Logo Pancake – The Game Ícone

Pancake – The Game

Grátis
5.66 MB
Funciona em: iPhone
iPhone/iPod Touch/iPad
Adicionado em : 09/03/2015 Philipp Stollenmayer
Baixar Grátis Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

Já usou? Avalie! +0 Avaliações - Seja o primeiro a avaliar o produto!

Descrição

Bruno Oliniski
Esquente a panela, quebre alguns ovos e torne-se o rei da panqueca nesse jogo viciante

Algumas pessoas têm certeza sobre a carreira que querem seguir. Uns preferem o ramo administrativo, outros escolhem profissões mais criativas, mas uma terceira categoria só quer saber de jogar panquecas para o alto de forma estilosa. Será que isso é verdade? Difícil dizer, mas é exatamente o que você deve fazer para se dar bem em Pancake – The Game.

Provando que nem todo título para celular precisa ser uma superprodução hollywoodiana, ele faz parte daquela leva de games que aposta em um visual simples aliado a uma jogabilidade intensa. O resultado? Um esquema de jogo viciante e que vai te fazer arrancar os cabelos – algo familiar para quem já brincou em ZigZag ou Swing Copters. 

Pancake – The Game - Imagem 1 do software  Pancake – The Game - Imagem 2 do software

A estratégia para vencer pode ser resumida no bom e velho “jeitinho”. É preciso habilidade, paciência e um timing perfeito no toque da tela para fazer com que o braço do misterioso – e marombado – cozinheiro consiga dominar a virada aérea de panquecas. Pegar a massa no ar, fazê-la rodopiar um bom par de vezes e xingar muito a cada erro farão parte de sua rotina.

Quanto mais acrobacias forem feitas com a deliciosa panqueca, mais pontos você acumula – o placar mais alto fica tatuado no braço musculoso do personagem. Esqueça fases adicionais, heróis extras ou modo multiplayer: o trabalho aqui é ser um cozinheiro de primeira.

Nossa Opinião sobre o Pancake – The Game

Os celulares se tornam mais poderosos a cada dia, capazes de rodar jogos cheios de efeitos e com gráficos de babar. Porém, basta uma ideia interessante e bem executada para criar um game que rende horas de diversão. Pancake – The Game, por exemplo, vai te fazer jogar e pegar panquecas repetidamente, muitas e muitas vezes. A melhor parte? Você vai gostar.

Aqui, não há roteiros complexos, personagens modelados com exatidão e ambientes 3D incríveis. Tudo o que você vê é um fundo branco, um braço “voando” na tela e uma frigideira bem simples – algo que você mesmo poderia ter feito no Paint do Windows. Mas tudo bem, isso é o que basta para que você se foque na missão de fazer acrobacias com a massa.

Os comandos também não exigem nenhum diploma de curso superior, já que tudo o que é preciso para fazer o cozinheiro mexer o pulso e mover a frigideira é tocar a tela do celular ou tablet. Só pelos músculos do braço do protagonista já dá para sacar que ele virou muito do alimento na vida. Ainda assim, ele é ruim demais no serviço e precisa da sua ajuda.

Como o movimento do membro é único, você deve ter muita paciência para tentar dominar o relacionamento entre panqueca e panela. Uma dica é deixar a massa escorrer um pouco pela superfície do objeto antes de fazer jogadas mais ousadas. Com o tempo – e algumas partidas no currículo –, o instinto de quando fazer o personagem agir surge de forma natural.

Sofrendo, sim, mas com gosto

Vamos deixar claro: o game é absurdamente difícil e não dá colher de chá para nenhum iniciante. O desafio pode ser frustrante principalmente para quem associa gráficos básicos a títulos casuais. Pancake – The Game está longe de ser a escolha ideal para quem só precisa de um passatempo entre uma tarefa e outra do dia a dia.

Porém, se você curte jogos como ZigZagBounce e outros reis da dificuldade entre os títulos mobile, vai se sentir em casa. O fator viciante do jogo vem do fato que quanto mais você evolui sua habilidade em virar panquecas, mais vai querer bater sua marca anterior. Desse jeito, o próprio jogador é o responsável por tornar a experiência gradualmente mais impossível.

Apesar da simplicidade da produção, pequenos detalhes tornam a experiência ainda mais divertida, como a tatuagem no braço do cozinheiro que ilustra a pontuação mais alta e o fato de a panqueca ir queimando se você deixá-la muito tempo na frigideira. Apenas uma coisa incomodou em Pancake – The Game: a falta de qualquer tipo de efeito sonoro.

Ainda assim, o jogo é perfeito para quem curte “sofrer” e não deve deixar na mão nem os gamers mais competitivos, já que é possível compartilhar seus feitos.

Prós & Contras

Prós

  • Altamente viciante
  • Jogabilidade simples
  • Visual minimalista

Contras

  • Difícil para os iniciantes

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o Pancake – The Game

  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação