Logo PEP the dragon Ícone

PEP the dragon

Versão 1.2 Pago
33.59 MB
Funciona em: iPhone
iPhone/iPod Touch/iPad
Adicionado em : 02/04/2012 pepworks
Baixar Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

Já usou? Avalie! +0 Avaliações - Seja o primeiro a avaliar o produto!

Descrição

Ewerton Medeiros
Embarque nas aventuras de um pequeno dragão neste game de plataformas

PEP the dragon é um jogo de aventura e plataformas que coloca você no controle de um pequeno dragão. O bicho, ainda na sua fase juvenil, não pode voar e precisa enfrentar outras criaturas para sobreviver.

A jogabilidade segue o padrão dos games de plataformas 2D, nos quais você explora cenários enquanto pula precipícios e utiliza bases móveis para alcançar outras áreas.

Diversos inimigos aparecem durante a jornada, sendo que você pode se defender cuspindo fogo ou pulando em cima deles para aniquilá-los.

Durante a aventura, o protagonista encontra pedras mágicas que proporcionam habilidades especiais, como ataques mais poderosos e a possibilidade de poder construir as suas próprias plataformas. No total, há seis pedras para você encontrar, cada uma com possibilidades diferentes.

PEP the dragon - Imagem 1 do software

Atenção: para jogar PEP the dragon você precisa ter uma conta na App Store dos Estados Unidos. Para saber como criar a sua, leia este artigo.

Nossa Opinião sobre o PEP the dragon

PEP the dragon é um jogo de aventura e plataformas no qual você explora um mundo místico, que parece ter saído que uma era pré-histórica. Na pele de um pequeno dragão, você enfrenta outras criaturas e utiliza diversas habilidades que fazem variar a ótima jogabilidade arcade.

O game possui, no total, dez fases para você explorar. Todas elas foram desenhadas seguindo um estilo artístico completamente diferente. Você vai explorar desertos, cavernas, florestas, castelos e muitos outros lugares interessantes.

A jogabilidade do título segue um estilo arcade bastante tradicional, sendo que suas melhores opções são: pular, correr e se esquivar dos perigos – assim como nos games clássicos do gênero. Controlar o bichinho é uma tarefa das mais simples, já que os controles de movimento, pulo e ataque se encontram posicionados de forma acessível, facilitando a sua utilização e diminuindo os problemas de precisão – comuns em games cujos controles são baseados em telas touch.

As habilidades especiais do personagem agregam muito à jogabilidade de PEP the dragon. Acessíveis através de um botão central, o painel de poderes permite que você selecione a magia mais adequada para cada situação. As seis habilidades podem ser ofensivas, defensivas e utilitárias. Por exemplo, você pode ativar uma poderosa magia de ataque, que permite a você aniquilar inimigos a uma distância segura.

Por outro lado, uma habilidade defensiva cria um escudo ao redor do seu dragão, diminuindo a intensidade dos danos. Também está disponível uma opção muito interessante, que permite a você desenhar a sua própria plataforma. Dessa forma, é possível criar uma rampa para chegar a um lugar completamente inalcançável ou colocar uma plataforma em um lugar oportuno, facilitando a superaração de um trecho complicado.

O conjunto gráfico de PEP the dragon é a parte do game que mais pode decepcionar aos gamers. Os gráficos são extremamente simples, lembrando os títulos da era dos 16-bits. As imagens, que seguem um estilo parcialmente caricato, são parcialmente pixelizadas e não possuem boa definição. Por sua vez, as texturas pobres e as cores opacas criam a sensação de que você está em um game antigo.

As animações também são praticamente inexistentes, começando pelo protagonista, que sequer mexe um dedo quando está parado. Enquanto se move, o corpo do dragão apresenta pouquíssimas mudanças, dando a impressão de rigidez. Quase todos os objetos do cenário sofrem com o mesmo problema, já que não apresentam nenhum tipo de movimento ou animação. Os efeitos especiais também são pobres, seja na hora de cuspir fogo ou de pular para matar um inimigo.

Embora esse estilo gráfico antiquado possa passar despercebido pelos gamers mais velhos – que costumam gostar de jogos arcades saudosistas –, os jogadores mais novos podem se assustar logo de cara, deixando o título de lado pela sua pobreza visual.

Por outro lado, os sons e a música de PEP the dragon são muito legais. Todas as ações são bem representadas com sons de boa qualidade, não deixando nada a desejar. A música que embala as missões combina perfeitamente com a temática do jogo e, embora siga um padrão repetitivo, dificilmente vai fazer você enjoar, sendo que muda em cada nível.

PEP the dragon é um game que pode divertir e agradar bastante aos jogadores amantes dos jogos de aventura 2D baseados em plataformas. Com uma jogabilidade e um estilo visual arcade, os gamers mais velhos vão se sentir muito à vontade – embora os jogadores que gostam de gráficos chamativos podem se decepcionar. Portanto, apesar de alguns probleminhas técnicos, o resultado final é bastante satisfatório, principalmente por ser gratuito.

Prós & Contras

Prós

  • Não encontramos pontos positivos.

Contras

  • Não encontramos pontos negativos.

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Avaliações sobre o PEP the dragon

  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação