Logo Vivaldi Ícone

Vivaldi Versão 1.11.917.43 Gratuito

37.02 MB
Funciona em: Windows
7/8/8.1/10
Atualizado em: 31/08/2017 Vivaldi Technologies
64K
Baixar Grátis Download Seguro
Verificado com Antivírus

O que estão falando…

Comentar
+27 Comentários
  • Foto de Justman Swaizy
    Justman Swaizy 19 de julho de 2017 - 01:21
    10
    Nota Excelente!
    Em 2013 a empresa Opera matou o Opera 12.16, transformando-o de uma ferrari para um fusca. Mas o fundador da Opera, descontente com a destruição do grande navegador que criara, fundou a Vivaldi para única e exclusivamente amparar os órfãos abandonados pelo mega navegador Opera 12.16. O Vivaldi não veio para seguir a modinha desprezível e tosca de empobrecer os navegadores eliminando recursos verdadeiramente úteis e destruindo ao máximo o seu design. Vivaldi veio para ressuscitar o velho projeto de criar algo de fato útil, extremamente funcional atendendo aos reclamos dos mais exigentes internautas, seguindo assim a contra-mão da lógica mundial cuja meta é: regredir e não progredir.
  • Foto de leo
    leo 9 de abril de 2016 - 11:25
    6
    Nota Ótimo!
    Apesar de ter o mesmo código fonte do "chromium" parece mais organizado, além do seu principal diferencial colore a aba (ao menos a parte superior) de acordo com o site aberto. Falta não só nele mas em todos os outros "chrome de terceiros" o tradutor.

Descrição

Fernando DAquino
Uma mistura de Chrome e Opera: experimente um navegador feito para usuários exigentes

Vivaldi é um navegador web feito para satisfazer as necessidades dos usuários mais exigentes, os heavy users.

Esse programa teve sua interface inspirada na do Opera, mas utiliza o Google Chrome como base, a partir do código-fonte livre do projeto Chromium. Dessa forma, ele combina o melhor dos dois mundos e ainda oferece algumas ferramentas originais.

O navegador ainda está em sua primeira versão estável, e, por isso, não é recomendável substituir definitivamente seu browser antigo pelo Vivaldi, uma vez que faltam algumas coisas para ser completamente usual.

Estrutura

O Vivaldi teve sua interface inspirada na do Opera, mas não é exatamente igual ao seu concorrente. Você consegue perceber algumas semelhanças, especialmente no estilo de design e na estrutura usada pelo navegador para organizar seus elementos gráficos e funcionais.

A maior prova disso é a presença do “Speed Dial”, um recurso bastante marcante do Opera. Aqui, entretanto, você tem algumas diferenças nas possibilidades de personalização e também na quantidade de sites que podem ser adicionados a essa tela, que é normalmente a tela inicial do navegador. No topo da janela, o usuário ainda tem acesso à seção de marcadores e ao histórico de navegação.

Há também uma barra lateral com alguns atalhos práticos para marcadores (favoritos), downloads e notas. Você ainda pode adicionar sites nessa área para acessá-los em paralelo com outros, como se estivesse em uma tela dividida com duas janelas.

Vivaldi - Imagem 1 do software

Vale destacar ainda a presença do “notas”, que funciona basicamente como um bloco de anotações no qual você pode escrever coisas e atrelar links para referência posterior. O último botão dessa barra lateral dá acesso às configurações.

No topo das janelas, você conta com uma barra de ferramentas, a princípio, bastante tradicional. Ela traz botões para avançar e retroceder páginas, além de recarregar e voltar à home. A diferença é que, de acordo com o site que você acessa, ela muda de cor, bem ao estilo Google Chrome em smartphones Android. A barra de endereços também mostra o status de carregamento das páginas web, mostrando o quanto de MBs foi baixado e quantos itens foram renderizados.

Desempenho

O Vivaldi utiliza como base o Chromium e, por isso, se comporta na web de forma bem semelhante. O desempenho, entretanto, é bem superior em relação ao navegador da Google. Em nossos testes de benchmark, ele conseguiu resultados significativamente superiores, mas suspeitamos que isso se deva ao fato de ele não estar com nenhuma extensão em execução. Mesmo assim, o Vivaldi superou também o Mozilla Firefox no mesmo teste. Confira as imagens com os detalhes.

Vivaldi - Imagem 2 do software

Isso não deve ser considerado uma surpresa pelo fato de o Vivaldi ter sido desenvolvido para heavy users, que não querem navegadores lentos e travados ao passo que não desejam perder funções e elementos práticos. O Vivaldi entrega tudo isso junto com várias opções de personalização profundas, o que normalmente agrada esse nicho.

Recursos extras

Há muitos recursos no Vivaldi que você não deve encontrar com facilidade e de forma nativa na concorrência. Ele traz, por exemplo, a função “Ações para Página”, que consegue aplicar uma diversidade de efeitos visuais ao site que você está acessando. Há um ícone para isso no canto inferior direito da janela, ao lado da barra de zoom.

Podemos destacar também a possibilidade de agrupar várias guias na mesma janela para economizar espaço e organizar a sua vida, evitando assim abrir várias janelas. O que o Vivaldi não tem, entretanto, é a sincronização de configurações. Você não pode logar com sua conta Google por exemplo, e trazer todos os seus favoritos, configurações e senhas para cá, o que pode ser um empecilho definitivo para muitos.

Vivaldi - Imagem 3 do software

Falando em barra de zoom, ela é fixa no fundo da janela, o que permite ao usuário ampliar e encolher sites sem usar atalhos de teclado. Além disso, na tela de configurações, você pode personalizar temas do Speed Dial e do próprio navegador, além de escolher exibir ou esconder várias barras da interface. Há também sete comandos com o mouse que você pode usar, e os atalhos de teclado podem ser todos redefinidos para se encaixarem melhor às suas necessidades.

Nossa Opinião sobre o Vivaldi

Vivaldi é um navegador web realmente surpreendente. Ele pode ser considerado uma das melhores implementações do projeto Chromium. Outros browsers que usam o código-fonte da Google raramente conseguem criar algo tão diferente e funcional e ainda manter o bom desempenho. Contudo, isso vem com um preço, e o Vivaldi usa basicamente a mesma quantidade de RAM que o Chrome, o que é bastante!

Apesar disso, ele realmente entrega desempenho, carregando praticamente qualquer página da web com rapidez e fluidez. É notável a possibilidade rolar a página de forma muito suave, coisa muito difícil no próprio Chrome para Windows. Em nossos testes de benchmark, o Vivaldi deixou Chrome e Firefox para trás por uma larga margem.

Chrome + Opera = Vivaldi

No que diz respeito à interface, o Vivaldi está bem servido. Ela foi inspirada no visual do Opera e utiliza quase todos os recursos mais práticos que esse seu concorrente possui, como o Speed Dial e a barra lateral de atalhos. Visualmente, ela também se parece muito com a UI do Opera, o que pode ser encarado como um ponto bom ou ruim, dependendo do seu ponto de vista quanto à “imitação”.

Apesar disso, o que realmente faz a diferença no Vivaldi é a quantidade de recursos extras que ele possui. Você conta com muitas opções de personalização bem avançadas que praticamente nunca existiram nos principais concorrentes, e, caso você tenha paciência para testar cada uma delas, terá uma experiência bem individual com o navegador no fim das contas.

Extras

É interessante mencionar a possibilidade de aplicar filtros e efeitos às páginas web, os gestos que podem ser feitos com o mouse para controlar o browser e a também os atalhos da barra lateral de navegação, que pode ser expandida e abrir dois websites simultaneamente em uma só janela.

Mesmo assim, o Vivaldi não é perfeito. Os desenvolvedores eliminaram a possibilidade de fazer login com Contas Google no navegador, impedindo assim que você importe todos os seus favoritos, senhas e outros dados de navegação automaticamente a partir do Google Chrome. Isso também quer dizer que, caso você use dois ou mais PCs, terá que configurar do zero o Vivaldi em cada um deles, o que é um verdadeiro saco.

Por outro lado, o suporte a extensões da Chrome Web Store finalmente está funcionando, e você pode usar todo tipo de app desenvolvido para o Chrome no Vivaldi, o que é muito interessante. Sendo assim, vale a pena fazer um teste com o Vivaldi se você está procurando uma experiência de navegação muito rápida e fluida na web.

Prós & Contras

Prós

  • Ótimo desempenho
  • Interface muito personalizável
  • Elementos inspirados no Opera
  • Barra lateral com muitas funções
  • Possibilidade de combinar guias em uma só

Contras

  • Não permite fazer login com Contas Google
0 10
Avaliar Produto 0

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Comentários sobre o Vivaldi

+27 Comentários
  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!