconjuntos, gerar relatórios de diversos formatos com um assistente existente dentro do programa apenas para isso. Suporta somente o formato ODB.

Draw

Diferentemente do Microsoft Office, o LibreOffice possui uma ferramenta para criar e editar desenhos, fluxogramas, cartazes, logotipos e mais, seguindo o mesmo conceito do CorelDraw. No entanto, o Draw é gratuito e tem grande qualidade, suportando a inclusão de imagens, gráficos, desenho de vetores e formas geométricas, textos, filmes e sons.

Ele oferece ainda recursos para incrementar suas criações com sombras, transparências, cores, dégradés, hachuras e até mesmo texturas. Depois de concluída, sua criação pode ser exportada para diversos formatos de arquivos de imagem, bem como para SWF, formato de arquivos flash.

O Draw programa suporta os seguintes formatos: ODG, OTG, SXD, STD, DAS, VOR, SDD e PDF.

LibreOffice - Imagem 5 do software

Math

Equivalente ao Microsoft Equation Editor, o Math serve para a criação de fórmulas matemáticas de maneira nada complicada, com um menu pelo qual é possível escolher qual o tipo de equação será realizada para então digitar o valor desejado para aquele fator. Ideal para quem trabalha com elaboração de provas, pois é um programa completo para esse tipo de atividade.

O Math do LibreOffice 4.0 está com apenas uma novidade: as telas de diálogo de formato (fonte, tamanho de fonte e espaçamento), além da tela de diálogo de símbolos, agora têm um botão com o qual é possível acessar a ajuda do software.

LibreOffice - Imagem 6 do software

Equivalente ao Microsoft Equation Editor, o BrOffice Math serve para a criação de fórmulas matemáticas de maneira nada complicada, com um menu através do qual é possível escolher qual o tipo de equação será realizada, para então digitar o valor desejado para aquele fator. Ideal para quem trabalha com elaboração de provas, pois é um programa completo para esse tipo de atividade.

Entenda um pouco da história do LibreOffice

O OpenOffice.org era um projeto fundado e mantido pela Sun Microsystems. Depois de 10 anos de muito sucesso, a comunidade da suíte de aplicativos resolveu criar uma fundação independente para manter o projeto. A justificativa é que desde que a Oracle adquiriu a Sun – e consequentemente o OpenOffice – o projeto foi deixado de lado.

Assim é criada a The Documento Foundation, uma organização independente e que conta com o apoio de grandes empresas do ramo de tecnologia da informação e desenvolvimento de software livre como a Canonical (responsável pelo Ubuntu), a Red Hat, a Google, a Novell e a Open Source Initiative.

A nova organização apoia o ODF (Open Document Format), o formato aberto de documentos que já era trabalhado com o OpenOffice e com outras várias suítes de aplicativos para escritório. A mudança de nome para LibreOffice se deu devido ao fato de que a Oracle detém os direitos sobre o nome OpenOffice.org.

Os usuários do BrOffice.org, uma suíte brasileira baseada no OpenOffice, não precisam se preocupar quanto ao nome, pois a BrOffice.org – Projeto Brasil é independente da Oracle/Sun e já faz parte da The Document Foundation. Isto significa que o nome da suíte permanecerá o mesmo.

No mundo do software livre chama-se esta nova fundação de “fork” (ou bifurcação), que é quando um grupo deixa um projeto para criar outro baseado no antigo. A The Document Foundation espera que a Oracle ceda os direitos sobre o nome “OpenOffice.org” para que possa ser usado no novo projeto que, na verdade, segue a mesma linha.

Você encontra mais informações no comunicado oficial do BrOffice sobre o LibreOffice.

Nossa Opinião sobre o LibreOffice

A funcionalidade de sempre que resgata o espírito do software livre. Assim podemos avaliar o LibreOffice, que não deixa a desejar em quase nada quando comparado ao Microsoft Office. O grande destaque é a variedade de programas, seis ao todo, capaz de corresponder às várias necessidades de uso.

A interface do programa continua praticamente a mesma, com estilo semelhante ao que foi o Office da Microsoft até a versão 2003.

Enfim, quem procura uma alternativa gratuita ao Microsoft Office, mas não quer abrir mão da qualidade e da praticidade, pode confiar no LibreOffice.

Prós & Contras

Prós

  • Variedade de aplicativos
  • Gratuito
  • Recursos avançados

Contras

  • Não encontramos pontos negativos.

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o LibreOffice

+23 Avaliações
  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação