Logo Google Chrome Ícone

Google Chrome

Versão 65.0.3325.146 Grátis
62.21 MB
Funciona em: Mac
OS X
Atualizado em : 16/08/2021 Google
Baixar Grátis Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

+15 Avaliações
  • Foto de Ronaldo
    Ronaldo 21 de agosto de 2013 - 23:32
    10
    Nota Excelente!
    Leo. Vá na lupinha que se encontra na parte superior direita do mac, lá onde fica a hora e digite terminal. depois coloque os seguintes dados: exec defaults write com.google.Chrome AppleLanguages `(pt-BR)` tecle enter. pronto basta reiniciar o navegador que estará em português. Abraços. Ronaldo
  • Foto de Jean
    Jean 26 de novembro de 2011 - 01:11
    8
    Nota Ótimo!
    Otimo, o chrome sempre sera o melhor browse... mas na questao mac ainda nao encontrei a versao em portugues.... mesmo nao sendo popular por aqui como windows.. po.. estamos no B R A S I L crl..............

Descrição

Bruna Rasmussen
Renovação da página de navegação anônima e no recurso de notificação marcam o novo Chrome

O que é Google Chrome para Mac?

Google Chrome é o navegador mais utilizado no mundo e conta com os principais recursos necessários para executar todas as operações web, além de personalização, vínculo através de contas de usuário, acesso a inúmeros complementos e add-ons e inúmeras outras funções. 

Agora, a versão mais recente do Chrome para macOS X trouxe uma série de novidades visuais, desempenho após a abertura de guias, durabilidade da bateria durante o uso, tempo de carregamento de páginas e facilidade de navegação a partir da barra de pesquisa.

Aba do google chrome no sistema operacional mac

Assim, a versão atual se encontra na melhor otimização para deixar o navegador mais intuitivo e familiar, especialmente para usuários que são acostumados a acessá-lo em smartphones e Windows e não querem sentir diferenças bruscas em relação às diferentes arquiteturas.

Como instalar Google Chrome para Mac?

Para instalar o Google Chrome em seu iMac, basta fazer o download do arquivo no topo da página e acessar o "googlechrome.dmg" após a operação ser concluída. Em seguida, localize o Chrome na janela exibida e arraste o documento com o ícone para a pasta "Aplicativos".

Tela de instalação do google chrome no mac

Por fim, dê um duplo clique no ícone, insira a senha de administrador (caso o computador peça) e confira o tutorial na janela de abertura do programa. Você pode vincular sua conta com todos os outros dispositivos Google e sincronizar seu histórico de visitações.

Como configurar o Google Chrome no Mac?

Para configurar o Chrome no Mac, é necessário criar um perfil de configuração através de um editor e habilitá-lo usando uma ferramenta de Gerenciamento de Dispositivos Móveis (MDM), para assim enviar via notificações push o navegador e os respectivos perfis para o computador. Essa etapa deverá ser realizada após a instalação e é realizada junto com as configurações de apps e extensões.

Como atualizar o Google Chrome no Mac?

Para atualizar o Chrome, clique em "Chrome" no topo da janela e selecione "Sobre o Google Chrome" na aba que irá se abrir abaixo. Em seguida, o navegador irá automaticamente abrir uma guia onde será realizada a verificação de atualizações, que serão exibidas nas cores verde, vermelho e amarelo.

Tela de atualização do google chrome no mac

Quando a varredura for concluída, clique em "Atualizar Google Chrome" e aguarde uns instantes até surgir um botão "Reiniciar", logo no lugar da opção de atualizar. Aperte uma vez na barra e pronto, o Chrome está devidamente configurado.

Como bloquear sites com o Chrome?

Para bloquear sites no Chrome, a forma mais simples é utilizar a extensão Focus, presente no próprio navegador para ser instalada. Com o complemento, você pode programar horários para o bloqueio de sites, listar páginas para torná-las inacessíveis definitivamente e criar uma citação para ser exibida no caso de alguém tentar acessar o site bloqueado.

Tela de sites bloqueados no google chrome no mac

Ascenção meteórica

O navegador da multinacional foi revelado ao mundo em setembro de 2008, quando uma primeira versão de teste foi liberada para download. Três meses depois era lançada a sua edição final e estável para todos os internautas. O browser trouxe grandes novidades e arrebatou um grande número de adeptos em pouquíssimo tempo.

Google Chrome - Imagem 5 do software

O sucesso do Chrome deve ter surpreendido até mesmo a Google, pois ele assumiu a terceira colocação do mercado, ficando atrás apenas do Internet ExplorerMozilla Firefox na época, em menos de dois anos de existência. Esse crescimento em ritmo acelerado se manteve e em novembro de 2011 ganhou o título de navegador mais usado no Brasil — posto que mantém até hoje.

Atualmente, o browser está disponível em 51 idiomas e é compatível com Windows, Mac OS X, Android, Ubuntu, Debian, Fedora e OpenSuSE. Entre os seus destaques, estão o design limpo e minimalista, ótimo desempenho de navegação, compatibilidade com grande diversidade de conteúdos para web e sincronização de configurações e informações pessoais.

Novidades da última versão

Além de todos os recursos que você já conhece presentes no Google Chrome, a versão 39 do navegador trouxe alguns melhoramentos, mas não há novas funções ou mudanças na interface. Visualmente, ele é exatamente o mesmo, mas, por dentro, algumas novidades foram feitas para deixar o browser mais rápido, mais compatível com novos recursos da web e mais seguro.

Google Chrome - Imagem 6 do software

A Google comenta que muitas melhorias foram feitas para aumentar a estabilidade do software. Isso deixa a navegação mais ágil e com menos problemas de travamentos. Além do mais, foram aplicadas 42 melhorias para aumentar a segurança do programa, que devem mantar seus dados pessoais e históricos de navegação longe das mãos de criminosos. Há também dezenas de novas APIs.

Para Windows, a versão 64-bits já estava disponível e, agora, é possível usar o navegador nessa arquitetura também no Mac OS X. Você pode conferi o log de melhorias e consertos da versão aqui.

Nossa Opinião sobre o Google Chrome

A Google parece ter acertado a mão e encontrado a fórmula do sucesso para o Chrome. A prova disso é o avanço do aplicativo na liderança do mercado de navegadores a cada nova pesquisa realizada. E essa popularidade tem fundamento: sem dúvida, o browser da Gigante das Buscas é um dos softwares do gênero com melhor desempenho, estabilidade e segurança.

Visual igual, mas funcionalidade simples

Embora não estejam sendo aplicadas mudanças significativas na sua interface, a adoção de ciclos mais curtos de desenvolvimento parece estar dando certo e permitindo que a companhia consiga trazer novidades com maior agilidade para o seu produto.

Em algumas edições, ele inclusive tem apresentado melhorias bem interessantes, como a adoção de recursos do Google Now na página Nova Guia.

Se por um lado algumas pessoas podem sentir falta de uma renovação no seu visual, em outra perspectiva o fato de manter uma aparência seguindo os mesmos padrões facilita a adaptação de quem é adepto do navegador, aqueles que por algum motivo o deixaram de usar e até mesmo entre os internautas que estão o conhecendo agora.

Isso se explica pelo fato de o browser dar prioridade para uma estrutura minimalista, ou seja, que foca no conteúdo apresentado e deixa de lado elementos que ocupem muito espaço da tela ou desviem a sua atenção.

Segurança e supervisão

A Google também tem feito um ótimo trabalho quando o assunto é a segurança do navegador — algo que nunca é demais investir. A companhia tem se comprometido em aprimorar a identificação de arquivos maliciosos quando você faz um download e corrigir as vulnerabilidades encontradas o mais rápido possível.

Outro recurso interessante nesse sentido é o modo de acompanhamento de usuários, através do sistema de supervisionamento. Com ele, você poderá restringir o acesso a determinados sites e até alterar configurações de navegação, ampliando a proteção de quem usa o browser. Recentemente, o browser passou inclusive a permitir que essas configurações e esses dados sejam importados para outros computadores.

Ágil

A Google não declarou qualquer alteração na agilidade de navegação, mas é inegável que o browser melhorou seu tempo de carregamento de páginas simples e em HTML5. Os testes de benchmark provam isso, mostrando um desempenho superior ao do navegador mais recente, inclusive sobre seus grandes concorrentes.

O consumo de memória do sistema pelo navegador parece continuar o mesmo. Ainda assim, ele permanece mais eficiente que outros navegadores famosos nesse quesito e perdendo feio para soluções que focam em “leveza”.

Em nossos testes, o Google Chrome não mostrou qualquer problema de desempenho, nem no carregamento de sua própria interface quanto no de websites. Contudo, isso depende muito de fatores externos, como o poder de processamento do seu MAC e a velocidade da sua conexão com a internet.

Integração

É interessante notar também que o Chrome parece ser parte importante dos planos da Google de integrar ao máximo todos os seus serviços. Além dos tradicionais apps para Área de trabalho de seu principais serviços e as notificações do Google+, agora o navegador possui ainda uma ferramenta de pesquisa de voz parecida com a presente no Google Now, do Android.

Isso pode parecer banalidade, mas é algo que não vemos em qualquer navegador e que pode facilitar o uso da internet em momentos específicos. Por conta disso e de vários outros detalhes, podemos dizer que vale muito a pena fazer um teste com o Google Chrome, caso ainda não utilize o navegador.

Prós & Contras

Prós

  • Interface minimalista e bem organizada
  • Diversas ferramentas e melhorias de segurança
  • Ótimo desempenho
  • Integração com vários serviços Google
  • Ciclos de desenvolvimento curtos

Contras

  • Não encontramos pontos negativos.

Avaliações sobre o Google Chrome

+15 Avaliações
  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!
    Editar Avaliação