Logo Battle Islands: Commanders Ícone

Battle Islands: Commanders

Versão BETA Grátis
859.38 MB
Funciona em: Windows
XP/Vista/7
Adicionado em : 07/11/2016 DR Studios
Baixar Grátis Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

+0 Avaliações - Seja o primeiro a avaliar o produto!

Descrição

Vinicius Munhoz
Chega de fantasia! Esse jogo de Segunda Guerra traz o gameplay de Clash Royale aos PCs

Se você curte o famoso Clash Royale de celular, mas fica chateado por ele só existir para computador, saiba que há uma opção promissora para o PC chamada Battle Islands: Commanders. Trata-se do mesmo conceito do game mobile, mas com uma temática de segunda guerra, recheada de tanques e infantaria da época.

O objetivo é simples e vai soar bem familiar para quem é fã do gênero MOBA: você deve destruir pelo menos uma das duas torres de defesa e aniquilar a base do inimigo, que é um grande navio ao fundo do mapa. Pode parecer algo bobo e sem desafios, mas as mecânicas de jo ken pô de cada unidade no campo torna a jogatina bem estratégica.

Battle Islands: Commanders - Imagem 1 do software

Cardgame encontra estratégia

A jogabilidade de Battle Islands: Commanders usa o conceito de jogos de cartas, como Hearthstone, misturado com games de estratégia, como Company of Heroes e Total War. Você deve esperar a barra de pontos de ação encher para gastá-los em cartas, que contam com custos variados. Escolher qual jogar e quais riscos assumir é que criam a graça do jogo.

Toda a estratégia é baseada na clássica fórmula jo ken pô: tanques são bons contra estruturas, mas fracos contra bombas; a infantaria é ótima contra estruturas, mas perdem de lança-chamas; cachorros de guerra conseguem eliminar com facilidade os soldados e são muito ágeis, mas perdem para qualquer tipo de estrutura ou armas de longo alcance.

Battle Islands: Commanders - Imagem 2 do software

Há muitas possibilidades aqui. No final de cada partida, caso saia vencedor, o jogador ganha uma caixa que contém cartas escondidas, que podem trazer algumas repetidas (mas essenciais para aprimorar as classes correspondentes) ou algumas novas, incluindo lendárias, que são muito mais fortes que o normal. Cabe ao jogador escolher o balanço entre custo e força do seu “baralho”.

Como usar a Steam

Battle Islands: Commanders está disponível para download por meio do Steam (caso você não saiba como utilizar a plataforma de distribuição da Valve, clique aqui para aprender). O jogo se encontra em Acesso Antecipado e pode ter alguns bugs ou funcionalidades capadas por enquanto, mas é gratuito para jogar.

Nossa Opinião sobre o Battle Islands: Commanders

Battle Islands: Commanders é um jogo que se inspira em uma ideia nova, mas que já conquistou muitos jogadores de celular: Clash Roayle. Você deve dar cabo das torres inimigas e partir para a base principal (o conceito lembra MOBAs) com uma jogabilidade que mescla estratégia e cardgame ao mesmo tempo.

Temática muito bem-vinda

Clash Royale é legal, mas a temática medieval fantasiosa pode não ser a mais agradável para todos os gostos. Nesse ponto, Battle Islands: Commanders consegue trazer com muita fidelidade muitos elementos da Segunda Guerra Mundial, desde os tanques famosos (há diversos tipos deles) até as unidades especiais de lança-chamas.

Jogabilidade boa, mas IA fica aquém

Sem dúvidas, a fórmula é algo certeiro para divertir. As partidas online são bem balanceadas (jogadores com níveis próximos), as unidades são bem variadas, há muitas classes que se opõem e criam uma jogabilidade nivelada, e por aí vai. Não há como errar muito nesse quesito, pois o fator competição funciona muito bem.

Além disso, a progressão para ganhar recursos e cartas adicionais ao fim de cada vitória é muito bom. As caixas-surpresas demoram para abrir, mas não chega a ser frustrante, ainda mais quando a recompensa é boa.

O maior problema aqui é a inteligência artificial que, apesar de ser relativamente boa, às vezes pode sofrer com decisões ruins. Um soldado anti-panzer (contra tanques de guerra) pode ser colocado ao lado de um tanque inimigo, mas pode preferir atacar um grupo de soldados no lugar. Vez ou outra, algumas unidades podem “travar” e ficar empacadas ao lado de outras, tudo por conta do sistema de colisão que precisa ser refinado.

Gráficos 3D muito bonitos e leves

O visual de Battle Islands: Commanders parte para o lado mais realista da estética e foge dos conceitos de HQ vistos em Clash Royale. Há muitos detalhes aqui, desde o cenário até às unidades, que apresentam característica tanto dos Países Aliados quanto dos Países do Eixo, com muito capricho em cada soldado ou tanque.

Os efeitos de explosões são bem-feitos, as animações de ataque são de boa qualidade e é visível que houve um esforço em recriar a temática da Segunda Guerra com a maior precisão possível para um arcade. Se você gosta desse estilo de jogabilidade e é fã de História, com certeza vai gastar algumas horas se divertindo aqui.

Prós & Contras

Prós

  • Temática de Segunda Guerra Mundial é bem legal
  • Jogabilidade competitiva e divertida
  • Modo online funciona muito bem
  • Boa progressão
  • Gráficos 3D de ótima qualidade e bem leves

Contras

  • IA pode ser meio burra de vez em quando

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o Battle Islands: Commanders

  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação