Logo Adobe Premiere Pro Ícone

Adobe Premiere Pro Versão v2015.3 Grátis para testar

1.62 GB
Funcionar em: Windows
XP/Vista/7/8/8.1/10
Atualizado em: 24/06/2016 Adobe
Baixar Download Seguro
Verificado com Antivírus
R$71,00 COMPRAR LICENÇA
via baixaki store

O que estão falando…

Já usou? Avalie!
+85 Avaliações
  • Foto de roger
    roger 30 de julho de 2017 - 02:11
    10
    Nota Excelente!
    ele é muito bom, possui vários recurso profissionais, e tem uma interface muito bonita, mas não é pra qualquer um, tem que ter um pc potente para poder rodar bem.Ele chega a consumir 2GB de memoria brincando, alem da demora para renderizar, mas ainda sim ganha do Vegas.Caso tenha tudo certo: programa/PC , você ficará muito contente.
  • Foto de john black marley
    john black marley 26 de agosto de 2012 - 01:41
    2
    Nota Ruim!
    quem tem boca fala o que quer mais quem gosta de qualidade usa o sony vegas o premiere nunca vai ser bom igual ao vegas vc ter uma idea vc vai no you tub vc só encotra video aula do premeire em ingles e sony vegas vc encontra um monte de de video aulas em portugues isso é sinal que a malhoria usa o sony vegas e o sony vegas tem versão de 32 e 64 bits não como o premiere que só tem de 64 bits

Descrição

Equipe Baixaki
A nova versão do robusto editor agora suporta mídias VR e valoriza o poder de fogo do seu PC!

Se você for estudante, clicando aqui você ganha 60% de desconto na assinatura do Adobe Cretive Cloud, aproveite!

A versão atualizada do Adobe Premiere Pro chegou! Agora com uma série de ferramentas que oferecem suporte a vídeos de Realidade Virtual (VR), o popular software de edição ganhou, ainda, mecanismos que facilitam a importação de mídias. Agora, imagens capturadas não somente pelas parrudas Red Epic 5K e Red Scarlet-X podem ser carregadas junto do editor: a Red Weapon 8K, Red Raven e DJI X5, usada por drones, podem submeter também suas gravações aos efeitos do programa.

São pelo menos três as grandes mudanças que acompanham o update: ficou ainda mais fácil trabalhar com mídias em proxy, melhorias na paleta de edição de cores foram feitas e ferramentas dedicadas a clipes de VR ficam à disposição do usuário. Plugins desenvolvidos por desenvolvedoras parceiras da Adobe, o download automático de imagens ou vídeos a partir do Adobe Stock e a possibilidade de pré-configuração das preferências dos arquivos importados são outros destaques.

Adobe Premiere Pro - Imagem 1 do software

Presets e configuração de mídias proxy

Ao criar um projeto, você pode agora definir de antemão as configurações que deverão ser aplicadas sobre quaisquer mídias importadas. É possível criar uma cópia dos vídeos, convertê-los para um novo formato ou então anexar um proxy a cada clipe, que nada mais é do que um vídeo em baixa resolução baseado na mídia original destinada à manipulação através das ferramentas de edição – esse recurso é valioso a quem deseja renderizar vídeos mais rapidamente, uma vez que as alterações aplicadas em proxy podem ser, também, atribuídas a arquivos RAW.

Ainda é possível importar presets salvos a partir da Creative Cloud, mas outro dos destaques diz respeito à sugestão de projetos adequados ao hardware do usuário e tipo de vídeo usado, por exemplo. Fato é que, nos casos em que templates em proxy forem criados, um sistema inteligente de distinção irá aplicar os efeitos de edição somente sobre os arquivos duplicados sem comprometer a mídia original.

Adobe Premiere Pro - Imagem 2 do software

Pensando na otimização de desempenho e valorização das configurações técnicas de cada computador, a versão atualizada de Adobe Premiere Pro também encerra processos em segundo plano no momento em que edições proxy estão sendo feitas. Para visualizar as cópias ou mídias originais, o botão “Proxy” pode ser acessado a partir da barra de ferramentas, exibida abaixo do monitor.

Download automático de mídias Adobe Stock

Outra implementação diz respeito à integração entre os serviços Premiere Pro e Stock: ao pesquisar por palavras-chave, que admite buscas a partir de filtros com base no tipo de arquivo, o download automática de um vídeo, por exemplo, poderá ser feito. Será suficiente, então, arrastá-lo até a timeline para adicioná-lo ao projeto.

Mais recursos de edição de cores

Atendendo ao pedido de uma multidão de usuários, a Adobe aprimorou também os recursos de edição de cores. Na prática, ficou mais fácil selecionar cores individuais ou grupos de cores para modificação isolada. Basta acessar o novo serviço Limetri HSL, definir os tons que deverão ser alterados e fazer a edição.

Adobe Premiere Pro - Imagem 3 do software

Houve mudanças também no Tere Scopes: os tons podem ser visualizados e trabalhados em alta ou em baixa resolução, admitindo, ainda, o ajuste de intensidade – com direito ao controle de brilho por meio do novo recurso Wreck 2020.

Edição de vídeos de Realidade Virtual (VR)

Como outra grande melhoria está também o suporte nativo de vídeos em echo rectangular (tipo de arquivo criado por softwares dedicados à junção das capturas feitas por câmeras de gravação em VR). Apesar de permitir a visualização tradicional, retangular, da área de trabalho, o Adobe Premiere Pro oferece suporte a um modo de visualização que sem assemelha à tela de óculos que exibem conteúdo em VR.

Adobe Premiere Pro - Imagem 4 do software

As edições são aplicadas em tempo real sobre as mídias e podem ser visualizadas a partir de clique sobre o monitor – clique, segure e arraste para simular o movimento de giroscópio. Plugins desenvolvidos por parceiros da Adobe podem também ser usados: efeitos de transição, por exemplo, agora ficam à disposição do usuário.

Suporte ao Open Capture

Semelhante às legendas, o Open Capture foi adicionado às opções de capture do editor. Essa função, ao contrário da Closed Capture, não fica restrita ao tipo de aparelho usado pelo espectador (como TV ou celular): edite o tamanho, estilo e cor da fonte e exporte os textos para quaisquer serviços compatíveis. Manipular o Open Capture é fácil, uma vez que basta copiar e colar a fala que deverá ser exibida pelo vídeo e, então, definir os tempos de início e fim para a linha.

Vale observar que, assim como em suas versões anteriores, as ferramentas de Adobe Premiere Pro são destinadas à edição profissional de vídeos.

Nossa Opinião sobre o Adobe Premiere Pro

A mais recente versão do software de edição de vídeos da Adobe mantém a tradição dos produtos da desenvolvedora: bem conceituado e dinâmico, o novo Adobe Premiere Pro preza não somente pelo suporte às mais novas tecnologias, mas prioriza, também, o hardware e as necessidades de cada usuário.

Compatível com várias ferramentas dedicadas à edição de vídeos em proxy e com suporte nativo a mídias geradas em Realidade Virtual (VR), o programa ganhou melhorias relacionadas também à criação de projetos, o que certamente vai agradar editores que buscam agilidade, versatilidade e eficiência de trabalho.

Enquanto poucas modificações foram feitas junto de sua interface, funções atualizadas e de fato úteis a quem já manipula novos formatos de mídia foram atribuídas ao popular Adobe Premiere Pro, que faz parte do pacote Creative Cloud.

Edição rápida, fluída e segura

Como um dos destaques estão os novos recursos de geração de mídias em proxy: agora, basta selecionar um preset e definir as preferências dos arquivos que deverão ser importados. A edição em proxy permite a rápida, fluída e segura execução do processo de edição não apenas devido ao tipo de vídeo gerado, mas também graças ao encerramento das atividades de segundo plano.

Download automático de mídia via Adobe Stock

Anexar imagens ou vídeos baixados a partir do Adobe Stock ficou fácil, pois basta procurar pelo tipo de mídia desejada e, então, iniciar o download automático do arquivo – selecione o clipe e arraste-o até sua timeline para continuar a edição.

Recursos aprimorados de edição de cor

Com ferramentas robustas enquanto parte da sua paleta para modificação de cores, o Adobe Premiere Pro foi agraciado também pelo Lumetri HSL.

Na prática, quer dizer que é possível selecionar uma cor ou um determinado tom e, assim, fazer alterações. Mudanças sutis ou até mesmo a criação de efeitos que deverão atuar sobre determinadas cores podem ser facilmente ajustados a partir de uma interface já familiar a usuários habituados com as ferramentas do editor.

Suporte a novas câmeras e a tecnologias VR

São suportadas pela nova versão de Adobe Premiere Pro as câmeras Red Weapon 8K, Red Raven e DJI X5, usada por drones. Além disso, mídias geradas por equipamentos dedicados à captura de vídeos em VR podem também ser editadas por meio de ferramentas nativas do software.

Vale observar que grande parte dos efeitos não pode ainda ser aplicada aos clipes em VR, o que pode desagradar a editores que buscam fazer transições entre cenas a partir de cenários em 360º, por exemplo. Ainda assim, plug-ins desenvolvidos por parceiros da Adobe prometem suprir as necessidades de quem julgar absolutamente necessário mesclar cenários através de cortes animados em VR.

O modo de visualização que simula a exibição do vídeo através de óculos de Realidade Virtual é outro trunfo de Adobe Premiere Pro, uma vez que todas as edições aplicadas podem ser avaliadas em tempo real e sob a perspectiva do espectador – este formato foge do tradicional monitor retangular, gerando resultados fieis às expectativas do editor.

Prós & Contras

Prós

  • Suporte a mídias gravadas em VR
  • Mais opções de edição de cores
  • Edição em tempo real
  • Mecanismo valoriza o hardware do usuário
  • Ferramentas profissionais de edição

Contras

  • Alguns efeitos não funcionam em VR

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o Adobe Premiere Pro

+85 Avaliações
  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação